Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto

Comentário no Jornal Eldorado: Suportando o insuportável

Comentário no Jornal Eldorado: Suportando o insuportável

Desde o início do ano, o real foi a moeda que mais se desvalorizou no mundo, com queda de 45% ante o dólar. A despeito das intervenções diárias do Banco Central, a cotação da moeda americana encostou nos R$ 6. No mesmo período, o CDS (Credit Default Swap), indicador que sinaliza o nível de risco país, cresceu mais de 250%. Os números superlativos se repetem na debandada de investimentos estrangeiros. Segundo o último relatório do Instituto de Finanças Internacionais, que reúne bancos de investimento, fundos e bancos centrais em 70 países, o Brasil registrou em março a maior fuga de capital em um mês desde 1995 e é o país que mais merece atenção, por causa da rápida deterioração do cenário. A quantia perdida só não foi maior do que a registrada pela Índia. A questão é: até quando toleraremos o intolerável?

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui. 


Assuntos para comentário na segunda-feira 25 de maio de 2020:

1 – Haisem – Gestão da pandemia piora imagem do País e afasta investidores – diz a manchete de primeira página do Estadão hoje. Você esperava notícia diferente depois que o presidente da República desafiou o conhecimento e apostou na ignorância e no conflito

2 – Carolina – Cinco Estados à beira do colapso – diz título de chamada no alto da primeira página do Estadão hoje. Este flagrante do descaso e do desespero poderia ser diferente se a os governadores e prefeitos não tivessem tomado a atitude de aprender com a experiência de outros países do mundo, adotando o isolamento social

3 – Haisem – O que mais o impressionou na manifestação a favor do governo, que Bolsonaro supervisionou de helicóptero e, ao descer à rua, terminou por ouvir panelaço e gritos de “vai trabalhar, vagabundo”

4 – Carolina – Que papel desempenhou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, na reunião de 22 de abril, cujo sigilo foi derrubado exatamente um mês depois, dando ao cidadão brasileiro oportunidade de acompanhar quase todos os seus detalhes, inclusive os mais chocantes

5 – Haisem – EUA barram viagens vindas do Brasil – é outro título de uma chamada na primeira página do Estadão. Por que será que, na sua opinião, na hora agá, Donald Trump não confirmou o apregoado apreço pessoal de que a família Bolsonaro tanto se orgulha

6 – Carolina – Moro: governo não combate a corrupção – diz título de outra chamada de primeira página do Estadão. Até que ponto a divulgação do vídeo da reunião do Conselho de Governo confirma também esta afirmação do ex-juiz da Lava Jato que passou 16 meses como ministro da Justiça sob as ordens de Jair Bolsonaro

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro volta ao terrorismo

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro volta ao terrorismo

Houve quem não visse no vídeo exibido depois de levantado o sigilo pelo decano do STF Celso de Mello, a prova material prometida por Sérgio Moro nas acusações de interferência política de Bolsonaro na troca do superintendente no Rio e na demissão do diretor-geral,, uma evidente tolice. Até porque domingo o Estado de S. Paulo publicou outra prova material de que o ex-ministro da Justiça falou a verdade e o presidente mentiu repetidas vezes quando tentou desmenti-lo, com a publicação de mensagens de WhatsApp da manhã do dia da reunião em que JB avisou que demitiria e ainda pôs a cereja no bolo ao dizer que ele podia escolher se a demissão seria a pedido ou ex-officio. Quem quiser continuar acreditando piamente nas mentiras do capitão cloroquina continue. Eu estou fora disso aí. E digo mais: essa história de ala ideológica do governo Bolsonaro é uma farsa. Não há ideologia nesse fanatismo, só uma sequência de crimes de mera delinquência. Direto ao Assunto. Inté. E só verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo: 

Direto ao Assunto no Youtube: Passado condena Bolsonaro e Heleno

Direto ao Assunto no Youtube: Passado condena Bolsonaro e Heleno

Em 1977, o capitão Augusto Heleno era ajudante de ordens do ministro do Exército, Sylvio Frota, e participou da tentativa fracassada de golpe contra a abertura democrática do presidente da ditadura militar, Ernesto Geisel. Em 1988, o capitão Jair Bolsonaro foi absurdamente absolvido de terrorismo pelo STM de terrorismo ao planejar atentado a bomba em quartéis e na adutora do rio Guandu, no Rio. Na sexta-feira 22 de maio de 2020, o general Augusto Heleno escreveu recado desaforado contra Celso de Mello, decano do STF pelo motivo errado, pois este não tinha ordenado apreensão de celulares do chefe do governo e seu filho Carlos. E o presidente foi flagrado em vídeo exibido por ordem do ministro do Supremo, afirmando literalmente que quer armar a população para enfrentar autoridades que, avalizados pela Justiça, decretam isolamento social da população para evitar contágio pela Covid-19. Direto ao Assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Comentário no Jornal Eldorado: O papel ridículo de Heleno

Comentário no Jornal Eldorado: O papel ridículo de Heleno

O ministro Augusto Heleno Ribeiro, do GSI de Jair Bolsonaro, achou que podia intimidar o decano do STF, Celso de Mello, ameaçando-o de “consequências imprevisíveis” por sua decisão de apreender os celulares do presidente e do filhote Carlos. Acontece que quem leu o comunicado do relator do inquérito das acusações de Moro contra seu chefe o enganou. O golpe dele teve a duração de um flato.

Para ver meu comentário no Jornal da Gazeta da sexta-feira 22 de maio de 2020, às 19 horas, clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.  

Comentário no Jornal Eldorado: Besteirol de Bolsonaro em dia de luto

Comentário no Jornal Eldorado: Besteirol de Bolsonaro em dia de luto

Com 1.188 novas mortes causadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, 20.047 ao todo, o Brasil bateu recorde. De ontem para hoje, foram registrados 18.508 novos casos de infecção pelo novo coronavírus e agora são 310.087 pessoas contaminadas, Mas Bolsonaro contribuiu para sua antologia de besteiras genocidas, tais como: “morre mais gente por pavor do que pela doença”; “se não puder (trabalhar), é porque a máscara não funciona”; “como todo remédio, cloroquina tem efeito colateral”, “até água em excesso mata”; e “diante da ausência de um medicamento que comprovadamente ajude contra a covid-19, é o caso de deixar o cara tentar com a cloroquina”. Faz falta alguém que, como o rei Juan Carlos, da Espanha, fez com Chávez no Chile: “por que no te callas” Até quando continuarão impondo ao Brasil que tolere o intolerável.

Para ver comentário clique no link abaixo:

 

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui. 

 

Assuntos para comentário da sexta-feira 22 de maio de 2020:

1 – Haisem – Pandemia no Brasil: 20.047 mortes em 66 dias; 1.188, em 24 horas; 310.087 infectados – Esta é a manchete da primeira página do Estadão de hoje. Que perspectivas você enxerga nestas estatísticas que não param de crescer

2 – Carolina – Oposição se mobiliza por impeachment – diz este título de uma chamada de primeira página no Estadão. O PT fez o 35.º pedido ontem. Algum deles tem chance de prosperar por decisão unilateral do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

3 – Haisem – STF indica limite à MP que isenta maus gestores. A seu ver, esta decisão, noticiada em chamada de primeira página do Estadão de hoje, basta para impedir a tentativa de auto-anistia tentada pela cúpula assustada do Poder Executivo

4 – Carolina – Paulo Marinho diz que está ‘perplexo’ com suposta devassa em suas contas – Diz o título de notícia publicada na capa do Portal do Estadão. O que, na sua opinião, esta denúncia revela sobre os métodos da família Bolsonaro no poder na República

5 – Haisem – Segundo contas publicadas em destaque no site do Globo de hoje, Bolsonaro negocia com centrão comando de órgãos com orçamento de 86 bilhões de reais. Esta iniciativa, na sua opinião, bastará para impedir que a Câmara dos Deputados autorize impeachment ou processo penal contra o presidente da República no Senado ou no Supremo

6 – Celso de Mello decide até as 17 horas desta sexta sobre sigilo de reunião ministerial citada por Moro – é o título de notícia dada na capa do Portal do Estadão de hoje. Qual é sua expectativa a respeito disto

Direto ao Assunto no YouTube: Em exibição prova contra Bolsonaro

Direto ao Assunto no YouTube: Em exibição prova contra Bolsonaro

O decano do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, cumpriu o que mandam o Código de Processo Penal e a Constituição da República ao informar ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e a seu filho, Carlos, que encaminhou ao procurador-geral da República, Augusto Aras, pedido para que sejam apreendidos seus telefones celulares. O chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general de píjama Augusto Heleno, que não tem tropas sob seu comando, escreveu ofício desrespeitoso, grosseiro e ameaçando golpe contra as instituições, com texto retuitado nas redes sociais por pelo menos dois filhotes do presidente, incorrendo em crime de responsabilidade contra o Estado de Direito, que, até prova emj contrário, vige no País. Os guardiões da democracia brasileira estão convocados a puni-lo com rigor, sob pena de se comportarem como reles poltrões. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.
Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Página 37 de 793«...510152025...3536373839...4550556065...»
Criação de sites em recife Q.I Genial