Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário para o Estadão Notícias: Impunidade veste farda

Comentário para o Estadão Notícias: Impunidade veste farda

Dois brasileiros suburbanos, pobres e pardos – o músico Evaldo Santos Rosa e o catador Luciano Macedo – foram fuzilados por nove militares do Exército que faziam ronda numa rua de Guadalupe na Zona Norte do Rio.  O músico ia com a família no carro alvejado por 83 balas para uma festa. O catador foi socorrê-lo e também foi morto. O comando do Sudeste mentiu ao dizer que as vítimas eram criminosas e a polícia desmentiu. O caso está para ser sepultado, porque o MPM despachou que os assassinos não cometeram nenhum ato de indisciplina militar. É simplesmente inacreditável. Este é meu comentário para o Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quarta-feira 1 de maio de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Comentário no Jornal Eldorado: Temer, também multirréu

Comentário no Jornal Eldorado: Temer, também multirréu

Ao se tornar réu na Justiça de Brasíllia, o ex-presidente Michel Temer, do MDB, torna-se prova viva da lerdeza da Justiça brasileira e também, ao mesmo tempo, evidência clara da eficiência da geração de jovens policiais, procuradores e juízes federais que empreenderam operações como Lava Jato e outras congêneres. Afinal, sabia-se desde, pelo menos, os anos 90 do século passado, de seus “rolos” com a gestão do Porto de Santos, já então com a assessoria de pau para toda obra de seu amigo coronel PM reformado João Batista Lima Filho, jocosamente alcunhado pela turma da fuzarca de Laranja Lima, que resume suas atividades profissionais. Introduzido na gang do PT, tornou-se multirréu como Lula.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da terça 30 de abril de 2019

 1 – Haisem – O ex-presidente Michel Temer, seu fac totum coronel Lima e o ex-assessor Rocha Loures agora são réus. Em que essa notícia muda a História do Brasil contemporâneo

 2 – Carolina – Bolsonaro faz bem ou mal ao pedir que seja isentado de punição produtor rural que atirar em invasor, como o fez ontem

SONORA BOLSONARO 3004 A

 3 – Haisem – O que levou o general Rêgo Barros, porta-voz da Presidência da República, a declarar em seu briefing que o presidente Brolsonaro não intervirá em juros de bancos públicos

SONORA PORTA VOZ 3004

 4 – Carolina – Que autoridade o vereador do Rio Carlos Bolsonaro tem para dar palpite sobre comunicação do governo de seu pai, Jair

 5 – Haisem – Que consequências práticas terá a ação da Polícia Federal ontem no Diretório do PSL em Minas, que era dirigido pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, investigando laranjas usadas para usar recursos do Fundo Partidário de forma ilícita

 6 – Carolina – Que efeito poderá sofrer a composição do ministério do governo Bolsonaro com a divulgação de que a gráfica do irmão do assessor do ministro do Turismo, que foi paga por serviços prestados ao PSL, não funcionava dois anos antes do pagamento

 7 – Haisem – Por que parlamentares estão pressionando para tirar Coaf do Ministério da Justiça e passar para Ministério da Fazenda

 8 – Carolina – O que você achou da atitude dos alunos da Universidade de Lisboa, uma tradicionalíssima instituição de ensino superior, terem oferecido pedras para os colegas jogarem nos colegas brasileiros

Legenda –  Temer já foi preso e solto por benemerência de instâncias superiores, mas não deverá ficar muito tempo nessa condição. Foto: Fábio Motta/Estadão

Comentário no Estadão Notícias: Assustados unidos contra Moro

Comentário no Estadão Notícias: Assustados unidos contra Moro

Deputados e senadores, morrendo de medo de atender à porta de casa cedinho agentes da PF, uniram-se aos colegas suspeitos, denunciados e processados para repetir na Câmara a “noite dos ferros retorcidos”, em que transformaram as dez medidas contra a corrupção da Lava Jato em lanças contra os procuradores que as elaboraram. Mesmo com o Japonês da Federal aposentado, eles querem repetir o feito desfigurando o pacote contra crime e corrupção do ministro Moro com um rascunho à mão de Alexandre de Moraes. A senadora Eliziane Game (CID-MA) assinou o texto do ministro, mas asseclas do suspeito Alcolumbre avisaram que não querem saber de gente “do bem” premiada em projeto. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da terça-feira 30 de abril de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

 

Comentário no Jornal Eldorado: Dodge travou Lava Jato

Comentário no Jornal Eldorado: Dodge travou Lava Jato

Relatório entregue por Fachin a professores da FGV e autores de uma história da Lava Jato no STF revela a trava dada pela procuradora-geral da República na força-tarefa que mais combateu – e com mais eficiência – a corrupção no País. Desde que foi indicada por Gilmar Mendes, feroz perseguidor da operação e de outras congêneres, o MPF só negociou uma entre 110 delações premiadas e das 46 acusações levadas ao Supremo por ela apenas quatro diziam respeito ao trabalho conduzido pelo ex-juiz Sérgio Moro e pelo procurador Deltan Dallagnol. No apagar das luzes do governo Temer, ela encaminhou um inquérito contra ele, que a nomeou, mas não deu andamento a ação alguma contra Gilmar.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da segunda-feira 29 de abril de 2019

1 – Haisem – Que justificativas a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pode dar para completo desprestígio dela à Lava Jato, conforme relatório do ministro Edson Fachin, do STF

2 – Carolina – Você continua acreditando, como disse aqui sexta-feira 26 de abril, que houve uma tramóia para, reduzindo a pena de Lula, facilitar sua volta pra casa

3 – Haisem Por que Lula, que chamou STF e STJ de “acovardados” em telefonema grampeado para Dilma Rousseff, em 2016, agora elogiou tanto o primeiro na entrevista que deu à Folha de S.Paulo e a El País sexta-feira passada

4 – Carolina – O que você tem a dizer sobre a decisão da Câmara dos Deputados de ter aprovado anistia para partidos políticos que descumprem a lei que obriga a usar parte das verbas partidárias com candidaturas de mulheres

5 – Haisem – Que razões você acha que a presidente nacional do PT, Gleisi Hofmann, tem ao criticar a eventual venda do setor de gás da Petrobrás pelo governo Bolsonaro

6- Carolina – Como se explica a descoberta feita pela perícia segundo a qual Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, operador do PSDB, nas propinas pagas pela Petrobrás, desapropriou três vezes os mesmos terrenos pelo dobro do preço

7 – Haisem – O que você diz da interrupção do jogo do Fluminense contra o Goiás no Maracanã por queda de energia no estádio na hora em que seria cobrado um pênalti

8 – Carolina – Até quando Neymar, adulado e até adorado como melhor jogador do Brasil, se comporta como um peladeiro sem humildade nem educação ao agredir um torcedor com um soco por ter sido criticado por ele

Comentário no Estadão Notícias: Por que não se privatiza

Comentário no Estadão Notícias: Por que não se privatiza

O vaivém das decisões que estão para ser tomadas pelo governo Jair Bolsonaro para privatizar grandes estatais – como Petrobrás, Banco do Brasil e Correios – tem razões que fogem às corporações que vivem dependuradas em seus cabides. Muitas vezes tais razões estão diretamente ligadas aos que fingem que querem privatizar, mas preferem ficar nos estudos para tal. O ministro da Inovação, Marcos Pontes, quer manter o poder de empregar nos Correios e Bolsonaro não abre mão de intervir no marketing do BB e nos preços da Petrobrás. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da segunda-feira 29 de abril de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Direto ao Assunto no YouTube: STF tira de teu bolso para salvar Zona Franca

Direto ao Assunto no YouTube: STF tira de teu bolso para salvar Zona Franca

Após jactar-se de ser mais liberal do que Paulo Guedes, o presidente do STF, Dias Toffoli, foi um dos seis ministros que produziram rombo de 49 bilhões do Tesouro Nacional, mandando-o devolver impostos pagos para repassar essa quantia e salvar a Zona Franca de Manaus, que está em perigo de falir e não fará falta nenhuma a não ser para o Amazonas. Além de emitir habeas corpus para corruptos a torto e a direito, o tal “Supremo” é chegado a uma caridade com chapéu alheio, no caso cobrando a conta do teu bolso e aumentando o rombo que só será tapado com a reforma da Previdência e outras, antes de o País ir à falência de vez, aumentando a massa de 13 milhões de desempregados. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, clique aqui.

Página 5 de 154«...34567...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial