Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Jornal Eldorado: Lula quer Moro preso

Comentário no Jornal Eldorado: Lula quer Moro preso

Lula finge resistir à eventual ordem que receber da juíza Carolina Lebbos, das Execuções Penais, de progredir de regime de pena de fechado para semiaberto para manter vivo um plano obsessivo que nutre há tempo. Além de exigir liberdade total e declaração de inocência passada em cartório, ele quer obter uma ordem de seus amigões do STF para prender o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol. Esta não parece tarefa fácil, mas, por enquanto, ele quer se manter no centro dos acontecimentos e do noticiário, enquanto espera resposta positiva a um duplo pedido de sua defesa. De um lado, o  cancelamento da pena a que está condenado. E, de outro, a desmoralização daqueles que diz persegui-lo. Ou até mesmo a inversão dos valores com a soltura do bandido e a detenção dos mocinhos do faroeste.

Para ouvir comentário no Jornal Eldorado clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/lula-quer-moro-preso/  

Assuntos do comentário de segunda-feira 30 de setembro de 2019:

 1 – Haisem – Afinal, Lula está prestes a ir para casa ou vai esperar a decisão do Supremo Tribunal Federal a respeito da tentativa de ser cancelada a condenação decretada por Sergio Moro no processo da cobertura do Guarujá

 2 – Carolina – Você se surpreendeu com a declaração do ex-militante do PCdoB e ex-ministro de Lula e Dilma Aldo Rebelo a Pedro Venceslau e Ricardo Galhardo, do Estadão, concordando com o discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da assembléia-geral da ONU em Nova York

ALDO A 3008

 3 – Haisem – O que ainda pode impedir que o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo gaste 1 bilhão e 200 milhões de reais de dinheiro público nesta crise para construir duas torres para abrigar seus 360 conselheiros

 4 – Carolina – O que a parte da delação premiada do empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, tem a ver com a crise aberta entre governo e Senado sobre os mandatos de busca e apreensão nos gabinetes e nas casas do líder do governo, Fernando Bezerra Coelho, e seu filho, Fernando Filho

 5 – Haisem – O que você tem a dizer sobre a notícia dada por Aguirre Talento do Globo a respeito da devolução do dinheiro roubado no petrolão no meio da crise instalada pelas supostas mensagens dos hackers de Araraquara

 6 – Carolina – O que há de revelador no livro da economista Maria Cristina Pinotti sobre a Operação Mãos Limpas na Itália e o que está acontecendo agora com o juiz Sérgio Moro e a Operação Lava Jato aqui no Brasil

 7 – Haisem – O que você achou do artigo do jurista Walter Maierovitch no Blog do Fausto Macedo no portal do Estadão de sábado sobre a decisão que o Supremo Tribunal Federal tomará quarta-feira dia 2 de outubro a respeito dos prazos de defesa de réus delatados em relação aos de réus delatores

 8 – Carolina – Que relação há entre a confissão do ex-procurador da República Rodrigo Janot de que pensou em matar o ministro do STF Gilmar Mendes e a atuação da força-tarefa da Operação Lava Jato

Comentário no Jornal Eldorado: STF e seus bandidões de estimação

Comentário no Jornal Eldorado: STF e seus bandidões de estimação

A vitória espetacular do chamado “efeito Bendine”, que cancela processos em que os juízes não tenham ampliado prazos de defesa de bandidões delatados para depois dos depoimentos dos réus delatores – que deverá ao final registrar placar de 8 a 3 – mostra que STF tem delinquentes de estimação. E estes não são apenas os ex-presidentes da República que os nomearam – Sarney, Collor, Fernando Henrique, Lula, Dilma e Temer -, mas também os operadores dos esquemas criminosos em que empreiteiras corrupteiras pagaram propinas milionárias a burocratas, figurões dos três Poderes da República e doleiros. Que nojo!

 

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne do Estadão, clique aqui.
Assuntos para comentário de sexta-feira 27 de setembro de 2019

1 – Haisem – Veja só a manchete do Estadão hoje: Maioria do STF aprova tese que pode afetar Lava Jato. Quais as razões e conseqüências de decisão tão grave como esta e com maioria tão larga – até agora 7 a 3, podendo chegar a 8 a 4 – no Supremo Tribunal Federal2 – Carolina – Que motivação teve um dos ministros com voto vencedor na sessão de ontem, Ricardo Lewandowski, para apresentar para votação em plenário 80 decisões que tomou contra jurisprudência do próprio STF a favor da possibilidade de cumprimento de pena depois de condenação em segunda instância

3 – Haisem – Que argumentação o presidente do Instituto Não Aceito Corrupção, procurador federal e doutor em Direito pela USP Roberto Livianu, contra a decisão da maioria do plenário do Supremo ontem

4 – Carolina – Janot diz que foi armado ao STF para matar Gilmar – diz um título de chamada de primeira página do Estadão de hoje. Que história de cena de pugilato sangrento no Judiciário poderia ter sido esta

RJANOT 2609

5 – Haisem – O que você achou dos termos do discurso de posse do procurador-geral da República, Augusto Aras, ontem

EXPRESSO_ARAS 2609

6 – Carolina – Que lições é possível tirarmos da prisão pela Polícia Federal do ex-governador do Tocantins Marcelo Miranda no apartamento funcional de sua mulher, que é deputada federal

7 – Haisem – O que você acha que motiva o presidente do Senado, Davi Alcolumbre a não dar encaminhamento a 129 de 141 pedidos de informação que tramitam na Casa, 91,49%

8 – Carolina – Qual a importância do primeiro editorial do Estadão hoje a respeito da sobrevivência do jornalismo no cenário mundial atual

 

Comentário no Jornal Eldorado: Lula sem ajuda do IntercePT

Comentário no Jornal Eldorado: Lula sem ajuda do IntercePT

A 8.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) negou provimento, por unanimidade, ao agravo regimental interposto pela defesa do ex-presidente Lula que requeria a inclusão de mensagens divulgadas pelo site The IntercePT Brasil nos autos do processo criminal sobre o sítio de Atibaia.   Segundo o relator da Lava Jato na segunda instância, João Pedro Gebran Neto, “mesmo que fosse desconsiderado o contexto criminoso em que foram capturadas as mensagens, a validação indireta ou por meio de peritos particulares não tem efeitos processuais”. Ou seja, a defesa do petista chove no molhado.

Para ouvir clique no play abaixo:
Ou clique aqui e, em seguida, no play.
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Poliltica, Estadão, clique aqui.

Assuntos para o comentário de quinta-feira 26 de setembro de 2019

1 – Haisem – Que implicações podem advir para o futuro de Lula a decisão da oitava turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região de Porto Alegre de não aceitar incluir mensagens do Intercept Brasil em processos da defesa de Lula pedindo cancelamento de sua condenação

2 – Carolina – Manchete do Estadão hoje: Aras é confirmado na PGR e prega correções na Lava Jato.  O que garantiu ao subprocurador da República Augusto Aras uma vitória tão fácil no plenário do Senado – 68 a 10 – tornando possível a nomeação do presidente Jair Bolsonaro para o cargo de procurador-geral da República em plena crise das buscas e apreensões pela Polícia Federal no gabinete do líder do governo no Senado

3 – Haisem – O que chamou sua atenção na sabatina de Augusto Aras na Comissão de Constituição e Justiça do Senado ontem, à tarde

SONORA_ARAS E

4 – Carolina – Quais as perspectivas da votação do recurso da defesa de Lula questionando a imparcialidade de Sérgio Moro na sessão do Supremo Tribunal iniciada ontem com o voto negando-o do relator da Lava Jato, Edson Fachin

SONORA_FACHIN 2609

5 – Haisem – Você se surpreendeu com a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal cancelando habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello a condenado em segunda instância

6 – Carolina – Que conseqüências podem ter para a promulgação da lei Contra o Abuso de Autoridade as manifestações de juízes e promotores e protestos de cidadão ocorridas ontem

7 – Haisem – Por que os líderes de bancadas no Senado e na Câmara estão ganhando poder nas decisões de alto interesse dos cidadãos com os presidentes das duas Casas cada vez mais desprezando a possibilidade de submeter grandes temas de interesse particular dos parlamentares aos plenários

8 – Carolina – Você acha que foi justa a concessão de um tal Prêmio Nobel alternativo à militante ecológica sueca Greta Thunberg, de 16 anos de idade

Comentário no Jornal Eldorado: Bolsonaro não mentiu na ONU

Comentário no Jornal Eldorado: Bolsonaro não mentiu na ONU

O País e o mundo caem sobre a cabeça de Bolsonaro garantindo que ele foi agressivo no discurso de abertura da 74.ª Assembleia-Geral da ONU. Calma, que o Brasil é nosso, como dizia meu pai. O presidente disse que nossos governos anteriores, ditos socialistas, roubaram bilhões e elogiou o ex-juiz Sergio Moro, que sentenciou o principal responsável pelo saque contra os cofres públicos, Lula, condenado em três instâncias por corrupção e lavagem de dinheiro.  Acaso mentiu? Criticou também o ambientalismo radical, adotado como discurso da esquerda depois do fracasso geral da revolução comunista. E não é verdade?
Para ouvir clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da quarta-feira 25 de setembro de 2019

1 – Haisem – Manchete do Estadão é Bolsonaro vai ao ataque na ONU e rompe tradição do País. Que itens você destacaria no discurso do presidente brasileiro na abertura da assembléia-geral da ONU

SONORA_BOLSO ONU A

2 – Carolina – Que motivos levaram Jair Bolsonaro a citar Cuba e Venezuela no pronunciamento na ONU ontem

SONORA_BOLSO ONU B 2509

3 – Haisem – Em que as prisões de dois hackers de fora de Araraquara nos últimos dias pode estar ajudando a Polícia Federal a desvendar o mistério da invasão dos celulares de mais de 900 agentes da lei e jornalistas e sua conexão com o site Intercept Brasil de Glenn Greenwald

4 – Carolina – A falta da 27.ª assinatura para instalar a CPI do Lava Toga impedirá que o Supremo Tribunal Federal e outras cortes das instâncias superiores sejam investigados, como querem os senadores do Muda, Senado

5 – Haisem – Caem 18 vetos à Lei de Abuso de Autoridade – diz título na primeira página do Estadão de hoje. Que motivos terá tido o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, para por em votação os vetos do presidente Jair Bolsonaro à lei contra o abuso de autoridade antes de ele voltar de Nova York

6 – Carolina – Também está na primeira página a notícia: Previdência para no Senado e governo teme prejuízos. Por que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, decidiu adiar a votação do relatório do senador Tasso Jereissati para a reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Casa para a semana que vem

7 – Haisem – Até que ponto os documentos apreendidos pela Polícia Federal no gabinete do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, poderá influir para pior ou melhor na relação entre Bolsonaro e o Congresso Nacional

8 – Carolina – Câmara dos EUA abre inquérito contra Trump, noticia o Estadão na primeira página. A decisão da presidente da Casa dos Representantes de abrir processo de impeachment contra o presidente dos Estados Unidos foi tomada por birra da oposição ou tem razão jurídica

Comentário no Jornal Eldorado: Agatha, vítima da incúria geral

Comentário no Jornal Eldorado: Agatha, vítima da incúria geral

Agatha Félix, de 8 anos, é vítima da incúria geral de políticos que usam verbas públicas que deviam ser destinadas à proteção do cidadão pobre para enriquecer ilicitamente e de figurões do Judiciário, como Gilmar Mendes, do STF, que concedem habeas corpus a torto e a direito para privilegiar padrinhos corruptos em nome do garantismo da impunidade. Apontar culpados com dedo em riste para a frente para não disparar no próprio peito em nada resulta de concreto para salvar novos inocentes de balas perdidas ainda não disparadas. Tem muita gente irresponsável tentando lavar as mãos no sangue da inocente do complexo do Alemão.
Para ouvir clique no play abaixo:
Ou clique aqui e, em seguida, no play.
 
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
 

Assuntos para comentário da terça-feira 24 de setembro de 2019

1 – Haisem – Dá para falar em exploração demagógica da morte da menina Agatha Félix, de oito anos, que levou um tiro de fuzil nas costas quando estava numa Kombi no complexo do Alemão, no Rio

2 – Carolina – É convincente o pronunciamento que, afinal, foi feito pelo governo do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, muito tempo depois da morte da menina, até agora não explicada

03_WITZEL_CONFIO TRABALHO POLICIA

3 – Haisem – Que explicação pode ser dada para o fato constatado pelo Estadão de que os casos das cinco crianças mortas em operações policiais e de bala perdida no Rio até agora não terem levado ninguém para a cadeia

4 – Carolina – O que você achou da argumentação usada pelo procurador-geral da República interino, Alcides Martins, para contestar os apelos de inocência dos personagens dos 51 milhões de reais encontrados em notas no apartamento da família Vieira de Lima na Bahia

5 – Haisem – “Toffoli pauta ação que pode anular casos na Lava Jato”, diz chamada de primeira página no Estadão. Por que você acha que o presidente do Supremo Tribunal Federal tem tanta pressa em julgar esse tipo de casos, enquanto deixa outros, como o de suas decisões monocráticas guardados para serem julgados quando der

6 – Carolina – Você acha que a declaração de amizade da autoridade das Nações Unidas dos Direitos Humanos, Michelle Bachelet, basta para justificar os ataques públicos que ela tem feito à Justiça brasileira

7 – Haisem – Que papel relevante a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy tem a cumprir na política brasileira voltando à antiga militância de esquerda e adotando o Lula Livre como lema após ter apoiado impeachment de Dilma Rousseff quando se mudou para o MDB

8 – Carolina – O que os dados de acidentes nas rodovias paulistas acabam de revelar sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro de retirar os radares

Comentário no Jornal Eldorado: Paulinho conspira contra Moro

Comentário no Jornal Eldorado: Paulinho conspira contra Moro

Depois de inventar uma CPI para investigar uma operação legal feita por agentes do Estado para coibir a corrupção na política e inventar uma lei dita contra o abuso de autoridade para tranquilizar seus suspeitos, acusados e condenados,  o centrão que manda na Câmara e no Senado tem novidade mais funesta. Seu líder mais loquaz, Paulo Pereira da Silva, vulgo Paulinho da Força, anuncia que está sendo preparada uma lei para aumentar de seis meses, atualmente exigidos de quarentena para juízes e promotores, para cinco anos, com objetivo confesso de tirar do ministro da Justiça, Sergio Moro, elegibilidade em 2022.

 

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

 
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da segunda-feira 23 de setembro de 2019

1 – Haisem – Por que o líder mais boquirroto do Centrão, Paulo Pereira da Silva, Paulinho da Força, do próprio partido Solidariedade, anunciou que o grupo vai propor aumentar a quarentena de juízes e promotores, hoje de seis meses, para, no mínimo, cinco anos

2 – Carolina – O que acontece de importante hoje em relação ao cumprimento de pena de Lula na sala de estado maior da Polícia Federal em Curitiba

3 – Haisem – Qual foi o despacho do procurador-geral da República interino, Alcides Martins, sobre o eventual uso de supostas mensagens divulgadas pelo Intercept Brasil no julgamento da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal sobre condenação de Lula por Sérgio Moro

4 – Carolina – Quais são as novidades reveladas este fim de semana no processo dos hackers de Araraquara que violaram o sigilo telefônico de mais de mil autoridades pela Polícia Federal de Brasília

5 – Haisem – Qual o novo recurso da defesa do senador Flávio Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal para interromper o inquérito a que ele responde no Ministério Público do Rio de Janeiro

6 – Carolina – O que você acha de a alta comissária das Nações Unidas para Direitos Humanos, a ex-presidente do Chile, Michelle Bachelet, declarar que sente pena do Brasil

7 – Haisem – Há alguma razão para juízes ganharem acima do teto de outros funcionários por causa dos inúmeros “penduricalhos”, que os favorecem

8 – Carolina – Por que a morte da pequena Agatha, de 8 anos, por um tiro disparado pela Polícia Militar, segundo a família dela, o que é negado pela PM, prejudica a tramitação do pacote anticrime do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro

SONORA_AVO 2309

Página 25 de 197«...5101520...2324252627...3035404550...»
Criação de sites em recife Q.I Genial