Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Jornal Eldorado: Moro, Lula, Bolsonaro e a lei

Comentário no Jornal Eldorado: Moro, Lula, Bolsonaro e a lei

“A condição de ex-presidente não torna ninguém imune à lei. Então, o ex-presidente não tem imunidade para cometer crime contra honra contra quem quer que seja”, disse o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, quando foi questionado sobre o inquérito que teria pedido à PF para enquadrar Lula na Lei de Segurança Nacional pelos ataques frequentes que este tem feito ao presidente Jair Bolsonaro desde que saiu do apartamento de trânsito de policiais federais da própria Federal em Curitiba, onde começou a cumprir pena até ser libertado por sua meia dúzia de amigões no Supremo Tribunal Federal. O ex-juiz da Lava Jato, que lavrou a sentença condenatória, explicou a inclusão da LSN no noticiário como um engano burocrático, pois o assunto é do Código Penal.

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique aqui.

 

 

Assuntos para comentário de terça-feira 25 de fevereiro de 2020

 

1 – O que você achou da declaração do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, de que a condição de ex-presidente do Lula não o torna imune à lei vigente para insultar sem base em fatos específicos o presidente da República, Jair Bolsonaro, a torto e a direito

SONORA_MORO 2502

 

2 – PMs rebelados no Ceará fizeram motim em 2011 – diz título de chamada de primeira página do Estadão de hoje. Para você, que importância tem essa revelação

 

3 – O que há de novo na entrevista exclusiva que o governador da Paraíba, João Azevedo, deu ao Estadão sobre os movimentos de reivindicações dos policiais militares em Estados nordestinos

 

4 – Que abordagem você deu em sei artigo semanal no Blog do Nêumanne, publicado desde ontem no Portal do Estadão, sob o título Tiroteio no curral dos Gomes em Sobral

 

5 – Por que, a seu ver, de repente, o Superior Tribunal da Justiça, encarregado de julgar a Operação Calvário, na Paraíba, em terceira instância, resolveu adotar o expediente de soltar todos os presos condenados pelo Tribunal de Justiça do Estado, segunda instância

 

6 – Que tópicos chamaram sua atenção no carnaval deste ano do presidente Jair Bolsonaro no Guarujá, litoral de São Paulo

 

7 –  Que história é essa de lavagem de dinheiro em pastelaria, em Osasco, na Grande São Paulo

 

8, Por que será que foi dada pouca atenção à relevante notícia da operação conjunta de polícias paraguaia e brasileira para resolução do gravíssimo assassinato do jornalista Leo Veras em Ponta Porã, no Mato Grosso

 

 

 

 

 

Comentário no Jornal Eldorado: Briga de boteco no Twitter

Comentário no Jornal Eldorado: Briga de boteco no Twitter

Era de esperar o debate que ultrapassou o nível da grosseria e da falta de espírito público entre o fracassado pretendente a presidente da República Ciro Gomes e o descontrolado filho de Jair Bolsonaro, que tirou o cearense da disputa em 2018. O vereador no Rio insinuou que o rebento dos Ferreira Gomes do curral de Sobral cheira cocaína e este chamou o presidente da República de chefe de “canalhas, milicianos, peculatários corruptos” e sapecou um sugestivo “libélula deslumbrada” para definir o oponente. Randolfe Rodrigues entrou de gaiato no curral e respondeu à pedrada de Carlos Bolsonaro com uma desculpa amarela de que posou num trator e prometeu dar um pulo em Sobral por solidariedade a grevistas, que não o são, pois são mesmo é amotinados. Que vexame!

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne clique aqui.
 
 

Assuntos para comentário da segunda-feira 24 de fevereiro de 2020

1 – O que, a seu ver, houve de surpreendente no enfrentamento entre o eterno candidato, agora no PDT, à Presidência da República, Ciro Gomes, e o vereador do Rio Carlos Bolsonaro, filho do presidente da República

2 – Você acha que o número de mortes violentas no Ceará desde o incidente de Sobral pode ser considerado como rotineiro, mesmo contrariando a redução estatística registrada no Brasil em 2019

3 – Quais são as possibilidades de se registrarem punições de amotinados da Polícia Militar do Ceará, contrariando a tendência de anistiar policiais que participam desses movimentos ilegais ao longo da História

4 – O que há de revelador e assustador na reportagem do repórter do Estadão Ricardo Brandt, publicada anteontem, a respeito das ligações com o miliciano morto na Bahia Adriano da Nóbrega com políticos, policiais e contraventores do jogo do bicho na periferia do Rio de Janeiro

5 – O que você tem a dizer sobre outra reportagem de impacto, dos repórteres Paula Reverbel e Pedro Venceslau, do Estadão, sobre benefícios criados por portarias para servidores da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

6 – Você se surpreendeu de alguma forma com a representação da Advocacia Geral da União contra o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba Deltan Dallagnol

7 – É normal e rotineiro, a seu ver, que um oficial de Justiça não consiga localizar alguém procurado para prestar esclarecimentos numa ação, como é o caso do ator da TV Globo Zé de Abreu, processado pelo procurador federal Deltan Dallagnol

8 – O que você gostaria de destacar na recente coluna do colega José Roberto Guzzo na edição dominical do Estadão

 

 

 

 

Comentário no Jornal Eldorado: Irmãos Gomes, baixaria na certa

Comentário no Jornal Eldorado: Irmãos Gomes, baixaria na certa

Nos últimos anos o Brasil se tem acostumado a rotinas que se repetem. Ciro Gomes não desiste de substituir o chefão Lula, do PT, como candidato da esquerda, mas nunca conseguiu. Perde sempre no primeiro turno. Outro lugar comum no noticiário é que ele ou seu irmão Cid se metem sempre em confusão, muitas vezes com desforço físico. A novidade desta quarta-feira é que Cid, licenciado da cadeira que ocupa no Senado, tentou dissolver uma  manifestação de policiais militares amotinados e mascarados a bordo de uma retroescavadeira. O mano, só para não variar, apesar das evidências, disse que a culpa é de Bolsonaro.

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário de sexta-feira 21 de fevereiro de 2020

1 – Haisem – Com apoio político, PMs pressionam por reajuste em 12 Estados – é a manchete da edição de hoje do Estadão. Que relação existe, na sua opinião, entre esta notícia e os tiros dos amotinados em Sobral no senador licenciado Cid Gomes

2 – Carolina – Bolsonaro autoriza o envio de tropas ao Ceará – diz notícia publicada na página A5 da editoria de Política do Estadão de hoje. Você acha que essa providência resolve a crise de segurança daquele Estado

3 – Haisem – Você vê alguma lógica na acusação feita pelo ex-governador cearense Ciro Gomes, irmão de Cid, inculpando o presidente Jair Bolsonaro pelos tiros que atingiram o senador licenciado em Sobral

4 – Carolina – Parlamentares querem anistiar amotinados – está publicado na página A4 do Estadão de hoje. Mas o Supremo Tribunal Federal considera motins do gênero ilegais. Afinal, quem tem razão nessa pendenga

5 – Haisem – Heleno ganha apoio de ministros – O que você tem a dizer desta notícia dada em primeira página no Estadão hoje: o respaldo público de colegas ao secretário do Gabinete Institucional da Presidência da República é justo ou se trata apenas de formalidade ou corporativismo

6 – Carolina – Flávio visitou Nóbrega na cadeia, diz ex-colega de miliciano na prisão – este é o título de reportagem na Página A 6 da Política do Estadão. Você acha que essa informação produzirá algum efeito  na investigação sobre a morte do ex-capitão do Bope Adriano da Nóbrega na Bahia

7 – Haisem – O que você diz da notícia de que o relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, esclareceu que homologação da delação premiada do ex-governador do Estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral não o soltará automaticamente da cadeia

8 – Carolina – Banco Central destrava R$ 135 milhões de bancos – é o título de chamada de primeira página do Estadão. Você acredita que essa providência pode ter efeito numa pretendida retomada menos lenta da economia

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Comentário no Jornal Eldorado: Faroeste no Ceará de PT e Gomes

Comentário no Jornal Eldorado: Faroeste no Ceará de PT e Gomes

A cena do senador Cid Gomes tentando invadir um quartel ocupado numa retroescavadeira ameaçando a vida dos amotinados é mais absurda do que os mais surrealistas faroestes italianos. Como pode um ex-governador e irmão de um pretendente à Presidência da República, Ciro, não pesar em nenhum momento as funestas consequências do gesto insano, à altura da louca reação dos agredidos, policiais militares amotinados e armados que não hesitaram em atirar no líder da invasão malograda? Em nome do cidadão cearense, vítima indefesa e desarmada da violência, é preciso devolver a lucidez àquele campo de batalha.

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário na quinta-feira 20 de fevereiro de 2020

1 – Haisem – Cid Gomes investe contra PMs amotinados e é baleado – O que mais preocupa na notícia que deu manchete de primeira página no Estadão de hoje: o arroubo do senador ou a reação tresloucada dos PMs amotinados

CID 2002 B

2 – Carolina – Declaração de Heleno abre crise entre governo e Congresso – é o título de chamada publicada no ponto mais alto da primeira página do Estadão hoje. Você acha que o que o chefe do Gabinete de Segurança Institucional disse a respeito do Legislativo é grave o suficiente para criar o que aparenta ser uma crise institucional de grandes proporções

SONORA HELENO

3 – Haisem – PF investiga Lula por dizer que Bolsonaro é miliciano – diz título de notícia publicada na Página A8 da editoria de Política do Estadão. A declaração justifica a reação da autoridade federal ou foi exagerada

4 – Carolina – Mais do mesmo – Teatro político no Brasil sugere que pouca coisa pode mudar – Estes são título e linha fina do artigo semanal de William Waack publicado na página A 6 da Editoria Política do Estadão hoje. Você concorda com a conclusão do colega

5 – Haisem – Petrobrás tem lucro recorde de R$ 40,1 milhões – esta notícia provocou chamada de primeira página no Estadão de hoje. Por que será, hein

6 – Carolina – Abaixo da notícia que você acaba de comentar, o Estadão também publicou em primeira página o registro da suspensão das greves pelos petroleiros da estatal. O que os levou a este recuo, a seu ver

7 – Haisem – Que motivos você acha que tem a repetição da notícia de que o governo não atualiza a tabela do Imposto de Renda, ano após ano, sai governo e entra governo

8 – Carolin – O que teria levado o substituto definitivo de Sergio Moro na 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, juiz Luiz Antônio Bonat, a sentenciar o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores João Vaccari Neto, Renato Duque e operador a nova pena por propinas em navios-sonda

 

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Comentário no Jornal Eldorado: Mendonça, mais toffolista que Toffoli

Comentário no Jornal Eldorado: Mendonça, mais toffolista que Toffoli

Não satisfeito com o conselho que deu ao chefe, Bolsonaro, para sancionar o jabuti podre do juizado de garantias, o advogado-geral da União, André Mendonça, apoiou e defendeu em correspondência ao STF a mesma causa. Com a iniciativa, o funcionário, nomeado e mantido pelo presidente da República num privilegiado gabinete palaciano, superou o próprio ídolo, Dias Toffoli, presidente da Corte, que decidiu monocraticamente em plantão do recesso adiar a instalação da corretamente apelidada de quinta instância para daqui a seis meses. E afrontou o vice, Fux, relator da medida, que negou provimento à causa.

Para ouvir clique no play abaixo :

 

 

 

 Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da terça-feira 18 de fevereiro de 2020

1 – Haisem – Ao Supremo, AGU defende juiz de garantias – é o título de notícia publicada na Página A6 da editoria de Política do Estadão de hoje. O que você tem a dizer sobre ela

2 – Carolina – Governadores agem para barrar ataques de Bolsonaro – é a manchete da Página A4, que abre o noticiário político do Estadão. Que interesses você acha que une os governadores nessa empreitada

3 – Haisem – Repasse direto de emendas preocupa TCU – revela título de chamada de primeira página do Estadão hoje. Qual é sua opinião sobre esta notícia

4 – Carolina – Você acredita que pode ser realmente sério o alerta que a Polícia Federal fez sobre risco de ataque terrorista a ministros do Supremo Tribunal Federal

5 – Haisem – Você acha que a Oitava Turma do Tribunal Federal Regional da 4.ª Região de Porto Alegre agiu corretamente ao manter as sanções penais da Lava Jato para gerentes da Petrobrás, mas revogar o começo de cumprimento de suas penas

6 – Carolina – O que você tem a dizer sobre a decisão do Tribunal Superior do Trabalho de considerar ilegal e abusiva a greve dos petroleiros

7 – Haisem – CIA teve acesso direto a dados da Operação Condor – informa chamada de primeira página na edição do Estadão de hoje. Esta notícia altera alguma coisa que já se sabia sobre as relações secretas do Brasil com os Estados Unidos à época da repressão na ditadura militar

8 – Carolina – Este é o país do faz de conta – Este é o título de seu artigo semanal no Blog do Nêumanne, que entrou no ar ontem, à noite. Em que fatos políticos você se baseia para chegar a essa conclusão no título

 

Comentário no Jornal Eldorado: Miliciano nunca foi herói

Comentário no Jornal Eldorado: Miliciano nunca foi herói

O presidente Bolsonaro disse à imprensa que mandou o filho Flávio, que era deputado estadual no Rio à época, 2005, condecorar o então tenente da PM Adriano Magalhães da Nóbrega, então condenado pela morte de um guardador de carros, e que este era herói da polícia. Isso não é verdade. De fato, o miliciano pertenceu ao Bope, endeusado no filme Tropa de Elite, de 2007, dirigido por José Padilha e estrelado por Wagner Moura, semideus da esquerda artística. Mas isso não quer dizer que ele tenha sido um policial exemplar, tendo sido por isso mesmo expulso da corporação sob a acusação de se ter envolvido no jogo do bicho. Depois, o chefe do governo se envolveu num bate-boca com o governador da Bahia, Ruy Costa, do PT, chefe dos policiais que o mataram em Esplanada.

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário da segunda-feira 17 de fevereiro de 2020
1 – Haisem – O miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega era mesmo um
“herói”, como disse o presidente da República, Jair Bolsonaro, ao justificar
a razão de ter mandado o filho Flávio, que era deputado estadual do Rio à
época, condecorá-lo com a medalha Tiradentes, a mais importante do
Estado do Rio
SONORA_BOLSO 1702 A
2 – Carolina – Aliás, por falar no assunto, Bolsonaro e Rui Costa batem
boca sobre miliciano – diz título de chamada na primeira página do
Estadão. Esse tipo de discussão de alguma forma ajuda a resolver o caso
3 – Haisem – Você acha que o balanço de um ano de governo de Bolsonaro
pela Folha de S.Paulo reflete a realidade ao ver piora na saúde, recuo na
violência e equilíbrio na economia
4 – Carolina – O que você tem a dizer sobre notícia que resultou título do
alto da primeira página da Editoria Política do Estadão – Assessor do
governo cobra 6 milhões e 400 mil reais por assessoria
5 – Haisem – Bolsonaro e Moro: vejo uma coisa só – é o título da
entrevista da mulher do ministro da Justiça, Sérgio Moro, Rosângela, na
página A 10 da Edição de Política do Estadão. Você concorda com ela
6 – Carolina – Manchete do Portal do Globo noticia que TSE multa, mas
não fiscaliza pagamento das penalidades. Se não são cobradas, de que
servem essas multas, hein?
7 – Haisem – Compliance para partidos políticos não sai do papel – este é
o título do alto da primeira página do noticiário político do Estadão na
página A 5 hoje. Você tem alguma ideia de por que isso acontece
8 – Carolina – Por que você acha que o Congresso deixou caducar a
Medida Provisória que criava a carteirinha de estudante gratuita, a ser
distribuída pelo Ministério da Educação e as entidades estudantis, ligadas a
partidos de esquerda, voltarão a cobrar por elas

 

Página 19 de 205«...510...1718192021...2530354045...»
Criação de sites em recife Q.I Genial