Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto no YouTube: Só se fala no impeachment de Bolsonaro

Direto ao Assunto no YouTube: Só se fala no impeachment de Bolsonaro

1 – A epidemiologista Lígia Bahia, da Fiocruz, que envasará e depois vai produzir a vacina da parceria Oxford-AstraZeneca, que vendeu 160 milhões de doses ao governo brasileiro, engajou-se no impeachment do capetão sem noção, assunto mais comentado no País agora. 2 – O infectologista Paulo Hallal, da Universidade de Pelotas, atribuiu, em carta à revista Lancet, 150 mil mortes ao chefe do governo federal, número que supera 56.311, média brasileira da população mundial. 3 – Presidente e três ex-presidentes da Academia de Medicina declaram guerra em artigo ao vírus, à ignorância e aos inimigos internos. 4 – Brasil pode ter vacinação interrompida por preferir comprar remédios mais baratos a produzi-los nos governos Medici, Figueiredo, Sarney, Collor, FHC, Lula, Dilma, Temer e, principalmente, Bolsonaro. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

 Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Comentário no Jornal Eldorado: Enfim, as esperadas vacinas da Índia

Comentário no Jornal Eldorado: Enfim, as esperadas vacinas da Índia

A Índia usa o fornecimento de vacinas de forma diplomática, para reforçar sua força na Ásia, e a relação com países vizinhos teve prioridade “Valorizamos nossa parceria com o Brasil”, disse o embaixador em Brasília,  Suresh Reddy  . O Brasil recebeu o aval de exportação logo depois de asiáticos, africanos e do Oriente Médio, sobre os quais a Índia deseja ampliar sua influência. Por isso, diplomatas do primeiro escalão do governo indiano têm viajado para fazer a entrega dos lotes pessoalmente. Não deixa de ser alvissareiro o acesso de mais 1 milhão de brasileiros à imunização, mas continua a bagunça generalizada que torna o combate à pandemia do Brasil a menos organizada do mundo e de nossa “imunização aos soluços”, como como definiu Luiz Henrique Mandetta na série Nêumanne Entrevista, já no Blog do Nêumanne.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:
Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
 
 

Assuntos para comentário da sexta-feira 22 de janeiro de 2021

1 – Índia envia ao País dois milhões de doses da vacina de Oxford – Esta é a manchete da primeira página da edição impressa do Estadão hoje. Em que essa decisão interfere na eventual paralisação da imunização no Brasil por falta de insumos egressos da China

2 – Fura-filas viram alvos do Ministério Público em seis Estados – Este é o título de chamada de primeira página do jornal do dia. Para que essa notícia chama a sua atenção interrompendo a plena da onda de felicidade que varreu o País por causa da abertura da imunização, que traz a esperança da volta da normalidade perdida na pandemia

3 – Empresários cobram vacina e criticam o governo – Este é outro título no alto da primeira página do Estadão hoje. A cobrança e as críticas são justas ou não passam de “injusta” implicância com o governo federal de Jair Bolsonaro

4 – ‘Apesar da proliferação de defensores da ditadura, (ainda) vivemos um sistema democrático’, diz procurador ao pedir arquivamento de inquérito da PF contra advogado que criticou Bolsonaro – Este é o título de chamada na edição de política do Portal do Estadão. Você acha que a frase é correta ou apenas otimista

5 – Augusto Aras e o seu “estado de defesa”: ouça no “Estadão Notícias” – Este é o título de chamada de capa do Portal do Estadão. De que se trata

6 – Cantanhêde: “Há motivos de sobra para impeachment, mas faltam condições” – Este é o título de chamada de capa do noticiário do Portal do Estadão. O que você acha dessa constatação da colunista

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro decretou caça ao Butantan

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro decretou caça ao Butantan

1 – O presidente proibiu ministros de manterem contato com Doria e determinou devassa de eventuais falhas de licitação feitas pelo Butantan, que produziu os 6 milhões de doses de vacina, pelos quais ele nada pagou, usados no fictício plano de imunização do general Pesadelo. 2 – O ineficiente Estado brasileiro é o único responsável pelos abomináveis casos de fura-fila registrados pelo País afora. 3 – Diplomatas norte-americanos dizem que não há uma só verdade na carta do capetão sem noção ao presidente Joe Biden. 4 – Procuradores federais contestam adesão de Aras ao autogolpe do caloteiro-mor do Brasil. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Comentário no Jornal Eldorado: Mais um palpite infeliz de Aras

Comentário no Jornal Eldorado: Mais um palpite infeliz de Aras

Pegou muito mal a nota pública divulgada na noite de anteontem pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, apontando risco de o atual estado de calamidade progredir para o estado de defesa, previsto na Constituição, e que pode ser decretado pelo presidente para preservar ou restabelecer “a ordem pública ou a paz social ameaçadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas por calamidades de grandes proporções na natureza”. Tal recurso, sujeito à aprovação do Congresso em dez dias, permite ao presidente restringir direitos da população. Só que a última palavra é do Legislativo, não do chefe do Executivo. E este foi o meio encontrado por Aras para não cumprir seu dever precípuo de mandar investigar o presidente pelas violações do Código Penal. Terá sido Carlos Bolsonaro quem escreveu essa nota?

Para ouvir comentário clique no link abaixo e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro acha que americanos são bestas

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro acha que americanos são bestas

1 – Só uma besta total como o capetão sem noção pensa que os parceiros americanos são tão idiotas quanto ele e cairiam nessa conversa fiada de prometer parceria ao presidente Biden, a quem já acusou, quando disse o que pensa, de ter fraudado a vitória sobre seu patrão, Trump. 2 – Desembargador Walter Maierovitch, em artigo no Blog de Fausto Macedo, diz que Aras foi posto de aviso prévio por seis subprocuradores revoltados com nota técnica para orientar presidente a dar autogolpe. 3 – Índia entregou 2 milhões de doses de vacinas vendidas ao Brasil, insuficientes para aliviar a crise no plano de vacinação por falta de imunizantes. 4 – Ministro da Justiça processa pela lei da Segurança Nacional advogado que criticou seu chefão na TV: sórdida censura. Direto ao assunto.Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Página 1 de 1.25412345...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial