Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário para o Jornal Eldorado: Convite para velório tucano

Comentário para o Jornal Eldorado: Convite para velório tucano

O jogo de empurra, ora existente na batalha campal da eleição presidencial, entre quem atribui a onda Bolsonaro Lula e quem culpa os tucanos por ela não tem a menor razão de ser e quem se dedica a esse minueto em torno do nada contempla apenas o próprio umbigo, passando ao largo da realidade. O PT, com chances de chegar ao segundo turno com o ex, vulgo Haddad, instalou-se no ninho de metralhadoras para, no poder, exterminar os que denunciaram a rapina que seus dirigentes promoveram nos cofres republicanos. E o PSDB, escondido em sua vaidade suicida, afunda desde a reeleição de FHC, passando pelo flagrante delito de Aécio e pelas trapalhadas eleitorais de Alckmin, convida o País para o próprio velório.

(Comentário para o Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na sexta-feira 5 de outubro de 2018, às 7h30m)

Para ouvir, clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui!

Abaixo, os assuntos do comentário da sexta-feira 5 de outubro de 2018

1 – Haisem – Existem atualmente entre os grupos que disputam a vaga para enfrentar o líder das pesquisas da Datafolha no primeiro turno, Jair Bolsonaro, do PSL, duas versões para o que tornou possível o fenômeno Bolsonaro nestas eleições. Terá sido, a seu ver, foi o PT ou o PSDB?

2 – Carolina – A que você atribui a onda de pacifismo e apelos contra o ódio e contra o medo com que os 11 candidatos até agora abaixo do líder nas pesquisas, Jair Bolsoanro, preencheram o tempo de que dispõem no horário de propaganda eleitoral no rádio e na televisão?

3 – Haisem – O que você diz da decisão do juiz Bruno Savino, da 3.ª Vara Federal de Juiz de Fora, ao aceitar denúncia do Ministério Público Federal contra o servente de pedreiro e pedagogo Adélio Bispo de Oliveira, que esfaqueou o deputado Jair Bolsonaro em 6 de setembro naquela cidade de Minas Gerais?

4 – Carolina – A que conclusões você chegou ao tomar conhecimento da divulgação de mais uma pesquisa de intenção de voto para a eleição do próximo domingo dia 7, esta vinda a lume ontem à noite divulgada pela Datafolha, logo depois de outra divulgada pelo Ibope anteontem?

5 – Haisem – Qual é sua opinião sobre a atitude dos candidatos Daniel Silveira (a deputado federal) e Rodrigo Amorim (a deputado estadual), que rasgaram uma placa em homenagem a Marielle Franco, assassinada há 6 meses no Rio, e da declaração do deputado estadual e candidato a senador Flávio Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, de que eles “nada mais fizeram do que restaurar a ordem”?

6 – Carolina – Os petistas estão reclamando com veemência da divulgação ontem do reforço de acusação do Ministério Público Federal contra Lula, a quem os procuradores acusam de ter recebido propina da Odebrecht para comprar um terreno onde seria construída a sede do Instituto Lula. A seu ver, quem tem razão nesse charivari?

7 – Haisem – Você acha que o corregedor-geral de Justiça, ministro do Superior Tribunal de Justiça Humberto Martins, agiu bem ao dar ontem 15 dias de prazo para que o juiz Sérgio Moro justifique sua decisão de quebrar parcialmente o sigilo da delação premiada de Antônio Palocci, atendendo a pedido do PT, que considera a medida prejudicial à campanha de seu candidato, Fernando Haddad, à Presidência da República?

8 – Carolina – Em que a decisão tomada ontem pelo Tribunal Superior Eleitoral de não permitir o endurecimento da Lei da Ficha Limpa pode prejudicar o combate à corrupção na atividade política e, em conseqüência, na gestão pública do Brasil?

Jornal da Gazeta 2: Lula e a lei

Jornal da Gazeta 2: Lula e a lei

Quem não quer problemas com justiça não pratica crime

(Jornal da Gazeta 2 quinta-feira 4 de outubro de 2018)

Para ver clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui!

Comentário no Jornal da Gazeta: Querem censurar nossa indignação

Comentário no Jornal da Gazeta: Querem censurar nossa indignação

Era o que faltava os políticos censurarem até nosso direito à indignação

(Comentário no Jornal da Gazeta 1 quinta-feira 4 de outubro de 2018)
Para ver clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui!

Comentários no Estadão às 5: Lula de novo na berlinda

Comentários no Estadão às 5: Lula de novo na berlinda

Petistas estão se queixando de mais uma vez os procuradores da Operação Lava Jato fazerem acusações contra Lula às vésperas do primeiro turno da eleição para presidente à qual o ex concorre com o codinome de Fernando Haddad, causando-lhe evidentes transtornos políticos. Pode ser. Há apenas duas coisas a ponderar: ele foi acusado de nove atos de corrupção passiva e sete de lavagem de dinheiro. Não é pouca coisa. O único meio de evitar a proximidade de disputa eleitoral teria sido delinquir menos. Além disso, os lulistas são muito pouco inteligentes ao trocarem a apresentação de defesas concretas com fatos por ameaças a procuradores e juízes. Certa má vontade destes não deve ser reação tão estranha assim. Este é um dos comentários que fiz no Estadão às 5 ancorado por Emanuel Bomfim do estúdio da TV Estadão na redação do jornal e retransmitido por Youtube, Twitter e Facebook na quinta-feira 4 de outubro de 2018, às 17 horas.

Para ver o vídeo  clique aqui!

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui!

No Canal do Nêumanne no Youtube: Facada na democracia

No Canal do Nêumanne no Youtube: Facada na democracia

Apesar de ter como ponto de partida uma vantagem inusitada em inquéritos criminais no Brasil, a investigação da PF sobre a facada de Adélio Bispo de Oliveira em Jair Bolsonaro, candidato do PSL e líder nas pesquisas de intenções de votos no País, tendo um autor conhecido, patina em torno do óbvio (o autor é dado como insano mental e um “lobo solitário”). Isso parece ser óbvio, mas é, sobretudo, inócuo, pois essa evidente tentativa de assassinato em público e à luz do sol não é um crime pessoal, mas um atentado político. E, como tal, deve ser investigada com mais desvelo e lógica para evitar o vexame de inquéritos para desvemdar delitos políticos recentes no Brasil – como as execuções dos petistas Celso Daniel e Toninho do PT. Este é o teor do vídeo que gravei e distribuí pelo Youtbe na minha conta nesta quinta-feira, 4 de outubro de 2018.

Para ver o vídeo clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

Página 30 de 889«...510152025...2829303132...3540455055...»
Criação de sites em recife Q.I Genial