Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro, o príncipe das trevas

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro, o príncipe das trevas

1 – O negro João Alberto Silveira Freitas foi massacrado por um segurança e um policial de folga no Carrefour de Passo d’Areia em Porto Alegre na véspera do Dia da Consciência Negra, e o vice-presidente Hamilton Mourão teve o desplante de dizer que não há racismo no Brasil, 2 – Seu comparsa de chapa, Jair Bolsonaro, é o chefão desta insana República das Trevas em sua gestão, pela forma como seu governo tem tratado a tragédia dos apagões do Amapá. 3 – Alguma alma caridosa o fez recuar da imbecilidade explícita de acusar países que criticam sua má gestão ambiental de comprar madeira serrada e vendida ilegalmente na Amazônia. 4 – O russo Nikolai Putin, que, na péssima tradução de seu intérprete, teria elogiado suas qualidades másculas, passou a perna no Brasil, tirando o apoio do Brics para Conselho de Segurança da ONU, na certa de olho no mercado para sua vacina sem credibilidade alguma. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Comentário no Jornal Eldorado: Noronha socorre Flávio de olho no STF

Comentário no Jornal Eldorado: Noronha socorre Flávio de olho no STF

O ministro Felix Fischer do STJ, relator dos habeas corpus demandados pela defesa de Flávio Bolsonaro, questionou o colega João Otávio Noronha, que pediu vista sem ouvir o relatório de três dos quatro processos sobre o inquérito do peculato na Alerj. “É o caso da Alerj, não é isso? O indiciado é Bolsonaro, não é? Eu gostaria de ter a oportunidade de ler o meu voto”, questionou Fischer. O ex-presidente do STJ

respondeu que havia recebido um memorial da defesa de Flávio na segunda 16, e queria tempo para analisá-lo. “É um caso complexo, de larga repercussão que me cabe examinar como juiz”, argumentou. “Ninguém, nenhum advogado esteve comigo”, completou. O ministro favoreceu o presidente em 87,5% das decisões na Corte. Tudo para ser nomeado para o STF em junho, quando o decano se aposentar.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário na quinta-feira 19 de novembro de 2020:

1 – Haisem – Noronha adia julgamento de recursos de Flávio Bolsonaro para suspender inquérito das ‘rachadinhas’ – Este é o título de uma reportagem de Paulo Roberto Netto no Blog do Fausto Macedo no Portal do Estadão. A que conclusões você chega a respeito desta decisão esperada do ministro do Superior Tribunal de Justiça dando mais tempo, único pedido da defesa do primogênito do presidente Jair Bolsonaro após mais notícias da denúncia preocupante do Ministério Público do Rio

2 – Carolina – Assessor de Flávio era determinante em esquema – Diz manchete da página A16, da edição impressa da Política do Estadão hoje.

De que adianta o trabalho convincente do Ministério Público do Rio se a condição de filho do presidente torna o senador inimputável na prática

3 – Haisem – Covas larga no segundo turno com 47% e Boulos, com 35%, diz Ibope – Esta é a manchete da primeira página do Estadão hoje. Você teve alguma surpresa ao ler essa notícia ou já a esperava

4- Carolina – Declaração do Brics tira apoio para vaga do Brasil no Conselho de Segurança – Diz título de chamada na capa do Portal do Estadão hoje. O que você tem a dizer sobre mais esta prova do isolamento diplomático mundial do governo Bolsonaro com Ernesto Araújo no Itamaraty

 

Direto ao Assunto no YouTube: Apagão do desgoverno Bolsonaro

Direto ao Assunto no YouTube: Apagão do desgoverno Bolsonaro

1 – O presidente Jair Bolsonaro negou-se a responder à pergunta de um repórter sobre o segundo apagão no Amapá, cuja população foi mantida nas trevas por mais de duas semanas por causa de fogo em transmissora, a cara de um desgoverno absolutamente sem luz e que diz asneiras demais. 2 – Sob liderança da Rússia, China, Índia e África do Sul omitiram apoio que até o ano passado davam à candidatura do Brasil a uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU. Depois de Putin ter elogiado masculinidade do capitão. KKKK. 3, Aras oficiou a Lewandowski que mandou abrir inquérito sobre reunião do presidente com Ramagem e Heleno para autorizar espionagem da Abin e da GSI na Receita Federal. Será que Lewandowski acreditará que PGR desistiu do STF? Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará. Link da Almedina:  https:www.almedina.com.br/busca/neumanne

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Lançamento! "Nêumanne entrevista"

Lançamento! “Nêumanne entrevista”

Direto ao Assunto no YouTube: Hospício já para Bolsonaro!

Direto ao Assunto no YouTube: Hospício já para Bolsonaro!

1 – João Otávio de Noronha interrompeu a leitura do relatório do colega Félix Fischer, do STJ, para pedir vista e adiar para as calendas o recurso da defesa do senador sonso Flávio Bolsonaro, denunciado pelo MP/RJ por extorquir servidores-fantasmas de seu gabinete na Alerj, na esperança de ganhar de papai Jair vaga de Marco Aurélio Mello no STF. 2 – A Primeira Turma do STF suspendeu habeas corpus do traficante André do Rap, concedido pelo dito cujo decano. E daí? Quem vai achar o criminoso para prendê-lo de novo? 3 – Povo de Macapá continua às escuras com segundo apagão 15 dias e noites depois do primeiro. 4 – Meninos da Anvisa vão à China para supervisionar fábricas de vacina da Covid. Inspeção técnica ou turismo? 5 – Hospício já para Bolsonaro! Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Comentário no Jornal Eldorado: Milícias digitais atacaram TSE, diz Barroso

Comentário no Jornal Eldorado: Milícias digitais atacaram TSE, diz Barroso

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)Luís Roberto Barroso, disse ver ‘motivação política’ nos ataques sofridos pelo sistema da Justiça Eleitoral no domingo 15 de novembro, dia da votação, e apontou a ação de ‘milícias digitais’. Segundo ele, houve uma atuação articulada para tentar desacreditar as instituições do País. Mas Barroso garantiu que os ataques foram neutralizados e não tiveram relação alguma com o atraso de cerca de três horas na divulgação dos resultados na noite de domingo. “Milícias digitais entraram imediatamente em ação tentando desacreditar o sistema. Há suspeita de articulação de grupos extremistas que se empenham em desacreditar as instituições, clamam pela volta da ditadura e muitos deles são investigados pelo STF”, afirmou  Faz todo sentido.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos do comentário desta terça-feira 17 de novembro de 2020:

1 – Haisem – TSE foi atacado por ‘milícias digitais’, afirma Barroso – Esta é a manchete da edição impressa do Estadão nesta terça-feira. Isso é suficiente para afirmar como o têm feito o presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores que as eleições municipais têm seus resultados postos em dúvidas pela fraude

2 – Carolina – Quando foi deflagrada a Operação Si$tema S pela Operação Lava Jato no Rio, você manifestou muitas esperanças a respeito de uma ação judicial e policial que, enfim, devassasse os tribunais do topo. Você continua com essa esperança

3 – Haisem – Quem é o advogado carioca que neste momento mais se identifica com o papel que foi desempenhado na época dos governos de Lula com as operações de salvamento dos aliados do Partido dos Trabalhadores encrencados com as investigações

4 – Carolina – A força da velha política de hábito – Este é o título de seu artigo publicado no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão – De que aspecto específico das eleições municipais seu texto trata

Direto ao Assunto no YouTube: Flávio desviou 6 milhões na Alerj, diz MP

Direto ao Assunto no YouTube: Flávio desviou 6 milhões na Alerj, diz MP

1 – Organização criminosa, peculato por 1.803 vezes e 263 atos de lavagem: veja todas as imputações a Flávio Bolsonaro, Queiroz e mais 15 pelas ‘rachadinhas’ na Alerj”. Este é título de reportagem sobre as 290 páginas da denúncia do MP/RJ relatando desvio de dinheiro público por Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz, extorquindo funcionários do gabinete do primogênito do presidente Bolsonaro na Alerj. 2 – Ministro do STF Alexandre de Moraes mandou o blogueiro bolsonarista Osvaldo Eustáquio para prisão domiciliar por “atos gravíssimos”. 3 – Cúpula do Judiciário respira aliviada após suspensão da Operação E$quema S pelo colega Gilmar Mendes do STF, caso para Lava Toga já. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Página 4 de 815«...23456...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial