Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto

Comentário no Jornal Eldorado: Viva Dodge!

Comentário no Jornal Eldorado: Viva Dodge!

Enfim, uma voz altiva se alevantou na Esplanada dos Ministérios contra a votação simbólica de líderes de legendas insignificantes garantindo impunidade para quem menos merece, os parlamentares. Não foi a do capitão que só é valentão quando lida com subordinados. Nem mesmo a do ex-juiz que virou ministro e não parece incomodado com a eventualidade de virar também ex-herói.

Mesmo tendo sido indicada por Gilmar e nomeada por Temer, só Dodge teve coragem de dar verdadeira dimensão da lei infame do Congresso. Foto: Eduardo Matysiak/Futura Press

Mesmo tendo sido indicada por Gilmar e nomeada por Temer, só Dodge teve coragem de dar verdadeira dimensão da lei infame do Congresso. Foto: Eduardo Matysiak/Futura Press

Foi a voz de uma mulher em fim de mandato. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, nomeada por Temer por indicação de Gilmar, definiu a lei infame ao dizer que, em vez de ser contra o abuso da autoridade, o consagra como prática republicana comezinha ao arrepio da Constituição.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos do comentário da terça-feira 20 de agosto de 2019

1 – Haisem – O porta-voz da Presidência da República, general Rêgo Barros, disse ontem que o presidente da República vetará alguns itens da chamada Lei Contra o Abuso de Autoridade. A seu ver, isso é suficiente

2 – Carolina – Que razões você acha que o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, teve para escolher nove itens a serem vetados da Lei Contra o Abuso da Autoridade em sugestão ao presidente

SONORA_MORO 2008

3 – Haisem – A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, fez um pronunciamento muito forte contra a lei, indo além dos nove vetos propostos pelo ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro. Ela tem razão ou exagerou

SONORA_DODGE 2008

4 – Carolina – Qual é o sentido desse vaivém do Conselho de Controle de Atividades Financeiras por várias pastas e empresas públicas em sete meses e meio do governo Bolsonaro. Há motivo para tanto rebuliço

5 – Haisem – O que você tem a dizer sobre o fato de a Receita Federal, responsável pela arrecadação de impostos, não ter verbas suficientes sequer para emitir passaportes, CPF e formulários de Imposto de Renda

6 – Carolina – O que pode ter ocasionado a fake news assinada por Jair Bolsonaro ao criticar a Noruega e mostrar cenas da Dinamarca

7 – Haisem – Qual é o tema de seu artigo desta semana no Blog do Nêumanne

8 – Carolina – Qual foi a seu ver a principal causa de o convite do PSDB para o deputado federal Alexandre Frota, expulso do PSL por ter criticado o presidente Jair Bolsonaro, ter provocado tanta ira entre dignitários tucanos

 

um milhão2

Comentário no Jornal da Gazeta: Abuso é lei contra abuso

Comentário no Jornal da Gazeta: Abuso é lei contra abuso

Moro foi a Bolsonaro indicar nove vetos a serem feitos pelo presidente na lei dita contra abuso de autoridade. Vacilou. O correto de um presidente que teve 57 milhões e mais de 600 mil votos se comprometendo a ser implacável com a corrupção e o crime organizado seria vetar o texto todo. Pois tem razão a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que disse que a lei que se propõe a ir contra abuso de autoridade é que é maior abuso de suspeitos, acusados e condenados do Congresso. O resto é papo furado.

Enquanto Bolsonaro e até Moro contemporizaram com a tal lei contra abuso de autoridade, Dodge definiu com precisão: “a própria lei pode se tornar um abuso”. Foto: Dida Sampaio

Enquanto Bolsonaro e até Moro contemporizaram com a tal lei contra abuso de autoridade, Dodge definiu com precisão: “a própria lei pode se tornar um abuso”. Foto: Dida Sampaio

 

Para ver meu comentário no Jornal da Gazeta da segunda-feira 19 de agosto de 2019, às 19 horas, clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
um milhão2

Comentário no Jornal Eldorado: Afilhados de Lula quebraram a Oi

Comentário no Jornal Eldorado: Afilhados de Lula quebraram a Oi

Em 1943, Getúlio Vargas atendeu a um pleito exclusivo de seu às vezes desafeto e às vezes aliado Assis Chateaubriand e criou uma lei para garantir o pátrio poder do “Velho Capitão” sobre a filha fora do casamento. A lei passou, Chatô teve o que queria e o texto passou para a História como a “Lei Teresoca”. Em 2008, Lula fez  Congresso aprovar uma lei só para garantir aos compadres Carlos Jereissati e Sérgio Andrade o comando do que o marketing do PT apelidou de “supertele” brasileira. Virou a Lei Telezoca. Em fevereiro de 2020, 12 anos depois, a Oi faliu e a solução seria cassar-lhe a concessão e pô-la em leilão. Mas o governo Bolsonaro o fará? Eis a questão.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para o comentário da segunda-feira 19 de agosto de 2019

1 – Haisem – Qual foi o spoiler dado pelo escritor britânico mais importante de todos os tempos e que viveu e escreveu na Inglaterra na virada do século 16 para o 17 na atual realidade brasileira

2 – Carolina – A que conclusões você chegou quando leu a manchete do Estadão de sábado sobre o aviso que o presidente da Telefônica Oi deu à Agência Nacional de Telecomunicações sobre o esgotamento dos recursos disponíveis para continuar executando seus compromissos com o público

3 – Haisem – Que erros graves, a seu ver, estão sendo cometidos pelos gestores públicos da poupança do cidadão nacional ao deixar de punirem como deveriam a telefônica Oi e a empreiteira Odebrecht

4 – Carolina – Este é um problema recente, que, por isso, poderia dar a esses gestores públicos o pretexto da surpresa

5 – Haisem – Você acha que eventualmente o presidente do Senado e do Congresso, Davi Alcolumbre, teria razões para ir à justiça reivindicar a liberação de apresentar notas fiscais para justificar despesas nos gastos com suas cotas pessoais

6 – Carolina – Você acha que as tentativas de interferir na substituição de superintendentes regionais da Polícia Federal e da Receita no Rio poderão, como é prometido pelos sindicatos dos auditores, provocar uma debandada generalizada das corporações em reação a arbitrariedades

7 – Haisem – Qual é a importância da entrevista desta semana no Blog do Nêumanne

8 – Carolina – O que você tem a dizer sobre a perda causada pela morte do homem público Roberto Gusmão neste sábado

Direto ao Assunto no YouTube: O puxa-encolhe do Coaf

Direto ao Assunto no YouTube: O puxa-encolhe do Coaf

Confirmando o que prometera ao ex-juiz Sérgio Moro ao nomeá-lo ministro da Justiça, o presidente Jair Bolsonaro mandou MP ao Congresso transferindo o Coaf do ministério da Economia para a pasta do herói do combate à corrupção. Os inimigos da Lava Jato na Câmara, contudo, o devolveram à Economia. Alguns senadores tentaram rebelar-se e insistir na mudança, mas o chefe do governo prometeu pessoalmente que dava na mesma porque Paulo Guedes faria o que Moro decidisse. Com a cabeça do presidente da Coaf, indicado por Moro, a prêmio por ter ousado criticar a medida do presidente do STF paralisando investigação contra o 01 do chefe, Flávio, o pai deste vai subordinar o órgão ao Banco Central, num vaivém que não condiz com a boa gestão e que mantém no ar a impressão de que seu primogênito não suporta inquérito. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará. 

Para ver o vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

um milhão2

Direto ao Assunto no YouTube: Oi calote anunciado

Direto ao Assunto no YouTube: Oi calote anunciado

A Oi comunicou à Anatel que só tem recursos para funcionar até fevereiro de 2020. Eis aí o epílogo de um calote anunciado, com prejuízo de R$ 65 bilhões para o trabalhador brasileiro, o equivalente ao rombo da telefônica particular que, sob auspícios de Lula e Luís Gushiken, fez parte dos chamados “campeões mundiais” financiados pelo BNDES. E os boys do mercado ainda dizem que esse banco público não tem caixa-preta nenhuma e o yuppie da Tijuca Gustavo Montezano já mostrou não ter competência para abri-la e, então, desagradar futuros patrões do mercado, que dependerão da cornucópia estatal para ganhar muita grana. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará. 

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:
 

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
um milhão2

Direto ao Assunto no YouTube: Soltar Lula para prender Moro

Direto ao Assunto no YouTube: Soltar Lula para prender Moro

Ricardo Saadi, afastado da superintendência PF do Rio quatro meses antes do planejado por “pressão” do presidente Jair Bolsonaro, é sobrinho de Jaber Saadi, policial federal que chefiou o DPF por cinco anos no Paraná, onde funciona a Lava Jato, e, após aposentado, foi sócio do ministro da Justiça no primeiro governo Lula, Márcio Thomaz Bastos. Ele faz parte da galera do PT na PF e a tentativa de fazer tempestade no copo d’água com seu afastamento se insere no esforço que fazem militantes do “Lula livre” na mídia, no PT e entre ministros do STF fiéis ao padrinho que os indicou para desmoralizar o ex-juiz Sérgio Moro e o coordenador da força-tarefa em Curitiba, Delton Dallagnol, com piruetas retóricas e mágicas judiciais, achando ilícitos inexistentes em mensagens obtidas de forma criminosa em quebras de sigilo telefônico. Direto ao Assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:
 

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
um milhão2

Página 50 de 713«...510152025...4849505152...5560657075...»
Criação de sites em recife Q.I Genial