Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto

Comentário no Jornal Eldorado: Lava Toga de mangas curtas

Comentário no Jornal Eldorado: Lava Toga de mangas curtas

O advogado Eduardo Martins, filho do presidente do STJ, está entre os 25 denunciados pelo MPF do Rio na Operação E$quema S.  Um dos principais alvos são Roberto Teixeira e Cristiano Zanin, advogados de Lula, acusados de embolsar R$ 68 milhões da Fecomércio. O inquérito investiga exploração de prestígio, lavagem de dinheiro e peculato na relação entre o Sistema S (Senai, Senac, Sesc e Seso, a cúpula do Judiciário e bancas advocatícias. Os dois teriam comandado o taç núcleo duro da organização criminosa    Também estão sob investigação Frederick Wassef, advogado da famiglia Bolsonaro, Flávio Zveiter, filho do ex-presidente do TJ-RJ Luiz Zveiter, Ana Tereza Basilio, mulher do desembargador André Fontes, ex-presidente do TRF-2, e Tiago Cedraz, filho do ministro Aroldo Cedraz, do TCU. Ou seja é um Lava Toga de mangas curtas.

Para ouvir o comentário clique no play abaixo:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui. 

 

Assuntos para comentário de quinta-feira 10 de setembro de 2020

  •  ‘ – Haisem – Filho do presidente do STJ e advogado de Lula viram réus – diz chamada do alto da primeira página da edição impressa do Estadão de hoje. Será que a Lava Jato, que está sendo perseguida e destruída, encontrou provas para fazer a própria Lava Toga
  • 2 – Carolina – A ex-corregedora nacional da Justiça Eliana Calmon deu entrevist à revistaq Crusoé afirmando que filhos e outros parentes dos membros dos altos escalões do Poder Judiciário estão ficando milionários desde o tempo em que ela estava na ativa. Será que esse alerta vai sacudir a letargia dos poderosos do Brasil que se dizem democratas
  • 3 – Haisem – Judiciário, MP e estatais lideram gastos com pessoal – Este é outro título do alto da primeira página no Estadaão hoje. Essa constatação parece óbvia, mas não tem servido para mudar o status quo. Por que será
  • 4 – Carolina – Bolsonaro pode vetar parte do perdão das igrejas – Eis mais ulm título de chamada na primeira página do jornal. A seu ver, esse veto pode reduzir as dimensões do absurdo dessa decisão do Legislativo que torna os chefes religiosos parte de uma casta favorecida pelo fato de o Brasil ser um campeão de desigualdades
  • 5 – Haisem – Governo  notifica empresas sobre reajuste de alimentos – Revela outra notícia de primeira página no jornal. Será que esse tipo de intervenção conseguirá deter a alta da inflação, indesejável neste momento de crise econômica provocada pelos efeitos da pandemia da covid-19
  • 6 – Carolina – Flamengo foi alertado sobre risco no Ninho do Urubu – diz mais uma chamada de primeira página no Estadão. O que você tem a dizer sobre essa revelação chocante a respeito dos dirigentes do mais popular clube de futebol do Brasil no que concerne aos jovens de suas categorias de base

Direto ao Assunto no YouTube: Tchau, Toffoli, já vai tarde

Direto ao Assunto no YouTube: Tchau, Toffoli, já vai tarde

Após ter dado demonstrações explícitas de ter participado de um nefasto acordão com os chefões dos Poderes Executivo, Jair Bolsonaro, e Legislativo, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, o ex-presidente do STF Dias Toffoli acaba de se despedir do comando sobre a agenda da cúpula do Poder Judiciário. O presidente da República compareceu pessoalmente ao adeus, levando a tiracolo o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, e o advogado-geral da União, José Levy Amaral Júnior, marido de uma assessora do ministro do STF Gilmar Mendes. O que se espera depois dos resultados funestos realizados ou prenunciados é que o presidente, empossado nesta quinta-feira, 10 de setembro, no STF, Luiz Fux, cumpra seu compromisso com um diálogo sem subserviência como prometeu, para felicidade geral dos verdadeiros cidadãos de bem desta Nação abandonada à própria desgraça. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Comentário no Jornal Eldorado: Dúvida sobre vacina deixa governo a pé

Comentário no Jornal Eldorado: Dúvida sobre vacina deixa governo a pé

O anúncio da suspensão dos testes clínicos da vacina contra covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, pegou o governo de calças curtas e foi recebido no Palácio do Planalto como “um balde de água fria”. A vacina, que está sendo desenvolvida em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, era considerada a principal aposta do presidente Jair Bolsonaro e de sua equipa de ineptos para imunizar a população contra o novo coronavírus. A suspensão dos estudos deixou o presidente e seus auxiliares perplexos e preocupados. Agora, sem essa saída, o Planalto espera a avaliação do ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, para decidir o que fazer. Nós podemos muito bem imaginar que tipo de avaliação o intendente que nunca chegará à quarta estrela pode fazer, incapaz até de aplicar uma injeção.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário na quarta-feira 9 de setembro de 2020

1 – Haisem – Governo fala em vacinas em janeiro, mas Oxford suspende testes – Eis a manchete da edição impressa do Estadão hoje. Você diria que esta notícia jogou um balde de gelo no otimismo que vinha até ontem começando a inocular o noticiário sobre a pandemia

2 – Carolina – Governo quer importar mais alimentos para conter inflação ´- é título de outra chamada no alto da primeira página de nosso jornal. Você acha prudente ou desnecessária esta providência neste momento de recessão econômica no mundo por causa da covid-19

3 – Haisem – Igrejas planejam usar reforma para escapar de tributo – Esta é outra notícia que mereceu primeira página do jornal. Por que as confissões religiosas têm conseguido esse privilégio e outros setores da economia continuam tendo de honrar o pagamento de impostos rotineiramente

4 – Carolina – Você acha que havia alguma razão republicana para o presidente da República, Jair Bolsonaro, almoçar com o presidente do Supremo Tribunal Federal apenas até depois de amanhã, Dias Toffoli, no feriado de segunda-feira

5 – Haisem – O que, a seu ver, explica a punição aplicada contra o ex-coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba Deltan Dallagnol pelo Conselho Nacional do Ministério Público ontem

6 – Carolina – Ministério Publico do Rio deve apresentar denúncia contra Flávio Bolsonaro em duas semanas, segundo reportagem de Bela Megale no Globo de hoje. Você já esperava ou se surpreendeu com ela

Direto ao Assunto no YouTube: Wassef e Zanin pegos no pulo

Direto ao Assunto no YouTube: Wassef e Zanin pegos no pulo

Operação E$quema S da Lava Jato pediu e juiz Marcelo Bretas autorizou mandados de busca e apreensão em bancas advocatícias acusadas por PF e MPF de terem recebido ao menos R$ 151 milhões da Fecomércio em troca de favores em tribunais. Entre 25 alvos estão Frederick Wassef, da famiglia Bolsonaro, Roberto Teixeira e Cristiano Zanin, de Lula, filhos do presidente do STJ, Humberto Martins, de Aroldo Cedraz, do TCU, e do ex-presidente do mesmo STJ César Asfor Rocha, todos eles envolvidos em desvios de recursos do sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac), que usa dinheiro arrecadado das empresas para prestar assistência a trabalhadores. “São uns meninos e estão todos milionários… E não são só filhos, são mulheres dos ministros”, disse a ex-corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon à Crusoé. Esta é uma amostra do que poderia ter sido a Lava Toga, que Flávio Bolsonaro boicotou. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

 

 

Comentário no Jornal Eldorado: A contradição absurda de Bolsonaro

Comentário no Jornal Eldorado: A contradição absurda de Bolsonaro

No dia em que o Brasil celebrou 198 anos da independência e atingiu 127 mil mortos pelo novo coronavírus, o presidente |Jair Bolsonaro fez na noite de segunda-feira um pronunciamento em que ignorou a pandemia, não destacou a agenda de reformas de governo e procurou dar ênfase à “liberdade dos brasileiros”. Bolsonaro afirmou ter compromisso com a democracia, mas, em cadeia nacional de rádio e TV, voltou a celebrar o golpe de 1964 – que instalou a ditadura militar. Essa foi a primeira vez que o presidente se manifestou em pronunciamento desde abril. Durante a fala do Dia da Independência, foram registrados panelaços pelo País. Não se podia esperar outra coisa para reagir a contradição tão absurda quanto essa, do chefe do governo.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário na terça-feira 8 de setembro de 2020

1 – Haisem – Bolsonaro diz defender democracia, mas celebra golpe de 64 – Esta é a manchete da Editoria de Política no Portal do Estadão neste instante. Afinal, o presidente da República é um democrata convicto ou o nostálgico da ditadura de sua grei que demonstra ser, hein?

2 – Carolina – O presidente da República convocou seus seguidores a seguirem o secretário especial da Cultura, Mário Frias, em sua rede social particular e na da secretaria depois da paródia em que o humorista Marcelo Adnet o ironizou por conta de uma campanha exaltando o heroísmo lançada na semana da Pátria.  O que você achou dessas atitudes todas

3 – Haisem – Censura, o único refúgio de Flávio – Este é o título de seu artigo semanal no Blog do Nêumanne, neste momento no Portal do Estadão. O que destaca seu texto

4 – Carolina – A que conclusão você chegou após tomar conhecimento da divulgação da pesquisa do Ibope segundo a qual 38% da população inculpa a própria sociedade pelo péssimo desempenho do combate à pandemia no País e 33% aponta para o presidente da República como o maior responsável

5 – Haisem – Governo quer militares na Amazônia até o fim de 2022 – Esta é a manchete de primeira página da edição impressa do Estadão hoje.  Como você recebeu esta notícia

6 – Carolina – O que você tem a dizer do assédio judiciário denunciado pelo professor Marco Antônio Villa por causa de suas críticas ao desempenho de Jair Bolsonaro na chefia do Poder Executivo no canal no YouTube

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro exalta liberdade e golpe

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro exalta liberdade e golpe

Na manhã do dia 7 de setembro, o presidente Jair Bolsonaro sequestrou a Pátria comemorando o 198.º aniversário da proclamação da independência pelo príncipe português Pedro de Alcântara num típico festejo bolsonarista com os frequentadores habituais da frente do Alvorado, prédio público onde mora. O óbvio fiasco, refletido no baixo comparecimento, pode ser atribuído aos riscos da pandemia, mas ele e seus adoradores a desprezam. A ponto de não citá-la no pronunciamento em rede de rádio e televisão, em que, simultaneamente, se disse defensor da liberdade e da democracia e elogiou o golpe militar de 1964, que promoveu uma interrupção de dois decênios na vigência da mais democrática Constituição da História da República, a de 1946. Autoproclamado defensor perpétuo da Constituição, também democrática, de 1988, não se referiu na fala aos arreganhos autoritários recentes dos grupos organizados que propuseram fechar o Congresso e o Supremo, que omitiu. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Página 15 de 805«...510...1314151617...2025303540...»
Criação de sites em recife Q.I Genial