Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Jornal Eldorado: Privilegiados sabotam reforma

Comentário no Jornal Eldorado: Privilegiados sabotam reforma

A reforma da Previdência – seja o projeto de Temer, que foi abandonado, seja o de Paulo Guedes, que está sendo encaminhado na mesma direção, e mesmo o apadrinhado pelos chefões do Congresso, como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia – está sendo sabotado mais uma vez pelos descaminhos da força e do poder das castas privilegiadas que detêm o poder de fato. Todos –  do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao relator, Samuel Moreira (PSDB-SP) – têm responsabilidade nisso por não se mostrarem infensos à privilegiatura. No caso do chefe do Executivo, pela reforma especial dos militares e agora pelo patrocínio da causa dos profissionais da segurança, e no do tucano, por se ter obrigado a produzir uma série de modificações no relatório.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário da quinta-feira 4 de julho de 2019

 1 – “Bolsonaro tenta ajudar policiais na reforma e proposta é recusada”, é a manchete do Estadão de hoje. O que esse vaivém do relatório infindável de Samuel Moreira prova definitivamente sobre a submissão aos lobbies invencíveis dos privilégios infindáveis

 2 – Que razões tinha o presidente Bolsonaro para imaginar que a reforma da Previdência seria diferente de “ninguém querer perder nada”.

 3 – Léo Pinheiro, o ex-presidente da OAS, que foi fotografado com Lula na obra do tríplex do Guarujá, que a empreiteira financiou, escreveu da prisão uma carta que a Folha de S.Paulo, parceira de Glenn Greenwald na revelação das mensagens com as quais a defesa do petista tenta constranger os agentes da lei que combatem corrupção, resumiu na manchete de hoje “Nunca sofri coação, afirma empresário delator de Lula”. E agora, Glenn?

 4 – Que esclarecimentos você acha que o Senado da República poderá obter do tal advogado e jornalista americano Glenn Greenwald sobre o momentoso caso das mensagens atribuídas por seu site The Intercept Brasil ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, a procuradores da Lava Jato e outras autoridades do combate à corrupção

 5 – O que poderá haver, além da obviedade, na declaração que o ex-juiz Sérgio Moro de que ele passa e a instituição, no caso o Ministério da Justiça, fica

 6 – Você se surpreendeu com a notícia dada em primeira página do Estadão segundo a qual “’Pacto’ entre os Poderes acaba em cinco semanas”

 7 – O que, a seu ver, levou o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, a autorizar abrir uma CPI sobre “fake news”, como sendo a maior prioridade deste momento dramático de tantas prioridades

 8 – O que, em sua opinião, teria levado a Operação Lava Jato a abrir novo inquérito sobre propina de 13 milhões e meio de reais atribuídos ao ex-presidente da Braspetro Sérgio Machado

Comentário no Jornal da Gazeta: Suspeitos fingem julgar Moro

Comentário no Jornal da Gazeta: Suspeitos fingem julgar Moro

Tentativas da esquerda de constranger Sérgio Moro com revelações do Intercept de pretensas mensagens de Telegram de autoridades do combate à corrupção na CCJ da Câmara só serviram para afundar ainda mais no descrédito popular esquerda encalacrada em processos de corrupção da Lava Jato.

Para ver meu comentário no Jornal da Gazeta da quarta-feira 3 de julho de 2019 clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto no YouTube: Delatada por Palocci, Gleisi levou tranco de Moro

Direto ao Assunto no YouTube: Delatada por Palocci, Gleisi levou tranco de Moro

A superterça 2 de julho teve três fatos muito relevantes na mesma tarde na Câmara dos Deputados. Na CPI do BNDES Palocci desmontou o playmobil da inocência do presidiário Lula em negociatas com Odebrecht e ditador comunista de Angola. Na CCJ suspeitos da Lava Jata tentaram constranger o ministro Moro e não recuperaram com isso um milímetro da própria moral. E a luta pela manutenção de privilégios da máquina pública ou privada para escapar da reforma da Previdência comprometeu essa saída da crise. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique aqui.

Comentário no Jornal Eldorado: Palocci confirma caixa preta do BNDES

Comentário no Jornal Eldorado: Palocci confirma caixa preta do BNDES

A tarde de 2 de julho de 2019 em Brasília foi tão movimentada e com notícias tão espetaculares que pode muito bem ser definida como “super terça” como aquelas datas de primárias coincidentes são chamadas de “superterças” nas eleições presidenciais americanas. Mas, mesmo competindo com a tentativa de votar o relatório da comissão especial da reforma da Previdência e a sessão da CCJ com o ministro Sergio Moro, a bomba do dia explodiu na CPI do BNDES. Um dia depois de o ex-presidente do banco público Joaquim Levy jurar que nele não há caixa preta a ser revelada, o ex-ministro da Fazenda de Lula e ex-chefe da Casa Civil de Dilma, Palocci, contou na CPI do mesmo BNDES que taxas de juros benemerentes premiaram compadres do PT com propinas. Isso mantém Lula, o PT e seus aliados longe do oblívio desejado por seus adoradores.

Para ouvir clique play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos do comentário da quarta-feira 3 de julho de 2019

1 – Qual foi, na sua opinião, o assunto mais bombástico da terça-feira gorda que foi ontem?

2 – O que, a seu ver, poderá servir de uma espécie de ponte de ligação entre o depoimento de Palocci e as explicações dadas por Sergio Moro na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

3 – Por falar na reunião da CCJ com Moro, o presidente da sessão, deputado Filipe Franceschini, não terá exagerado quando a comparou com a Escolinha do Professor Raimundo

MORO_MENSAGENS

4 – Terá sido conveniente a Polícia Federal pedir ao Coaf um levantamento sobre a vida financeira do advogado e jornalista americano Glenn Greenward, dono do site The Intercept Brasil, que divulga mensagens supostamente comprometedoras entre o ministro da Justiça e os procuradores da Lava Jato

5 – Que motivos a oposição tem para continuar obstruindo as sessões da comissão especial da Reforma da Previdência, se já se tem como certa a vitória final dos que a defendem com economia agora prevista de 1 trilhão de reais em dez anos

SONORA_SAMUEL MOREIRA 0307

6 – Até quando o presidente Jair Bolsonaro vai ter de dedicar parte preciosa de seu tempo para juntar os cacos de louça quebrada em refregas entre seu filho Carlos e os generais de seu governo, agora Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional?

7 – O que você achou do resultado da CPI da tragédia de Brumadinho e quais são as chances de que as sugestões finais venham a ser cumpridas

8 – Que avanços serão dados nas investigações sobre a execução de Marielle Franco depois da revelação do pescador à policia de que foram jogadas armas no mar

Comentário no Estadão Notícias: Palocci entregou BNDES

Comentário no Estadão Notícias: Palocci entregou BNDES

O ex-ministro da Fazenda e também ex-chefe da Casa Civil das gestões federais do PT Antonio Palocci disse à CPI do BNDES que no governo Lula os empréstimos do banco público de R$ 7 bilhões à Odebrecht eram cedidos em troca de recursos para campanhas petistas sem garantias, via propina.  O nome disso aí é furto. Ou seja, é produto de rime e não pode ser dado em garantia, o que fez a Odebrecht com os bancos privados. Nem ficar para ser ressarcido depois,  no fim  da fila, como o bancos públicos, ou seja, nós outros. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal Estadão desde 6 horas da quarta-feira 3 de julho de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Página 10 de 1.026«...5...89101112...1520253035...»
Criação de sites em recife Q.I Genial