Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Jornal Eldorado: Hora de Lula sair da PF

Comentário no Jornal Eldorado: Hora de Lula sair da PF

Mais uma recusa, agora do relator da Operação Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, a mais um pedido de libertação de Lula por sua defesa contestando decisão do relator sobre o assunto na 5.ª Turma do STJ, ministro Félix Fisher, serve, no mínimo, de lembrança para equívoco de mantê-lo hospedado numa repartição pública policial. Já está na hora de mandar o condenado duas vezes em primeira instância, uma delas em segunda instância, para um presídio comum, onde vivem presos ordinários como ele. O fechamento da fronteira com Brasil para impedir chegada de ajuda humanitária para a desesperada população de seu país mostra que seu amigo venezuelano também já abusa da sorte.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou, clique aqui e em seguida no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário de sexta 22 de fevereiro de 2019

1 – Haisem – O que dizer de mais esta negação, agora do relator da Lava Jato no Supremo, Edson Fachin, de soltar Lula

2 – Carolina – O que será que Deltan Dallagnol quis dizer quando garantiu que há mais razões para mandar prender Paulo Preto, além das noticiadas

3 – Haisem – Onyx Lorenzoni garante que não há motivos para demitir Marcelo Álvaro Antônio do Ministério do Turismo de Bolsonaro

4 – Carolina Ex-assessor de Flávio Bolsonaro diz em depoimento que repassava a Queiroz dois terços do prório salário

5 – Haisem – Manchete do Estadão Maduro fecha fronteira; Brasil mantém ajuda humanitária

SONORA_MADURO 2202

6 – Carolina – Operação policial no Rio foi motivada por tentativas de obstruir as investigações de Marielle Franco e Anderson Gomes às vésperas de se completar um ano da execução

7 – Haisem – Covas resolve transformar Minhocão em parque

8 – O cantor e escritor mineiro Leo Chaves fala na série de entrevistas do Blog do Nêumanne a dor de ser mineiro e conviver com a morte pela lama nas cidades históricas de seu Estado

Comentário no Estadão Notícias: Um tirano contra o povo

Comentário no Estadão Notícias: Um tirano contra o povo

Decisão de Nicolás Maduro de fechar portos, aeroportos e até as fronteiras terrestres com Brasil e Colômbia para impedir que ajuda humanitária do estrangeiro chegue até os lares dos venezuelanos famintos não deixa mais nenhuma dúvida de que o tirano declarou guerra mortal contra o próprio povo, contando, para tanto, com os militares. E também com a adesão das potências mundiais Rússia e China. Estes acontecimentos recentes desmascaram ainda a atitude desumana, covarde e injustificável, sob quaisquer pontos de vista, do PT e parte da esquerda que apoiam esse celerado. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da sexta-feira 22 de fevereiro de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Comentário no Jornal Eldorado: Projeto justo e ambicioso

Comentário no Jornal Eldorado: Projeto justo e ambicioso

Bolsonaro cumpriu seu principal dever na presidência da República ao levar o texto da reforma mais ambiciosa e justa da Previdência Social na História do Brasil ao Congresso Nacional, ao qual caberá reformar a Constituição para salvar as contas públicas brasileiras de seu desastre total. A Nação teve, então, a excepcional oportunidade de testemunhar a competência técnica e a capacidade de comunicação da equipe técnica chefiada por Rogério Marinho e escalada pelo ministro da Fazenda, Paulo Guedes, e também o ridículo atroz encenado pela bancada do PSOL, partido de extrema esquerda e da “resistência”, achincalhando, não o governo, mas os desempregados pelo rombo das contas públicas.

Para ouvir clique no play abaixo

Ou clique aqui e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da quinta-feira 21 de fevereiro de 2019

1 – Haisem – O que mais chamou sua atenção na solenidade da entrega pelo presidente Jair Bolsonaro aos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara, Rodrigo Maia, do projeto do governo da reforma da Previdência, segundo a manchete do Estadão hoje, “a mais ambiciosa de todas as reformas”

SONORA_BOLSONARO 2102

2 – Carolina – Até que ponto a alta qualidade técnica do projeto, para a qual você chamou a atenção, garantirá a aprovação no Congresso e, depois, o aval da cúpula do Poder Judiciário

SONORA_PAULO GUEDES 2102

3 – Haisem – O que você tem a comentar sobre o protesto com referência a laranjas feito pelo PSOL durante a visita de Bolsonaro ao Congresso Nacional

4 – Carolina – Como você recebeu o voto do decano do Supremo Tribunal Federal, ministro Celso de Melo, que criminaliza a homofobia no mesmo grau da condenação ao racismo

5 – Haisem – Que conseqüências práticas poderá ter para aumentar a segurança nacional a aprovação em votação simbólica da lei que combate o terrorismo no Brasil

6 – Carolina – O que você tem a dizer sobre a decisão da Primeira Turma do Supremo de mandar prender o assassino da missionária americana Dorothy Stang, que um de seus membros, o ministro Marco Aurélio Melo, tinha mandado soltar

7 – Haisem – Quando vai ter fim a agonia das populações das proximidades de represas da Vale na região histórica de Minas com as permanentes evacuações diante da perspectiva concreta de arrombamento delas.

8 – Carolina – Em que a negativa do desembargador Paulo Espírito Santo ao habeas corpus pedido por Régis Fichtner altera a paz de espírito dos membros das altas Cortes do Judiciário pátrio.

Comentário no Estadão Notícias: Ridículo veste laranja

Comentário no Estadão Notícias: Ridículo veste laranja

A palhaçada organizada pelo PSOL, legenda de extrema esquerda na representação política brasileira, durante a visita que o presidente Jair Bolsonaro fez ao Congresso para levar o projeto da reforma da Previdência, é uma demonstração inequívoca da forma leviana, covarde e burra com que a chamada “resistência” está se comportando na luta política travada na democracia brasileira. Enquanto a equipe técnica do governo levou aos representantes do povo na Câmara e no Senado um estudo sério sobre um problema grave, cuja solução poderá ser capital para reorganizar as contas públicas no Brasil, os parlamentares psolistas se vestiram de laranja numa encenação mambembe e cretina. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 21 de fevereiro de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: A velha política dá as caras

Comentário no Jornal Eldorado: A velha política dá as caras

A mentira – arma da chamada “velha política”, que o presidente combateu na campanha – prevaleceu na conclusão do episódio que terminou na demissão do primeiro secretário-geral da Presidência do atual governo. Gustavo Bebianno, o demitido, mentiu ao informar ao Globo que estava tudo bem e Jair e Carlos Bolsonaro também, ao o chamarem de mentiroso, negando que o chefe tivesse conversado com o ex-funcionário. E a dita “velha política” deu as caras mesmo na escolha do novo líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, que foi ministro nos governos do PT e votou contra o impeachment de Dilma, no mesmo dia em que o Planalto perdeu feio na votação do aumento de sigilo na Câmara.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos do comentário

1 – Haisem – Veja revela íntegra das conversas que Bebianno realmente teve com Bolsonaro por WhatsApp. Quem mentiu foi Bebianno ou Jair e Carlos Bolsonaro?

2 – Carolina – O presidente proibiu a visita do diretor da Globo a Bebianno no Palácio do Planalto e dizer que não o quer em seu palácio. O palácio, de fato, é de quem?

01 BOLSONARO GLOBO

3 – Haisem – Vera Magalhães escreveu no BR 18 que o presidente está nu e a culpa é do filho. Será que ela tem razão

4–Carolina – Presidente da Confederação Nacional da Indústria foi preso pela PF em operação que apura fraudes no sistema S e no Turismo

5 – Haisem – O que representa a derrota do governo na Câmara, que derrubou aumento do número de funcionários que podem decretar sigilo em documentos oficiais

6 – Carolina – Governo mandará projeto anticrime em três pedaços e Moro muda de opinião sobre criminalização do caixa 2

7 – Haisem – Lava Jato diz que Paulo Preto tinha em bunker R$ 100 milhões, ou seja o dobro do encontrado no apartamento de Geddel

SONORA_POZZOBON 2002

8 – Carolina – Aloysio Nunes Ferreira pede a Doria demissão da presidência da InvestSP depois de citado no processo contra corrupção do PSDB

Comentário no Estadão Notícias: Isso, sim, é ‘grana preta’

Comentário no Estadão Notícias: Isso, sim, é ‘grana preta’

O Brasil ficou perplexo quando viu a fotografia das malas e mochilas cheias de dinheiro vivo que, contado pela PF, somava R$ 50 milhões no apartamento da família Vieira Lima, de Marluce, Geddel e Lúcio. O que dizer, então, de um novo bunker, do operador tucano da Odebrecht, Paulo Preto, que conseguiu juntar e guardar R$ 100 milhões? Parece coisa de cinema, do outro mundo, mas não é. É só o resultado de uma operação policial. As autoridades federais encarregadas de fiscalizar operações financeiras, a Receita, o Banco Central, o Coaf e outras nunca conseguiram saber de onde veio aquela fortuna do MDB em Salvador. Quando descobrirão a origem da bufunfa tucana em São Paulo? Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da segunda-feira 19 de fevereiro de 2019.

Para ouvir clique aqui abaixo e, em seguida, no player:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Página 20 de 154«...51015...1819202122...2530354045...»
Criação de sites em recife Q.I Genial