Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Jornal Eldorado: Furto na tabela do Imposto de Renda

Comentário no Jornal Eldorado: Furto na tabela do Imposto de Renda

O presidente Jair Bolsonaro terá de impor sua consciência de cidadão à equipe de economistas que o cerca para cumprir o que disse estar cogitando de corrigir a tabela do Imposto de Renda de 2020, como anunciou domingo em entrevista à rádio Bandeirantes. Este é um das maiores ignomínias cometidas pelo Estado brasileiro ano após ano. Muito dificilmente o governo faz justiça devolvendo ao cidadão o dinheiro perdido na desvalorização e todo novo ano significa mais um assalto a mão armada – de vez que o Estado dispõe de Forças Armadas para impor a tabela sem correção sob a mesma alegação de problemas de caixa e sem a consciência, que agora Bolsonaro mostrou ter de que não se trata de uma renúncia fiscal, mas sim da devolução de um dinheiro já retirado da conta do contribuinte.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da segunda-feira 13 de maio de 2019

1 – Haisem – Será que o presidente Jair Bolsonaro conseguirá mesmo cumprir sua promessa de corrigir a tabela do Imposto de Renda de 2020, como anunciou ontem

2 – Carolina – “Presidente diz que vai indicar Moro para vaga no Supremo”, registra a notícia publicada no alto da primeira página do Estadão ontem. Por que ele terá antecipado tanto um anúncio que só poderá fazer em novembro de 2020 quando o decano do STF, Celso de Mello, se aposentar com 75 anos

SONORA_BOLSONARO 1305

3 – Haisem – A  manchete do Estadão hoje revela que “Flávio Bolsonaro diz que MP o ataca para a atingir o governo”. Existe mesmo essa possibilidade, revelada em entrevista exclusiva a Renata Agostini, do Estadão, de tal ignomínia acontecer

SONORA_FLÁVIO A

4 – Carolina – Que atitude você e a Nação esperam do presidente Bolsonaro de sancionar ou vetar o projeto de lei que anistia partidos que não cumpriram a determinação de distribuir 30% das verbas eleitorais partidárias para as mulheres

5 – Haisem – Quais são, a seu ver, as chances de a defesa de Lula ter chance de conseguir do Superior Tribunal de Justiça autorização para o ex-presidente sair do regime de prisão fechada diretamente para a aberta, sem passar para a semiaberta

6 – Carolina – Que razões você vê para que os projetos que aumentam os salários dos fiscais estaduais acima do teto tramitarem com rapidez tão inusitada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

7 – Haisem – Agora que a Justiça Militar resolveu processar o tenente e os soldados do Exército que executaram o músico Evaldo Santos Rosa e o catador de papel Luciano Macedo, você mudou de ideia sobre necessidade de mudar o processo para a Justiça comum

8 – Carolina – Que conseqüências práticas, a teu ver, terá a notícia de que foram encontradas mais provas contra o deputado Aécio Neves, do PSDB de Minas, de que realmente recebeu propina do açougueiro Joesley Batista, do grupo JBS

Direto ao Assunto no YouTube: Moro no Supremo

Direto ao Assunto no YouTube: Moro no Supremo

Bolsonaro achou um jeito de compensar Moro das derrotas que ambos têm sofrido na Câmara do grupo do Centrão – comandado pela trinca Rodrigo, Alcolumbre e Valdemar – dizendo que cumprirá seu compromisso de nomeá-lo na próxima vaga abertano STF. O magistrado logo esclareceu que não impôs condições para aceitar o convite para o ministério e nem teria mesmo por quê. Mas esta será uma longa batalha, porque o trabalho competente e honesto do ex-juiz no comando da Operação Lava Jato fez muitos inimigos no Senado, no qual os nomeados para o Supremo são sabatinados. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver Vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Estadão Notícias: Farra sindical de volta

Comentário no Estadão Notícias: Farra sindical de volta

Após ter sido extinta na reforma trabalhista de Rogério Marinho e Temer com reforço na MP sindical de Bolsonaro, a obrigatoriedade de todo cidadão brasileiro contribuir para a farra dos dirigentes sindicais vagabundos pode ressuscitar. Pelo menos é o que conspiram os líderes do Centrão – entre os quais Paulinho da Força – aproveitando a maré de cinismo vigente no Legislativo com as vitórias das últimas semanas sobre o governo Bolsonaro em geral e Sérgio Moro em particular. Convém ficar de pé atrás com essa safadeza. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da segunda-freira 13 de maio de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Comentário no Jornal da Gazeta: Bolsonaro deixou Moro perder

Comentário no Jornal da Gazeta: Bolsonaro deixou Moro perder

Ao não cuidar do necessário apoio parlamentar à MP da reforma administrativa, que incluía reformulação da Esplanada dos Ministérios e transferência do Coaf do Ministério da Economia para o da Justiça, Bolsonaro deixou o tempo passar e, na prática, entregou providências tomadas logo depois da posse por conta do Centrão e do líder do Senado no governo, senador Fernando Bezerra Coelho. Às vésperas de a MP caducar, o presidente cuidou de permitir que colecionadores e caçadores usassem armas, enquanto a inexistente base governista na Câmara, orientada por Ônyx Lorenzoni, acusado de usar caixa 2, que Moro quer criminalizar, orientou rebanho do PSL a empurrar o ex-juiz da Lava Jato na fossa. Joyce Hasselmann e Eduardo Bolsonaro foram lá. E aí foi feito o jogo sujo de parlamentares suspeitos e apavorados.

Para ouvir clique no play abaixo.

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário da sexta-feira 10 de maio de 1019

 1 – Haisem – “Governo não se empenha e Moro fica sem o Coaf”, registrou Estadão no alto da primeira página. Você acha que faltou mesmo empenho de Bolsonaro para pretensão de Moro de manter o Coaf ser atendida e por que isso teria acontecido

SONORA_BEZERRA 2005

 2 – Há de fato algum risco de a transferência ter sido uma retaliação aos agentes da Receita pelos suspeitos, acusados e processados da Lava Jato e de a Operação ser prejudicada por ela?

SONORA_PORTA VOZ

 3 – Haisem – Você vê algum sentido na transferência da transferência de todas as políticas de desenvolvimento da indústria, comércio e serviços do Ministério da Economia para o Ministério da Ciência e Tecnologia, que tem à frente o ministro Marcos Pontes, e que, aliás, foi. antecipada pelo blog da coluna Direto da Fonte de Sônia Racy

 4 – Carolina – A falta de pressa do Supremo Tribunal Federal em decidir sobre as prisões de Sarney e do Coronel Lima Filho, deixando-a para terça-feira, frustrou de alguma forma a defesa do ex-presidente

 5 – Haisem – Com a necessidade de se encontrar prisões adequadas para ex-presidentes condenados a cumprir pena por crimes comuns, caso de Lula e Dilma, sem falar nas perspectivas em relação a Collor e Dilma, você não acha que já era hora de o Congresso definir legalmente que solução deve ser dada para esses casos excepcionais

 6 – Carolina – Que alegações o Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul teve para processar o governo por censura, racismo e homofobia pela suspensão da campanha publicitária do Banco do Brasil

 7 – Haisem – O que significa a corrida de oposicionistas a embaixadas em Caracas depois da onda de decisões repressivas do ditador Nicolás Maduro

 8 – O que você tem a dizer para satisfazer minha vocação de spoiler sobre a entrevista desta semana no Blog do Nêumanne, que está na primeira página do portal agora cedo

MP3

Comentário no Estadão Notícias: AGU a serviço do STF

Comentário no Estadão Notícias: AGU a serviço do STF

Quando todos os juristas com um mínimo de decência e vergonha na cara condenaram a censura e o inquérito em que o STF acusa, investiga, defende e julga, o advogado-geral da União, André Mendonça, fez parecer oficial aprovando a lambança. E quando a juíza Solange Salgado aceitou queixa do MP do TCU contra o ominoso banquete de R$ 1,3 milhão orçado pelo mesmo STF, foi o dito cujo funcionário quem entrou com a ação vitoriosa no TRF 1 e o orçamento foi aprovado. Pergunta a Bolsonaro; o advogado-geral da União é subordinado ao presidente da República ou ao do STF? Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 9 de maio de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: A volta da velha barganha

Comentário no Jornal Eldorado: A volta da velha barganha

O líder do governo no Senado, ou, dizendo melhor, o líder do Senado no governo, senador Fernando Bezerra Coelho, convenceu  Jair Bolsonaro a refundar dois ministérios que afundaram na reforma ministerial da austeridade prometida na campanha e tentada no início do atual governo. Foi o preço cobrado pelo Centrão para não mudar o Coaf do Ministério da Justiça de Sérgio Moro para o da Economia de Paulo Guedes. Aparentemente uma mudança insignificante. Na vida real, porém, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que participou do acerto com o presidente, Alcolumbre, Ônyx e o citado senador, recebeu em sua casa os deputados Wellington Roberto e Arthur Maia para conspirar contra a mudança, atendendo à agonia de todos os suspeitos de corrupção, entre os quais todos os citados, menos Bolsonaro.

Para ouvir clique no play e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário na quarta-feira 8 de maio de 2019

 1 – Haisem – “Em troca de apoio, Bolsonaro cede e recria 2 ministérios”, registra a manchete do Estado. Vale a pena o presidente negociar a permanência do Coaf no Ministério da Justiça em troca da recriação de pelo menos mais dois ministérios, o das Cidades e o da Integração Nacional

SONORA_BOLSONARO MINISTÉRIOS

 2 – Carolina – Que razões o presidente da Comissão Especial para a Reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos, tem para misturar a guerra pela secretaria-geral de governo e os decretos facilitando portes de armas com esta que deveria ser, segundo ele, a prioridade de Bolsonaro

SONORA_MARCELO RAMOS 0805

 3 – Haisem – A alusão à doença degenerativa que obriga o general Eduardo Villas Bôas a se locomover de cadeira de rodas e ainda a ter outras limitações a que Olavo de Carvalho se referiu para responder à nota dele o surpreendeu ou você achou natural

 4 – Carolina – O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebianno forçou a barra ou foi apenas sincero e realista ao comparar a fritura do general Santos Cruz com sua derrubada na mesma pasta

 5 – Haisem – Por que o ex-presidente Temer está protagonizando além da sexta vez réu dois pedidos simultâneos de procuradores para que seja decretada sua prisão e quais são as chances dele de escapar dos dois

 6 – Carolina – A revogação da prisão do brasileiro de origem turca  Ali Sapihi pelo ministro do STF Edson Fachin corrige o erro anterior cometido por ele e pelo  vice-procurador-geral da República Luciano Mariz Maia

7 – Haisem – A cassação por um desembargador da liminar concedida por juíza de primeira instância proibindo despesas abusivas na compra de alimentos caros e vinhos importados e premiados duas vezes limpa a imagem do Supremo Tribunal Federal, que fará a despesa, ou não

8 – Carolina – O que houve de inusitado na classificação do Liverpool para a final da Liga dos Campeões da Europa, eliminando o Barcelona, dois dias depois da espetacular vitória do Fluminense sobre o Grêmio em Porto Alegre, para merecer um comentário seu aqui

Página 46 de 198«...510152025...4445464748...5560657075...»
Criação de sites em recife Q.I Genial