Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Estadão Notícias: Velhos companheiros

Comentário no Estadão Notícias: Velhos companheiros

Josias de Souza lembrou no UOL que o ex-secretário-geral da Presidência Aloysio Nunes, o ex-advogado-geral da União Gilmar Mendes e o ex-assessor do primeiro Paulo Vieira de Souza conviviam no Palácio do Planalto quando o chefe de todos era o ex-presidente Fernando Henrique. Depois, Nunes, então ministro da Justiça, e FHC receberam Lula e José Dirceu, que anunciaram reunião para pedir entrada da PF na investigação da execução de Celso Daniel. Mas, segundo o delegado Tuma Jr registrou no livro Assassinato de Reputações, no encontro de velhos amigos do tempo da resistência ao regime militar foi firmado um pacto de não agressão mútua que resultou na inércia da polícia no caso. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas de sexta-feira 8 de março de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: Bolsonaro fala a internautas

Comentário no Jornal Eldorado: Bolsonaro fala a internautas

O presidente Bolsonaro recorreu ao live das redes sociais para se comunicar com os cidadãos e prometeu fazê-lo todas as quintas-feiras à tardinha, dando, assim, mais um passo para sair do isolamento do Palácio. É um passo adiante ao simples uso de sua conta no Twitter e que já tentou fazer antes no café-almoço com jornalistas confiáveis à cúpula federal, convocados por seu porta-voz, general Rêgo Barros, também presente na live. Esse esforço é louvável, mas ainda insuficiente. O próximo passo necessário, a rotina de comunicados do porta-voz na sala de imprensa e entrevistas coletivas na necessidade de comunicações pontuais e mais importantes, só será dado se resolver governar para todos.

Para ouvir clique no  play abaixo:

Ou clique  aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/bolsonaro-fala-a-internautas/

 

Assuntos do comentário da sexa-feira 8 de março de 2019

1 – Haisem – O que você achou da ideia de Jair Bolsonaro comunicar-se semanalmente direto com a cidadania por live de rede social

2 – Carolina – Mourão e Augusto Heleno conseguiram acabar com a impressão de que Bolsonaro subordinou a democracia aos militares em discurso a fuzileiros navais

SONORA_BOLSONARO 0803A

3 – Haisem –  O que mais chama sua atenção na primeira condenação da Lava Jato paulista, e logo a incríveis 145 anos de cadeia

4 – Carolina – Por que Aloysio Nunes procurou o ministro do STF Gilmar Mendes para evitar cumprimento de pena por Paulo Vieira de Souza

5 – Haisem – O que, a seu ver, teria levado a parlamentar mais votada da História, Janaína Paschoal, a dizer que Paulo Preto deve saber muito mais do que já falou até agora e, por isso, corre risco de vida

6 – Carolina – Quais são, a seu ver, as chances de prosperarem as investigações do Ministério Público Federal e da Polícia Federal nos órgãos de controle da República

7 – Haisem  – Quais as consequências práticas da perícia médica que decretou que o esfaqueador de Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, é doente mental e, portanto, não pode ser apenado penalmente

8 – Carolina – Que aspecto você destacaria na entrevista desta semana no Blog do Nêumanne com Malu Ribeiro, coordenadora do grupo de técnicos da SOS Mata Atlântica que atestou a morte do Rio Paraopeba depois do arrombamento da barragem de rejeitos minerais de Brumadinho

Comentário na Rádio Eldorado: Aloysio, Jungmann, Gilmar e Paulo Preto

Comentário na Rádio Eldorado: Aloysio, Jungmann, Gilmar e Paulo Preto

MPF da Operação Lava Jato requereu o afastamento do ministro do STF Gilmar Mendes das ações movidas contra o chamado operador do PSDB Paulo Vieira de Souza, Paulo Preto. Há fortes motivos para isso: afinal, Sua Excelência tem feito o que está a seu alcance para soltar o réu, que já foi condenado a 27 anos e agora acaba de sê-lo novamente a 145. Isso perfaz o total de 177 anos de pena, 19 menos do que os 196 do ex-governador do Rio Sérgio Cabral. O pedido baseia-se na descoberta de e-mails nos quais o ex-senador tucano Aloysio Nunes Ferreira tenta contato com Gilmar para apelar pelo réu após ter conseguido seu telefone com o ex-ministro da Segurança Raul Jungmann. Pois é!

Para ouvir clique no link abaixo

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da quinta-feira 7 de março de 2019

1 – Haisem – 3 – Procuradores da Lava Jato dizem que Aloysio Nunes Ferreira procurou Gilmar para ajudar a Paulo Vieira de Souza

2 – Carolina – Juíza Maria Isabel do Prado condena ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, Paulo Preto, a mais 145 anos de prisão, maior pena da Lava Jato

3 – Haisem – Governo anuncia PEC do fim da unicidade sindical depois de resolvida a votação da reforma da Previdência no Senado

4 – Carolina – Planalto diz que  Bolsonaro não quis falar mal do carnaval quando divulgou o tuite polêmico da terça-feira gorda. Ele quis, então, o quê?

SONORA_MAJOR OLIMPIO 0703

5 – Haisem – Eduardo Bolsonaro diz que polêmica em torno do tuíte do pai é tentativa de iniciar projeto de impeachment contra ele e, segundo BR 18, Carlos Bolsonaro dá prioridade ao combate aos “isentões”. E aí?

6 – Carolina – Maduro expulsa Martin Kreiner, embaixador da Alemanha em Caracas, Haisem –  de samba querem mais utilização da Marquês de Sapucaí, com administração estadual, como acenou o governador Wilson Witzel, e privatização do desfile, mas criticam fim da subvenção da prefeitura em 2020, anunciada pelo prefeito Marcelo Crivella

7 – Haisem – Escolas de samba querem mais utilização da Marquês de Sapucaí, com administração estadual, como acenou o governador Wilson Witzel, e privatização do desfile, mas criticam fim da subvenção da prefeitura em 2020, anunciada pelo prefeito Marcelo Crivella

8 –Carolina –  Homenagem da Mangueira no desfile vitorioso das escolas de samba do Rio expõe o vexame das policiais estaduais e federais e dos militares que comandaram a intervenção da Segurança no Rio na investigação sobre a execução da vereadora

SONORA_LEANDRO VIEIRA B

Comentário no Estadão Notícias: Fim da unicidade sindical

Comentário no Estadão Notícias: Fim da unicidade sindical

Enquanto a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) participa da narrativa da esquerda derrotada nas urnas contra o projeto de interesse do País da reforma da Previdência, o secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Fazenda, Rogério Marinho, anuncia a decisão do governo de por fim à unicidade sindical. Essa herança maldita do fascismo getulista, que garante monopólio de um sindicato de categoria de trabalhadores, contrariando o princípio democrático da liberdade de organização da classe operária, passando a lhe dar prioridade e pondo fim a um privilégio da elite de sindicalistas, tem sido a fórmula empregada para manter os sindicatos a reboque dos políticos populistas. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 7 de março de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Comentário na Rádio Eldorado: ONU não é confiável

Comentário na Rádio Eldorado: ONU não é confiável

O desembarque sem consequências funestas de Juan Guaidó em Maiquetia e o comício espetacular de boas vindas em Caracas são bons sinais de que o pesadelo chavista pode estar nas últimas, principalmente porque o líder oposicionista não sofreu as represálias ameaçadas pelos dois principais líderes da ditadura, Maduro e Cabello. Há ainda, contudo, muitos obstáculos a ultrapassar. Ninguém deve se surpreender se a ONU passar a ser em breve um deles. ´Quem se lembra da delegação enviada pela OEA para acompanhar as eleições brasileiras em outubro sob o comando da ex-presidente da Costa Rica, Laura Chinchilla, deve começar a temer pela atuação de Michelle Bachelet na Venezuela.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da quarra-feira 6 de fevereiro de 2019

1 – Haisem – Quais foram os grandes avanços para a crise venezuelana obtidos pela volta em avião de carreira de Juan Guaidó para casa?

2 – Carolina – O presidente da Assembleia Nacional correu algum tipo de risco neste retorno de peito aberto e em plena luz do dia, seguido de comício com multidão impressionante3 – Haisem – Que garantias o processo de redemocratização da Venezuela obterá mercê da visita ao país da delegação da ONU, chefiada pela ex-presidente chilena Michelle Bachelet4 – Carolina – Você se surpreendeu com a notícia de que a Câmara aumenta sem parar o número de assessores parlamentares, dos quais 80% resultam de indicações políticas

5 – Haisem –  Qual a relação de causa e efeito entre a reforma trabalhista, a nova MP anunciada por Bolsonaro e a queda do faturamento das organizações sindicais em 90% de sua receita

6 – Carolina – Agora que o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, saiu de um encontro com Bolsonaro confiante de que o governo está seguro dos runos da reforma da previdência, dá para confirmar seu sucesso

SONORA_ONYX-0603

7 – Haisem – Você acha que é justificado o temor da Lava Jato sobre efeito maléfico de uma provável decisão do /STF transferindo as condenações de Caixa 2 da Justiça Penal para a criminal

8 –  Carolina – Qual é o futuro da Lei Rouanet depois do tuite do presidente Bolsonaro soltando farpas na direção de Caetano Veloso e Daniela Mercury

SONORA_BOLSONARO MARCHINHA

Comentário no Estadão Notícias: Uma pedra no caminho de Guaidó

Comentário no Estadão Notícias: Uma pedra no caminho de Guaidó

Sem querer verter água no chope de Juan Guaidó após sua chegada triunfal a Caracas, este profissional da informação e de opinião vem alertar que o anúncio esperançoso da ida de uma delegação da ONU à Venezuela para observar a situação da crise naquele nosso vizinho pode tornar-se um traiçoeiro obstáculo a quem espera uma ajuda do organismo internacional à solução pacífica dela. Quem chefia essa delegação – a ex-presidente socialista chilena Michele Bachelet – não merece a menor confiança dos democratas que a conhecem. Ela foi duas vezes presidente do Chile e foi escorraçada na última por suspeitas graves de corrupção e claros sinais de mistificação similar às de Hugo Chávez e de seus comparsas sul-americanos. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quarta-feira 6 de março de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Página 22 de 159«...51015...2021222324...3035404550...»
Criação de sites em recife Q.I Genial