Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto

Comentário no Jornal Eldorado: Rio, corrupção sem fim

Comentário no Jornal Eldorado: Rio, corrupção sem fim

A Operação Furna da Onça, da Polícia e do Ministério Público Federais, é novidade da crônica da corrupção sem fim a que tem o Rio de Janeiro tem sido submetido. Já são dez os deputados estaduais presos, juntamente com o ex- chefe dos procuradores do Estado Cláudio Melo. O ralo pelo qual escorre a dinheirama tem que caber mais de R$ 500 milhões, subtraídos da saúde, da educação e do combate ao crime organizado, que assola a antiga Cidade Maravilhosa. O legado do emedebista Sérgio Cabral é uma lembrança permanente de que a população fluminense, e de resto o povo brasileiro, não pode se esquecer para escolher novos gestores públicos e não condescender com delinquência dos que a furtaram.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na sexta-feira 9 de novembro de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique no play abaixo:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para o comentário da sexta-feira 9 de novembro de 2018

 

1 – Haisem – Depois de tudo de superlativo que já foi revelado pelo estoque de crimes cometidos pelo ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, você ainda contava com a possibilidade de se espantar e se assustar com o que foi revelado pela Operação Furnas da Onça ontem?

 

2 – Carolina – O que mais o espanta: o surgimento de mais denúncias, como estas da Operação Armistício da Polícia Federal, apontando recebimento de propinas da Odebrecht pelos senadores Romero Jucá e Renan Calheiros, além do ex-senador Gim Argello, que está preso, ou a desenvoltura com que os outros dois continuam agindo e conspirando no plenário do Senado Federal?

 

3 – Haisem – Você acha que foi adequada a atitude do presidente Michel Temer ao aproveitar a abertura do Salão do Automóvel para anunciar mais uma medida provisória para ajudar as montadoras com renúncia fiscal a menos de dois meses do fim de seu governo e com duração prevista até a terceira gestão depois da dele?

 

4 – Carolina – Você acha que o começo do combate à criminalidade deve ocorrer mesmo com o endurecimento das penas dos crimes, como propôs o futuro ministro da Justiça, o juiz Sérgio Moro, na pauta que cumpriu ontem em Brasília nos escritórios destinados à transição entre os governos?

 

5 – Haisem – Em que a aceitação pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, da indicação da bancada ruralista para o Ministério da Agricultura da deputada Tereza Christina contraria os pilares de seu futuro governo conforme foram anunciados na campanha e no período posterior à eleição?

SONORA_TEREZA CRISTINA 0911

 

6 – Carolina – O que pode ter, a seu ver, motivado o senador derrotado na reeleição Roberto Requião a sugerir um projeto de lei com o objetivo exclusivo de expor dois dos principais ministros do futuro governo federal, Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, e Sérgio Moro da Justiça?

 

7 – Haisem – Qual a sua principal observação a fazer sobre a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski de levantar a muitíssimo longeva censura imposta ao jornal O Estado de S. Paulo sobre a Operação originalmente definida como Boi Barrica, que investiga suspeitas de ilícitos na gestão de empresas dirigidas por Fernando, filho do ex-presidente José Sarney?

SONORA_LEWANDOWSKI 0911

 

8 – Carolina – O que de tão original e tão gracioso há na entrevista desta semana de seu Blog do Nêumanne com o professor da Universidade Estácio de Sá, escritor publicado e premiado no exterior e popularíssimo colunista de etimologia da revista Caras Deonísio da Silva?

No Canal do Nêumanne no Youtube: Cuide de nossa nau, capitão!

No Canal do Nêumanne no Youtube: Cuide de nossa nau, capitão!

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, precisa evitar que o barco em que todos nós estamos venha a ser afundado pelo excesso de peso causado por alguns amigos inconvenientes ou por inimigos interessados no naufrágio. Apesar de ter acertado em muitas coisas, ele errará se nomear a deputada Tereza Christina, que fez negócios com Joesley Batista, preso ontem por mais uma falcatrua no próprio Ministério da Agricultura. O capitão da nau Brasil deveria seguir o general De Gaulle, que dizia que a maior virtude de um estadista é a ingratidão, para tratar da ambição de Magno Malta, por exemplo. Se gostar deste vídeo, por favor, dê um like, inscreva-se no meu canal no Youtube e acione o sininho para ser informado sobre os próximos que vier a gravar. Se se dispuser a tanto, poderá me ouvir no Jornal Eldorado, de segunda a sexta na Rádio Eldorado, FM 107,3 (eldorado@estadao.com.net), acompanhar o Estadão às 5 aqui mesmo no Youtube, seguir o Blog do Nêumanne no Portal do Estadão (https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/) e visitar o site Estação Nêumanne (www.neumanne.com). Direto ao assunto, inté.

Para ouvir o vídeo no Youtube clique no play abaixo:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto. Todos os vídeos do Nêumanne nesta Estação. Clique aqui.

Playlist no Youtube. Clique aqui.

 

Comentário no Estadão Notícias: Montadoras mandam no Brasil

Comentário no Estadão Notícias: Montadoras mandam no Brasil

A indústria automobilística manda no Brasil desde que Juscelino Kubitschek cometeu o erro fatal de substituir a opção pela rodovia, transformando a malha ferroviária em sucata nos anos 50. Desde então, o Estado brasileiro tem sido refém das montadoras, não apenas, mas principalmente no governo Lula, levando o ex e o principal lobista do setor industrial, Mauro Marcondes, para a cadeia em Brasília. E agora Temer exagerou ao decretar novas prebendas para ela, ao estendê-las a menos de dois meses de aliviar a Nação com sua retirada da Presidência, anunciando-as para até 2030, por mais 12 anos, ou seja, três futuros mandatos presidenciais, sem consultar o próximo e primeiro deles. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas de sexta-feira 9 de novembro de 2018.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Estadão Notícias: Não largam o osso

Comentário no Estadão Notícias: Não largam o osso

O quiproquó instalado em Brasília depois da decisão do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de extinguir o Ministério do Trabalho pode ser comparado a uma espécie de show de horror no festival do “não largo o osso, o osso é meu”. A pasta divulgou uma nota, ao mesmo tempo oficial e apócrifa, como se a houvesse assinado o prédio projetado por Niemeyer, deus da arquitetura comunista, alegando que tem 88 anos de serviços prestados, mas omitiu o fato de que tais serviços se têm limitado aos chefões sindicais e burocratas da repartição, que se refestelam do regabofe. De Getúlio à reforma trabalhista do deputado Djalma Marinho, o trabalhador só é chamado a pagar a conta com seu suor. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 8 de novembro de 2018.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

No Canal do Nêumanne no Youtube: Senado e STF contra o povo

No Canal do Nêumanne no Youtube: Senado e STF contra o povo

O reajuste concedido em votação de sopetão no Senado depois de seu presidente demitido pelo povo do Ceará nas urnas, Eunício, ter negociado à sorrelfa com o presidente do STF, Toffoli, que deu a desculpa estúpida e cínica de que R4 bilhões gastos com 11, enquanto milhões estão desempregados morando nas ruas, estão dentro do teto e o poder é autônomo, é um pontapé na cara de cada cidadão, que Jair Bolsonaro, tentou defender em sua primeira visita a Brasília depois de eleito presidente. Se gostar do vídeo, por favor, dê um like, se inscreva no meu canal e, se clicar no sininho, será avisado sempre que eu gravar e publicar outros. Poderei também ser encontrado no Jornal Eldorado, de segunda a sexta, das 7h30m às 8 h, naeldorado@estadao.com,net, nno Estadão às 5 na TV Estadão, esporadicamente, diariamente no Blog do Nêumanne (https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/) e no meu site Estação Nêumanne (www.neumanne.com).

Para ver vídeo clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto. Todos os vídeos do Nêumanne nesta Estação. Clique aqui.

Playlist no Youtube. Clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: Senado canalha, safado, sem vergonha

Comentário no Jornal Eldorado: Senado canalha, safado, sem vergonha

Em vez de Talleyrand e Einstein, gênios cujas frases famosas citei para definir Lula e o PT, para comentar pacto de patifes entre STF e Senado, celebrado pelos presidentes Dias Toffoli e Eunício Oliveira, recorri à sabedoria de minha avó Nanita, segundo quem “um homem de bem pode falhar, mas um canalha nunca falha”, e ao comentário que Rômulo Silva, um dos 63.546 (até agora) inscritos em meu canal no Youtube, fez a um vídeo que ali postei sobre o Dia Nacional dos Canalhas e que serve como uma luva para resumir a atuação da chamada Câmara Alta (cada vez mais baixa): “Canalha, safado, sem vergonha”. Já que ia cuspir na cara do povo, aproveitou para beliscar Bolsonaro. Nojo!

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na quinta-feira 8 de novembro de 2018, às 7h30m)

Para ouvir, clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne clique aqui.

Segue a lista que prometi dos senadores que votaram a favor e contra o infame projeto do reajuste do STF:

Lista da votação no Senado do reajuste para STF

Votaram a favor do reajuste:

  • Acir Gurgacz (PDT-RO)
  • Aécio Neves (PSDB-MG)
  • Ângela Portela (PDT-RR)
  • Antonio Anastasia (PSDB-MG)
  • Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
  • Armando Monteiro (PTB-PE)
  • Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
  • Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
  • Cidinho Santos (PR-MT)
  • Ciro Nogueira (PP-PI)
  • Dalirio Beber (PSDB-SC)
  • Davi Alcolumbre (DEM-AP)
  • Edison Lobão (MDB-MA)
  • Eduardo Amorim (PSDB-SE)
  • Eduardo Braga (MDB-AM)
  • Eduardo Lopes (PRB-RJ)
  • Fernando Coelho (MDB-PE)
  • Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
  • Hélio José (PROS-DF)
  • Ivo Cassol (MDB-RO)
  • Jorge Viana (PT-AC)
  • José Agripino (DEM-RN)
  • José Amauri (Pode-PI)
  • José Medeiros (Pode-MT)
  • José Serra (PSDB-SP)
  • Otto Alencar (PSD-BA)
  • Paulo Bauer (PSDB-SC)
  • Paulo Rocha (PT-PA)
  • Raimundo Lira (MDB-PB)
  • Renan Calheiros (MDB-AL)
  • Roberto Rocha (PSDB-MA)
  • Romero Jucá (MDB-RR)
  • Rose de Freitas (PODE-ES)
  • Sérgio Petecão (PSD-AC)
  • Tasso Jereissati (PSDB-CE)
  • Telmário Mota (PTB-RR)
  • Valdir Raupp (MDB-RO)
  • Vicentinho Alves (PR-TO)
  • Walter Pinheiro (Sem partido-BA)
  • Wellington Fagundes (PR-MT)
  • Zeze Perrela (MDB-MG)

Votaram contra a proposta:

  • Airton Sandoval (MDB-SP)
  • Cristovam Buarque (PPS-DF)
  • Fátima Bezerra (PT-RN)
  • Givago Tenório (PP-AL)
  • José Pimentel (PT-CE)
  • Lídice da Mata (PSB-BA)
  • Lúcia Vânia (PSB-G)
  • Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
  • Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
  • Regina Sousa (PT-PI)
  • Reguffe (Sem partido-DF)
  • Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
  • Roberto Requião (MDB-PR)
  • Ronaldo Caiado (DEM-GO)
  • Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
  • Wilder Morais (DEM-GO)

*O senador José Maranhão (MDB-PB) se absteve.

Assuntos para o comentário da quinta-feira 8 de novembro de 2018

1 – Haisem – Eis a manchete do Estadão hoje: “Senado ignora Bolsonaro e dá reajuste de 16% para o Judiciário”. O que justifica a decisão do Senado de aprovar a reivindicação dos ministros do Supremo Tribunal Federal para aumentar seus vencimentos, que servem de limite mais alto para servidores, para 39 mil reais por mês, com prejuízo de 4 bilhões por ano para nós?

SONORA_BOLSONARO REAJUSTE

2 – Carolina – Em que o depoimento, feito em delação premiada, do empreiteiro Marcelo Odebrecht à juíza Gabriela Hardt, substituta de Sérgio Moro na 13.ª Vara Federal de Curitiba, segundo o qualreformas do sítio de Atibaia, no interior de São Paulo, estavam ligadas à ‘pessoa física’ do ex-presidente Lula, pode ajudar ou prejudicar o réu?

3 – Haisem – Por que essa grita toda no Ministério do Trabalho, que se manifestou em nota oficial apócrifa, e de grande parte da imprensa e da intelligentsia brasileiras, contra a decisão do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de extinguir a pasta?

4 – Carolina – Mas você não acha que, para sermos justos, temos de comentar também outras reclamações feitas em outras repartições públicas na Esplanada dos Ministério que foram atingidas pela decisão do futuro presidente de eliminar várias pastas e, com isso, atingir o número, que era de 15 e agora passou a ser 17?

5 – Haisem –E dá para omitir o auê em torno das relações exteriores, que têm agitado freneticamente as salas, corredores e escadas do Itamaraty desde que Bolsonaro tem disparado palpites sobre sua área e antes de o presidente eleito nomear o novo chanceler?

6 – Carolina – Será que você se arriscará a dar um palpite a respeito de, afinal de contas, quando será que o presidente eleito Jair Bolsonaro e seu superministro da Economia, o economista Paulo Guedes, que ele mesmo chama jocosamente de “posto Ypiranga”, afinarão suas declarações a respeito da momentosa, polêmica e difícil reforma da Previdência, hein?

7 – Haisem –O que você tem a comentar a respeito do desempenho da chamada esquerda brasileira na última eleição e que rumos você acha que ela deverá tomar para se oporem ao governo que seus militantes, derrotados nas urnas, desqualificam como neofascista e até nazista?

8 – Carolina – “Trump sofre derrota na Câmara e ganha no Senado”, registra título na primeira página do Estadão hoje. Que consequências para para a geopolítica e especialmente a economia mundial, o que nos afeta e por isso também nos interessa muito de perto, terá o resultado das eleições parlamentares nos Estados Unidos de anteontem?

Página 15 de 556«...510...1314151617...2025303540...»
Criação de sites em recife Q.I Genial