Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto

Comentário no Estadão Notícias: Observadora parcial

Comentário no Estadão Notícias: Observadora parcial

O uso do advérbio provavelmente e a falta de dados concretos e fatos comprovados que a sustentem põem sob suspeita a afirmação alarmista da ex-presidente da Costa Rica Laura Chinchilla, que chefia a delegação da Organização dos Estados Americanos para observar a eleição, de que o fenômeno das fakenews nas Whatsapps no Brasil seria inédito no mundo. Num pleito em que o candidato favorito foi esfaqueado num ato eleitoral na rua e os mandantes do atentado não foram sequer identificados pela autoridade policial e seu adversário contou que foi torturado por seu candidato a vice, quando, na verdade, há dúvidas até de que ele tenha sido seviciado, isso não pode ser levado a sério. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas de sexta-feira 25 de outubro de 2018.

Para ouvir clique aqui.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique aqui.

 

Comentário no Jornal Eldorado: Virada só com tsunami?

Comentário no Jornal Eldorado: Virada só com tsunami?

Conforme a nova pesquisa da Datafolha no segundo turno da eleição presidencial, a vantagem de Jair Bolsonaro, do PSL, sobre Lula/Haddad, do PT, foi reduzida em seis pontos, caindo de 18 para 12: 56% a 44% dos votos válidos. Se o levantamento refletir a realidade da intenção de voto, contudo, ainda há um abismo entre os dois, principalmente se se considerar o fato de que isso representa a transposição de 6 milhões e meio de um para o outro. Dificulta essa virada anunciada o alto número de eleitores que garantem que não trocarão de candidato: 94% de Bolsonaro e 91% de Lula/Haddad. Mas, apesar de Montenegro, do Ibope, garantir que só tsunami a causaria, só a urna definirá o vencedor.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na sexta-feira 26 de outubro de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para o comentário da sexta-feira 26 de outubro de 2018

1 – Haisem – O que o segundo levantamento do Datafolha sobre a disputa pela Presidência da República entre os candidatos Jair Bolsonaro, do PSL, e Fernando Haddad, do PT, traz de novo, a seu ver, com a redução da diferença entre o primeiro e o segundo, que já foi de 18 pontos porcentuais e agora está em 12?

2 – Carolina – Em que o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, se baseia para afirmar que, salvo por algum tsunami, a eleição de domingo já está decidida, havendo dúvidas apenas quanto à diferença entre os votos?

3 – Haisem – A ex-presidente da Costa Rica, Laura Chinchilla, que chefia a delegação da Organização dos Estados Americanos para observar a eleição brasileira, tem razão quando diz que provavelmente o fenômeno das fake news por Whatsapps no Brasil seja inédito no mundo inteiro?

4 – Carolina – Será que o presidenciável em primeiro lugar nas pesquisas, Jair Bolsonaro, do PSL, conseguirá fechar as escolas em funcionamento nos acampamentos do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, MST, como prometeu em entrevista ontem à TV Aparecida?

5 – Haisem – Qual foi o sentido da orientação dada por Lula da prisão por meio do ex-presidente do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, para que seus militantes se preparem para se opor a um eventual governo de Jair Bolsonaro, do PSL, na hipótese de derrota de Fernando Haddad?

6 – Carolina – Que tipo de preocupação levou fiscais de Tribunais Regionais  Eleitorais a apreender materiais e empreender atos de fiscalização em Universidades de 17 universidades em 9 Estados do Brasil por suposta propaganda eleitoral no segundo turno da eleição para o candidato do PT, Fernando Haddad, à Presidência da República?

7 – Haisem – Quanto tempo depois do pleito de domingo vai ser necessário, a seu ver, para  os candidatos a presidente deixarem de prometer mundos, fundos e algo mais e passarão a tratar seriamente de quem vai pagar a conta e como isso será feito?

8 – Carolina – Que importância tem a negociação noticiada pelo Globo entre a Petrobrás e a Chevron para a transferência da maioria acionária da refinaria que a petroleira brasileira comprou do grupo belga Astra Oil, em Pasadena, no Texas?

Comentário no jornal da Gazeta 2: Que imaginação torturante!

Comentário no jornal da Gazeta 2: Que imaginação torturante!

Mourão não torturou Geraldo Azevedo, que nem sequer foi torturado

(Comentário no jornal da Gazeta 2 quinta-feira 25 de outubro de 2018)

Para ver clique no play abaixo:


Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Para ver todos os vídeos do Nêumanne nesta Estação, clique aqui.

Para ver a playlist do Nêumanne no Youtube, clique aqui. 

Comentário no Jornal da Gazeta 1: A eleição do capitão contra o ladrão

Comentário no Jornal da Gazeta 1: A eleição do capitão contra o ladrão

Domingo, brasileiros dirão se amam ou se não suportam mais Lula e PT

(Comentário no Jornal da Gazeta 1 quinta-feira 25 de outubro de 2018)

Para ver clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui

Para ver todos os vídeos do Nêumanne nesta Estação, clique aqui.

Para ver a playlist do Nêumanne no Youtube, clique aqui. 

 

Comentários no Estadão às 5: Lula: ego imenso e caráter ínfimo

Comentários no Estadão às 5: Lula: ego imenso e caráter ínfimo

O documento mendaz e arrogante divulgado por Lula direto da cela de “estado maior” na PF de Curitiba é um show de mentiras e dá a medida da imensidão do ego de Lula, em proporção inversa à de seu caráter. Além das lorotas e das fantasias tentando transferir para meios de comunicação, policiais, procuradores e juízes os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelos quais foi condenado em segunda instância, o ventríloquo abandonou seu boneco à própria falta de sorte. Não fez segredo de seu desconforto com a retirada do retrato da marca da campanha e do abandono de seu “legado” para conquistar outros prosélitos traindo até seu vassalo mais abjeto, Haddad. Este foi um dos comentários que fiz no Estadão às 5, ancorado por Gustavo Lopes e retransmitido do estúdio da TV Estadão na redação do jornal por Youtube, Twitter e Facebook na quinta-feira 25 de outubro de 2018, às 17 horas.

Para ver o vídeo clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Para ver todos os vídeos do Nêumanne nesta Estação, clique aqui.

Para ver a playlist do Nêumanne no Youtube, clique aqui. 

Comentário no Estadão Notícias: Comunicação falha, uma ova!

Comentário no Estadão Notícias: Comunicação falha, uma ova!

Na mesma trilha do senador eleito pelo PDT do Ceará, Cid Gomes, em manifestação pró-Haddad em Fortaleza, o rapper Mano Brown surpreendeu o público presente a um ato em favor do candidato petista à Presidência da República nos Arcos da Lapa no Rio, ao criticar o erro de enfoque de comunicação da campanha, que só se dirige aos próprios militantes em vez de tentar seduzir simpatizantes de outras candidaturas para sua causa. Na verdade, o PT se dirige apenas aos seus porque ninguém mais no País suporta a narrativa inverossímil de uma patota de devotos que promoveram o maior assalto da História aos cofres da República e nem sequer pedem desculpas por isso – eis a questão. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 25 de outubro de 2018.

Para ouvir clique aqui.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Página 35 de 568«...510152025...3334353637...4045505560...»
Criação de sites em recife Q.I Genial