Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Dados do Autor

Síntese biográfica

Síntese biográfica

JOSÉ NÊUMANNE PINTO

Nascido em Uiraúna, Paraíba, Brasil, em 18 de maio de 1951
Separado judicialmente, três filhos, dois netos.

Residência: Rua Marquês de Itu, 797, 11º andar  -AP 111 – Vila Buarque
01223-001 São Paulo SP

 

Escolaridade:

  • Curso primário: Grupo Escolar Professora Jovelina Gomes, em Uiraúna, PB, de 1958 a 1961
  • Ginásio: primeira série no Ginásio Professor Afonso Pereira, da Fundação Padre Ibiapina, em Uiraúna, PB, em 1962

Séries restantes: Instituto Redentorista Santos Anjos, em Campina Grande, PB, de 1963 a 1965

  • Científico: as três séries no Colégio Estadual da Prata, em Campina Grande, PB, de 1966 a 1967

Jornalista:

  • “Diário da Borborema”, Campina Grande, PB – Repórter (1968/69)
  • “Folha de S. Paulo” – Repórter (1970/75)
  • “Jornal do Brasil” – Repórter da sucursal de São Paulo (1975/83) – Secretário de redação (1983) – Chefe da redação (1984) – Repórter especial da sucursal de São Paulo (1985/86)
  • “O Estado de S. Paulo” – Editor de política (1986/88) – Editor de opinião (1988/89) – Editorialista (1989/91 e desde 2012)
  • TV Manchete de São Paulo – Comentarista político – Em 1990 e 1991.
  • Assessor político e ghost writer do senador José Eduardo de Andrade Vieira, ex-ministro da Indústria, do Comércio e do Turismo e da Agricultura (1991/96)
  • “El Nuevo Herald” – foi colunista, com um artigo semanal sobre Brasil na edição em castelhano do jornal “Miami Herald” (1994-96)
  • Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) – comentarista político e econômico no programa diário “Direto ao assunto” (1996-97, 2204-2006) e desde março de 2007 nos telejornais diários SBT Brasil e Jornal do SBT Manhã
  • “Jornal da Tarde” – Chefe dos editorialistas (de 1996 a 2012)
  • Rádio Jovem Pan – comentarista, na coluna “Direto ao assunto” no “Jornal da Manhã” e na “Hora da Verdade” (de 1996 a 2015)
  • Cineclick – colunista semanal do site, especializado em cinema, ao longo de todo o ano de 2000
  • Comentarista, na coluna “Direto ao assunto” nos noticiários “Estadão no ar” e “Direto da redação”, desde 2016.

Escritor:

Co-autor dos livros:

  • Partidos e Políticos – Editora JB, Rio de Janeiro, RJ (1986)
  • A Constituição que nós Queremos – Editora Salamandra, Rio de Janeiro, RJ, (1988)
  • Jornalismo é… – Zenon, Associação Brasileira de Anunciantes e Associação Brasileira de Imprensa, São Paulo, SP (1997)
  • Com a palavra – Lazuli Editora, São Paulo, SP (2004)
  • Dicionário temático da Lusofonia – foi um dos 358 especialistas lusófonos, escolhido para redigir verbete sobre a história política brasileira no projeto dirigido e coordenado por Fernando Cristóvão, auxiliado por Maria Adelina Amorim, Maria Lúcia Garcia Marques e Suzana Brites Moita) – Texto Editores e Associação de Cultura Lusófona, Lisboa, Portugal (2005)
  • Histórias inesquecíveis – Oficina do Livro, São Paulo, SP (2006)

Livros publicados:

  • Mengele, a Natureza do Mal – romance-reportagem – EMW Editores, São Paulo, SP (1985)
  • As Tábuas do Sol – poemas – Secretaria da Cultura do Estado da Paraíba, João Pessoa, PB (1986)
  • Erundina, a Mulher que Veio com a Chuva – perfil biográfico – Editora Espaço e Tempo, Rio de Janeiro, RJ (1989)
  • Atrás do Palanque – Bastidores da eleição presidencial de 1989 – reportagem – Editora Siciliano, São Paulo, SP (1989)
  • Reféns do Passado – coletânea de artigos e ensaios políticos – Editora Siciliano, São Paulo, SP (1992)
  • A República na Lama – Uma Tragédia Brasileira – reportagem – Geração Editorial, São Paulo, SP (1992)
  • Barcelona, Borborema – poesia – Geração Editorial – São Paulo, SP (1992)
  • Veneno na Veia – romance policial – Editora Siciliano, São Paulo, SP (1995)
  • Solos do Silêncio – poesia reunida – Geração Editorial, São Paulo, SP (1996)
  • O Silêncio do Delator – romance – A Girafa Editora, São Paulo, SP (2004)
  • As fugas do Sol – CD do CPC-Umes, São Paulo (1999) – com música original do maestro Marcus Vinicius de Andrade
  • O que sei de Lula – Topbooks Editora, Rio de Janeiro, RJ (2011).

Antologia:

Selecionou e apresentou a antologia Os Cem Melhores Poetas Brasileiros do Século para a Geração Editorial (2001)

Letrista de canções

– Em parcerias – canções gravadas por Zé Ramalho, Walter Santos, Gereba e Mirabô Dantas.

Prêmios, títulos, troféus e honrarias:

  • Prêmio Esso de Informação Econômica (com Maria Inês Caravaggi) em 1975, pela série “Perfil do Operário Brasileiro Hoje” (“Jornal do Brasil”)
  • Troféu Imprensa de Reportagem Esportiva (com Paulo Mattiussi) em 1975, pela reportagem “Éder Jofre e o Boxe Brasileiro” (“Jornal do Brasil”)
  • Fundador do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial em 1987
  • Membro da Academia de Letras de Campina Grande, empossado na cadeira nº 08 (Assis Chateaubriand) em 22 de junho de 1989
  • Cidadão campinense desde 22 de junho de 1995, por projeto do então presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Rômulo Gouvêa, quando era prefeito Félix Araújo Filho
  • Prêmio Senador José Ermírio de Moraes, da Academia Brasileira de Letras, de melhor livro de 2004, com o romance O silêncio do delator, A Girafa Editora
  • O romance O silêncio do delator também figurou entre os 14 finalistas do prêmio de melhor livro de 2003/2004 da Jornada Literária de Passo Fundo (RS), em 2005, vencido pelo romance Budapeste, de Chico Buarque de Holanda.
  • O romance O silêncio do delator foi ainda relacionado entre os dez finalistas do Prêmio Literário da Portugal Telecom, de 2005, vencido por Os lados do círculo, de Amílcar Bettega Barbosa
  • Troféu Personalidade Tambaú, na oitava edição do prêmio, em 2005, nas companhias de Chico César, Joacil do Brito Pereira e Luciano Piquet. Foi escolhido como orador dos agraciados na solenidade de entrega no Paço dos Leões, em João Pessoa (PB)
  • Medalha Epitácio Pessoa, concedida pela Assembléia Legislativa do Estado da Paraíba, em 19 de dezembro de 2006, por projeto encaminhado pela Mesa Diretora, presidida então pelo deputado estadual Rômulo Gouvêa
  • Troféu Dom Pedro I, como jornalista que mais prestou serviços à comunidade paulistana em 2006, concedido pela Grande Loja Maçônica do Estado de São Paulo, “Sereníssima”, em 19 de março em 2007.
  • Primeiro escritor paraibano a receber a Medalha do Mérito Literário José Lins do Rego, em 28 de outubro de 2007, por projeto do criador da condecoração, deputado estadual Fabiano Lucena.
  • Membro da Academia Paraibana de Letras: eleito por 29 votos contra 3 dados ao professor Pedro Sabino de Farias Neto, em 22 de julho de 2008, foi empossado na cadeira nº 01 (Augusto dos Anjos) em 8 de setembro de 2008
  • Desde 4 de novembro de 2010 é Cidadão Paulistano por iniciativa do vereador Quito Formiga.
  • Troféu Gonzagão, Campina Grande, PB, 21 de maio de 2013, ao lado de Sivuca, in memoriam, Antônio Barros e Genival Lacerda.
  • Membro da Academia Paulista de História na cadeira nº 02, cujo psytono ´r Júlio Neilly.

Editor:

De 2003 a 2010, foi um dos sócios-proprietários de A Girafa Editora, estabelecida à Avenida Angélica, 2503 – 12º andar, cj. 125 – Consolação – 01227-200 São Paulo, SP

Página 1 de 11