Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Jornal Eldorado: MEC precisa de gestor já!

Comentário no Jornal Eldorado: MEC precisa de gestor já!

Se o maior problema do Ministério de Educação no momento, depois da demissão do ex-ministro Vélez Rodríguez, é, de fato, a gestão, então pode ser que o economista escolhido para substituí-lo, Abraham Weintraub, seja indicado para por as coisas nos eixos, pois tem uma excelente carreira de gestor, iniciada como contínuo e chegando a diretor. Para não repetir o antecessor em lambanças, que abreviaram a passagem dele pelo cargo, não deve dar prioridade à guerra ideológica, em que aquele se empenhou, mas, ao contrário, seguir o exemplo de dois não doutores como ele, Gustavo Capanema e Jarbas Passarinho, e de países que saíram do atraso investindo em educação para alcançar a prosperidade.

Para ouvir clique no play abaixo:

ou, clique aqui e em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da terça-feira 9 de abril de 2019

1 – Haisem – O que levou o presidente Jair Bolsonaro a demitir o ex-ministro da Educação, Vélez Rodríguez, e nomear para seu lugar o economista Abraham Weintraub, que tem experiência em gestão, mas não propriamente na área que vai assumir?

SONORA – PORTA-VOZ 0904

2 – Carolina – Que conseqüências você acha que advirão sobre votação da reforma da Previdência na Câmara após a declaração do presidente Rodrigo Maia de que não é mulher de malandro para gostar de apanhar?

3 – Haisem – Quanto tempo vai durar a jurisprudência adotada pelo Supremo Tribunal Federal de autorizar prisão após segunda instância com a reiteração das posições a favor dela pelos ministros Luís Roberto Barroso e Luiz Fux?

4 – Carolina – A decisão do relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, de não atender a mais um pedido de sua defesa para antecipar julgamento da Corte por sua liberdade indica mais uma vez a tendência da Corte de manter o petista preso?

5 – Haisem – Qual o eco da carta postada por Lula em seu perfil social afirmando que o sofrimento do povo ainda é sua maior angústia depois de apenas 2 mil pessoas, segundo a Polícia Federal, terem ido se solidarizar com ele pelo primeiro ano passado na prisão domingo em Curitiba?

6 – Carolina – O que você achou da reação fria do comandante militar do Sudeste a reagir à execução por dez militares do músico Evaldo Alves dos Santos em Guadalupe, na Zona Norte do Rio de Janeiro?

SONORA_ESPOSA 0904

7 – Haisem – Qual sua opinião sobre o depoimento dado pelo tenente coronel Flávio Godinho informando que, sete meses antes da tragédia de Brumadinho, a defesa civil de Minas avisou à Vale da eventualidade de uma tragédia depois de uma vistoria da barragem do Córrego do Feijão?

8 – Carolina – Por que você criticou tão duramente em seu artigo semanal no Blog do Nêumanne o fato de as Polícias Militares não informarem mais, como o faziam antes, o número dos manifestantes em protestos de rua como os de domingo passado contra a Justiça de um lado pelos adeptos de Lula e de outro pelos defensores da Lava Jato?

Comentário no Estadão Notícias: Nota sem pesar

Comentário no Estadão Notícias: Nota sem pesar

Escapa à compreensão humana entender o que pode ter levado 12 militares a executarem o músico Evaldo Santos Rosa em Guadalupe, na zona norte do Rio de Janeiro, quando ele levava a família para um chá de bebê pelas circunstâncias inteiramente gratuitas da tragédia. É também surpreendente e chocante a falta de qualquer sentimento de pesar e solidariedade nas notas oficiais emitidas pelo comando militar do Leste tratando uma atitude injustificável como esta como se tivesse sido rotineiro erro operacional. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da terça-feira 9 de abril de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: Será Lula um ex-inocentão?

Comentário no Jornal Eldorado: Será Lula um ex-inocentão?

Estratégia de defesa de Lula tentando anular parte referente ao caixa 2 na condenação pelo crime do tríplex do Guarujá, transferindo-a para justiça eleitoral no julgamento do STJ, embute risco de aceitar culpa em corrupção e lavagem de dinheiro, anulando narrativa de que é injustiçado e perseguido pela justiça controlada por seus inimigos interessados em alijá-lo do pleito presidencial de outubro. Mas, em artigo assinado na Folha no domingo, 7 de abril, por ocasião do primeiro aniversário de sua privação de liberdade na “sala de estado-maior” de Curitiba, o petista escapou dessa assertiva, condicionando a “retomada da democracia no Brasil” a sua libertação pedida na rua por bem poucos devotos.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique aqui.

Assuntos para o comentário da segunda-feira 8 de abril de 2019

1 – Haisem – O que você tem a dizer sobre alguns comentários de que o pedido da defesa de Lula a ser julgado esta semana pelo STJ – e, ao que tem sido noticiado, é possível que seja aceito – para passar o crime de caixa 2 para a justiça eleitoral da cobertura no Guarujá, pelo qual foi condenado, deixando de lado a parte da condenação que se refere a corrupção e lavagem de dinheiro, o que pode ser considerado aceitação de culpa

2 – Carolina – O que tem mais chamado sua atenção nos recentes pronunciamentos públicos do ex-presidente Fernando Henrique: as duras críticas a Bolsonaro ou seu apelo para mandar Lula para prisão domiciliar e quem ele espera convencer com essas duas posturas

3 – Haisem – O que, a seu ver, motivou a multidão que ocupou cinco quarteirões da Avenida Paulista para criticar duramente o STF e exigir do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, agendar a votação do pedido de impeachment de Gilmar Mendes apresentado pelo professor Modesta Carvalhosa no dia 14 de março

4 – Carolina – O que você tem a dizer sobre o episódio noticiado de que o ministro do Supremo Alexandre de Moraes se recusou a ser revistado na passagem pelo detector de metais ao embarcar no aeroporto de Brasília

5 – Haisem – Você acredita que o fiscal da Receita Federal Odilon Alves Filho tenha sido movido apenas pela curiosidade ao xeretar as declarações do presidente Jair Bolsonaro e alguns familiares justamente no mês da eleição, outubro passado, hipótese levantada pela irmã Norma Auily, do DEM, partido do chefe da Casa Civil e dos presidentes da Câmara e do Senado

6 – Carolina – O que você achou da atitude adotada por Jair Bolsonaro e a reação assumida pelo ministro da Educação, Vélez Rodríguez, a respeito de uma eventual demissão deste, marcada para hoje

7 – Haisem – Por que notícia a respeito da vitória ação de João Gilberto contra a Universal Discos na segunda instância tem relevância para ser comentada em sua participação hoje aqui em nosso Jornal Eldorado

8 – Carolina – Os últimos testemunhos dados pelo prisioneiro Sérgio Cabral não justificariam, a seu ver, uma mudança de atitude do Ministério Público Federal e da Polícia Federal, que lhe têm negado o direito de fazer uma delação premiada

Direto ao Assunto no YouTube: Suspeitos jogam fogo no projeto de Moro

Direto ao Assunto no YouTube: Suspeitos jogam fogo no projeto de Moro

Parlamentares suspeitos ou que temem ser descobertos na bandalheira querem trocar projetos contra corrupção e crime organizado entregues ao Congresso por um pacotinho de segurança pública  do ministro do STF Alexandre de Moraes, prometendo apoio a uma reforma atenuada da Previdência, com a qual nem sequer se comprometem. A fuga em massa dos traíras do PSL, deixando Paulo Guedes sozinho  para enfrentar o filhote do tigrão Zé Dirceu, é só o primeiro ensaio de um grotesco espetáculo a ser encenado na Comissão Especial e no plenário da Câmara, assistido com prazer pelo presidente Nhonho. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: Pacote anticrime de Moro sabotado

Comentário no Jornal Eldorado: Pacote anticrime de Moro sabotado

Já chegaram por sinais de fumaça a Bolsonaro que, se não sacrificar o pacote anticrime de Moro, a reforma da Previdência não passará. Só que, mesmo que o governo sacrifique os projetos do ministro da Justiça, os de Paulo Guedes também não passarão. Sem “base”, governo não tem como garantir que não volta com a reforma criminal após aprovada a reforma da Previdência. Ou seja: tira Guedes e coloca Moro, mas não para manter os ladrões em seus covis. Melhor do que ir para o Congresso e ficar em Comissões com os que só se interessam por comissões. É chamar a imprensa e a mídia eletrônica e tratar diretamente com o patrão: o eleitor. Só bobo cai nessa armadilha quase explícita.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no link.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário de sexta-feira 5 de abril de 2019

1 – Haisem – O que indicam os sinais de fumaça que estão sendo emitidos no Planalto Central e você têm captado por aqui no Planalto de Piratininga a respeito de reforma da Previdência e pacote anticrime?

 2 – Carolina – A manchete do Estado revelou que “em busca de apoio, Bolsonaro pede ajuda e desculpas a partidos”. Por que o presidente resolveu desde ontem bater altíssimos papos com os chefões dos partidos, já que avisou que não vai tratar de jeito nenhum de cargos nessas conversas

SONORA BOLSO LIVE 0504 A

 3 – Haisem – Quais são as críticas que o líder do PSL está fazendo ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que se tem demonstrado tão solícito ao presidente Bolsonaro e a seu partido

 4 – Carolina – O que levou o ministro Edson Fachin a mandar os processos contra Zeca Dirceu e seu pai, Zé Dirceu, da Justiça Penal para a Eleitoral

 5 – Haisem – Com Temer sendo considerado réu, agora ao lado da filha, Maristela, por causa de uma reforma na casa dela, seria o caso de dizer que neste começo de outono foi aberta a caça ao ex-presidente

SONORA_TEMER 0504

 6 – Carolina – A Folha de S. Paulo informa em manchete de primeira página que a Polícia Federal viu indícios de laranjas no caso do ministro do Turismo. E agora, Jair?

 7 – Haisem – Você se surpreendeu com a decisão da perícia da Policia Federal sobre o incêndio do Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, ao concluir que o fogo deve ter sido ateado por um curto circuito num aparelho de ar condicionado

 8 – Carolina – Qual é o cardápio de sua entrevista no Blog do Nêumanne na edição desta semana, protagonizada pelo ex-jornalista e historiador Hugo Studart

Comentário do Estadão Notícias: Qual é o truque do Toffoli?

Comentário do Estadão Notícias: Qual é o truque do Toffoli?

Não há dúvida de que o anúncio feito pelo presidente do STF, o petista Dias Toffoli, do adiamento da sessão para rediscutir a autorização para decretação de início de pena após condenação em segunda instância, a pedido do autor, o presidente do Conselho Federal da OAB, o petista Felipe Santa Cruz, foi causado pela certeza de nova derrota. Pois não há expectativa de nenhuma mudança. Resta saber se Sua Excelência reserva a nova data para ocasião em que aparecer alguma perspectiva de mudança de seus pares sobre o assunto, do interesse direto de seu ex-chefe Lula. Este é meu comentário do Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da sexta-feira 5 de março de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Página 70 de 214«...510152025...6869707172...7580859095...»
Criação de sites em recife Q.I Genial