Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto

Direto ao Assunto no YouTube: Aras a serviço de Toffoli

Direto ao Assunto no YouTube: Aras a serviço de Toffoli

O procurador-geral da República não vai contestar judicialmente a determinação do presidente do STF, Dias Toffoli, que exigiu do BC cópias de todos os relatórios de inteligência financeira da UIF, ex-Coaf, dos últimos 3 anos, negando-se a cumprir seu dever. Só não se sabe se o fez para puxar o saco do Maquiavel de Marília ou cumprir ordem do presidente da Republica, Jair Bolsonaro, cuja prioridade de governo tem sido limpar a barra do primogênito Flávio.

you15

Seja por que motivo for, o amigo do amigo do filho do chefe errou e está a merecer processo de impeachment para reparar o erro. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

 

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

 

11 nov 600

Comentário no Jornal Eldorado: Aras desleal ao cidadão

Comentário no Jornal Eldorado: Aras desleal ao cidadão

Ao decidir não recorrer da infâmia do presidente do STF, Dias Toffoli, de requisitar todas as informações de inquéritos da Unidade de Inteligência Financeira (UIF), antigo Coaf, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pode ter decidido ser leal ao requisitante ou ao presidente Jair Bolsonaro. Este, como já cansei de avisar, está preso a um acórdão com Toffoli para manter o filho Flávio longe do alcance do MP do Rio de Janeiro. Mas foi de profunda deslealdade a quem a deve, o cidadão.

 

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

 

Assuntos para comentário da sexta-feira 15 de novembro de 2019

1 – O que explica a decisão do procurador-geral da República, Augusto Aras, de não recorrer aos superpoderes que presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, assumiu ao ter acesso a dados sigilosos de pagadores de impostos na Receita Federal

2 – A manchete do Estadão hoje é Elite dos servidores age para barrar reforma administrativa. Por que foi tomada essa iniciativa e quais são as possibilidades de eles terem sucesso

3 – Lula diz que PT ‘não nasceu para ser partido de apoio’ e que ‘vai polarizar em 2022’ – revela título no alto da capa do Portal do Estadão nesta manhã de aniversário da República. Alguma novidade para você

4 – Qual a reação que você espera da defesa de Lula à decisão do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região em Porto Alegre, que criticou em outro processo sem relação com a Lava Jato copia e cola da juíza substituta de Sergio Moro, Gabriela Hardt, na condenação do petista no processo do sítio de Atibaia

5 – O Globo ontem e a Folha hoje deram com destaque notícia sobre recuperação da economia em setembro, com boas perspectivas para o Natal. Será que até que enfim chegamos ao fundo do poço na crise

6 – Que motivos você encontra para explicar a ausência das convulsões sociais em Chile, Bolívia e Equador na declaração final dos Brics, cuja reunião se realizou nesta semana em Brasília

SONORA_BOLSONARO 1511 A

7 – Até quando você prevê que os paulistanos terão de conviver com desastres como a queda da marquise que matou um no Jardim Paulista e o desabamento da passarela na avenida marginal do rio Pinheiros

8 – Você se surpreendeu com a decisão da presidente interina da Bolívia de se aproximar dos Estados Unidos e do Chile e também dos cocaleros, que anunciaram apoio a Evo Morales, que renunciou e foi para o México

Comentário no Jornal da Gazeta: Toffoli sequestra e Aras só aconselha

Comentário no Jornal da Gazeta: Toffoli sequestra e Aras só aconselha

Diante do absurdo sequestro de dados sigilosos de 600 mil pagadores de impostos pelo presidente do STF, Dias Toffoli, o procurador-geral da República, Augusto Aras, mostrou não estar à altura do cargo que ocupa, pois deveria acusar, e não pedir o aconselhar, como tentou fazer. E dessa forma, atua com evidente subordinação ao chefe do Poder Judiciário e também ao presidente Jair Bolsonaro. Afinal, este depende da “boa vontade” do chefe do “excelso pretório” para manter o primogênito Flávio longe do alcance do MP do Rio no caso da “rachadinha” da Alerj.
Para ver comentário no Jornal da Gazeta da sexta-feira 15 de novembro de 2019, às 19 horas, clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto no YouTube: Cala a boca, Lula ficha suja

Direto ao Assunto no YouTube: Cala a boca, Lula ficha suja

Além de soltar o ladrão e lavador de dinheiro Lula, condenado em três instâncias por decisão de 1 juiz, 3 desembargadores do TRF 4 e e 5 ministros do STJ 9 a 0, a Suprema Tolerância Federal (STF) fornece algo como um salvo-conduto para que esse ficha-suja faça campanha eleitoral. E o chefão do maior assalto aos cofres públicos da História ainda chama o presidente da República de protetor de milícias sem ter provas de tal crime, e negando as montanhas de evidências pelas quais ele mesmo foi condenado. Além disso, detrata as instituições do Estado de Direito, como se fosse uma espécie de procurador-geral da farsa esquerdista. Precisa aparecer algum agente da lei com coragem suficiente para fechar a metralhadora giratória de seus impropérios sem cabimento. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

 

YOUTUBEestação

Direto ao Assunto no YouTube: Toffoli furta segredos de 600 mil

Direto ao Assunto no YouTube: Toffoli furta segredos de 600 mil

Ao decretar o fim da investigação da Receita Federal sobre sua mulher, Roberta Rangel, e a de seu pareceiro Gilmar Mendes, Guiomar, o presidente do STF, Dias Toffoli, requereu, sem nenhuma justificativa racional, sua posse dos dados do Coaf em 19 mil 441 casos envolvendo 600 mil pessoas físicas e jurídicas. E passou a ser proprietário exclusivo dos segredos garantidos por lei de uma miríade de cidadãos indefesos perante seu poder absoluto e ilegítimo. Não foi eleito para isso e sequer passou num concurso público para juiz na primeira instância. Este é um óbvio motivo para seu impeachment, mas ele está salvaguardado porque proibiu o Ministério Público do Rio de investigar o primogênito de Bolsonaro, Flávio, por práticas contábeis suspeitas na Alerj, da qual saiu para garantir foro privilegiado por 8 anos no Senado. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

 

11 nov 600

 

 

Comentário no Jornal Eldorado: Partido novo, política velha

Comentário no Jornal Eldorado: Partido novo, política velha

Há partidos demais no Brasil, 35 registrados, e o novo que acaba de ser anunciado por Bolsonaro, Aliança pelo Brasil, está sendo usado para possibilitar a saída do presidente, familiares e devotos do PSL de Bivar no meio de uma briga pelo controle dos bilhões dos fundões públicos. As organizações partidárias só deixarão de ser criminosas quando a fonte de recursos em seus cofres secar e for adotada a medida profilática da cláusula de barreiras para deter a proliferação das legendas para uso privado. Ninguém espere que a futura sigla cumpra esse papel.

Para ver o comentário no Jornal da Gazeta na quarta-feira 13 de novembro de 2019, às 19 horas, clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
 

Página 1 de 69612345...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial