Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Estadão Notícias: Briga de bar no STF

Comentário no Estadão Notícias: Briga de bar no STF

Houve de tudo na sessão em que, mais uma vez, o plenário do STF adiou não se sabe para quando a votação sobre o decreto criminoso do indulto natalino de Temer para Natal de 2017, porque Fux pediu vista, Gilmar forçou a barra para derrubar liminar contra e Toffoli pediu outra vista para evitar que se desrespeitasse uma tradição na Casa. Esse clima de briga de bar no órgão que se comporta como se estivesse acima do bem e do mal, levando a denominação de “supremo” ao extremo de se achar poder moderador, tal como era usado pelo imperador antes da República e não tivesse a dar satisfação nenhuma a cidadão que lhe paga subsídios que são o limite para vencimentos de funcionários. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da sexta-feira 30 de novembro de 2018.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: Tudo pelos amigos suspeitos

Comentário no Jornal Eldorado: Tudo pelos amigos suspeitos

A sessão plenária do STF em que começou o julgamento do indulto de Natal do ano passado, decretado por Temer, teve início com o voto lúcido e informativo do relator, Barroso, mas continuou com outro de Alexandre de Moraes abrindo dissidência, que tem tudo para prevalecer. E este garantiu o direito dado ao chefe do Executivo de soltar quem quiser, atribuído pelos guardiões da Constituição à própria. Pelo andar da carruagem, deu bandeira de que a preferência por alguns bandidos da classe política faz parte de um grande acordo geral em que time dos ministros ditos “supremos” acertou tudo previamente com o chefe do Executivo, os suspeitos do Legislativo pela impunidade e contra a Lava Jato.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na quinta-feira 29 de novembro de 2018, às 7h30m)

Para ouvir, clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

1 – Haisem – Pezão é preso pela Lava Jato no Rio

 

2 – Carolina – Votação do indulto no STF – 1 a 1

SONORA_BARROSO 2911

 

3 – Haisem – Alexandre de Moraes – voto liberou geral para Temer

SONORA_MORAES 2911

 

4 – Carolina – Gilmar – Indulto é necessária para esvaziar prisões

 

5 – Haisem – Palocci de volta pra casa com tornozeleiras

 

6 – Carolina – Inconfidência de Eduardo Bolsonaro nos EUA sobre Previdência – furo de Beatriz Bulla

 

7 – Haisem – Esforço na Câmara para reverter Lei das Estatais em benefício de políticos

 

8 – Carolina  Entrevista do editor Zé Mario Pereira no Blog do Nêumanne

Comentário no Estadão Notícias: Passa moleque do STF

Comentário no Estadão Notícias: Passa moleque do STF

Um dos episódios mais grotescos da História do Brasil foi a chantagem feita pelos ministros do STF, especialmente seu presidente, Toffoli, para arrancar de Câmara, Senado e Temer reajuste para seus subsídios, no que foram bem sucedidos. Agora começa a ser revelada uma verdade ainda pior. A extinção do auxílio-moradia para os juízes, usada como pretexto para compensar a despesa é simplesmente uma balela, pois o plenário não determinou como deveria a inconstitucionalidade do privilégio, tendo o relator da Adin a respeito, Fux, feito apenas retórica na decisão em que monocraticamente transferiu a decisão para CNJ e CNMP tomar quando a poeira baixar. Farsa indigna e nojenta!  Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 29 de novembro de 2018.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Conexão Estadão: Palocci fora da cadeia

Comentário no Conexão Estadão: Palocci fora da cadeia

Lula, em cujo governo Palocci foi ministro da Fazenda, e Dilma, cuja campanha o ex-prefeito de Ribeirão Preto comandou, em 2010, antes de ocupar na gestão dela a chefia da Casa Civil, ainda vão chiar muito com a longa, minuciosa e explosiva exposição de fatos que o antigo auxiliar faz à PF em delação premiada. Pois até agora, mesmo que muito pouco foi revelado, as informações que deu e as pistas que servirão à Operação Lava Jato para obter as provas necessárias para complicar os ex-presidentes petistas foram suficientes para o tribunal federal de segunda instância em Porto Alegre reduzir essa pena, que começou a cumprir em Curitiba, e se mudar da cadeia para casa usando tornozeleira. Esta é uma das opiniões que dei no programa Conexão Estadão, ancorado por Emanuel Bomfim e com a participação de José Fucs, do BR 18 do Estadão, transmitido do estúdio da redação do jornal pela Rádio Eldorado na quarta-feira 28 de novembro de 2018, às 18 horas.

Para ouvir o podcast com o programa clique aqui.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: STF a serviço de Lula

Comentário no Jornal Eldorado: STF a serviço de Lula

Lewandowski, presidente da 2.ª Turma do STF, marcou o julgamento do enésimo recurso da defesa de Lula, tentando libertá-lo sob alegação de parcialidade do juiz que o teria condenado, Moro, para 4 de dezembro. Lido assim de relance, isso parece normal. No fundo, é rotineiro, mas totalmente anormal. Tantos são os recursos e tanto trabalho cada um deles dá que passam a impressão ao cidadão, que já está de saco cheio com Lula e provou-o na eleição presidencial, votando no adversário Bolsonaro e o derrotando de forma implacável e fica uma pulga atrás da orelha: a cúpula do Poder Judiciário no Brasil nada mais tem a fazer que não seja julgar a miríade de apelos do condenado e preso célebre?

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na quarta-feira 28 de novembro de 2018, às 7h30)

Para ouvir, clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da quarta-feira 28 de novembro de 2018

1 – Haisem – Lewandowski marca julgamento de recurso de Lula para 4 de dezembro

2 – Carolina – Toffoli diz que era reajuste dos subsídios do STF ou o caos

3 – Haisem – Ministros do STF acham que fim do auxílio-moradia devia ter sido levado ao plenário e não julgado monocraticamente por Fux

4 – Carolina – Bolsonaro critica médicos cubanos no Mais Médicos

5 – Haisem – TRF 4 julga hoje se autoriza ou não delação premiada para Palocci

6 – Carolina – Cadeias mantêm superlotação e violações, diz relatório

7 – Haisem – Novo chanceler diz que sua missão é libertar Itamaraty do marxismo cultural

8 – Carolina – Trânsito de São Paulo encalacra de vez e prefeitura parece não saber o que fazer para resolver o problema do viaduto que cedeu

Comentário no Estadão Notícias: Lula faz de STF gato e sapato

Comentário no Estadão Notícias: Lula faz de STF gato e sapato

O agendamento da sessão plenária da Segunda Turma do STF de mais um recurso da defesa de Lula pedindo sua liberdade sob alegação da parcialidade do juiz que o condenou, Sérgio Moro, por ter aceitado convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro, para ser ministro da Justiça, é mais uma prova da submissão da cúpula da Justiça ao presidiário famoso. Os recursos parecem não ter fim e submetem o Judiciário a um questionamento permanente, ao qual não tem direito o cidadão comum que não delinque e  paga a conta pesada daquele Poder. A contestação sem fim desafia a decisão do povo que escolheu o novo governo em eleições legítimas que STF não tem poder para negar. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quarta-feira 28 de novembro de 2018.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique aqui.

Página 45 de 164«...510152025...4344454647...5055606570...»
Criação de sites em recife Q.I Genial