Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaristas atacam Felipe Neto

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaristas atacam Felipe Neto

O presidente Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão e seus apoiadores sempre recorrem ao conceito sagrado da plena opinião livre para impedir que o STF puna, como deve punir quem cometa, comprovadamente, crimes contra a honra e a liberdade de cidadãos que não apoiam o “mito”. Caso exemplar é o do youtuber Felipe Neto, que, entrevistado por The New York Times, disse que o nosso é o pior presidente do mundo no que concerne ao combate à pandemia da covid-19. Todo e qualquer bolsonarista tem o direito líquido e certo de discordar, criticar e mostrar com números e fatos que o moço errou. Daí a inventar mentiras nas redes sociais sobre sua eventual prática do horrendo crime de pedofilia vai uma distância enorme. ameaçá-lo em sua própria casa, como fez um tal de Cavalieri, que também tinha participado do ataque com fogos ao STF, é ainda pior. Essa atitude merece repúdio, e mais do que isso, severa punição, e nada tem que ver com liberdade de expressão. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Comentário no Jornal Eldorado: Aras desonra Ministério Público

Comentário no Jornal Eldorado: Aras desonra Ministério Público

Repercussão da live do procurador-geral da República no grupo Prerrogativas, de advogados dos flagrados furtando pela Operação Lava Jato foi tão ruim que a famiglia Bolsonaro emudeceu nas redes sociais e de fanáticos só Carla Zambelli pôs a cara para bater apelando para a narrativa petista acusando os procuradores de serem “tucanistas”. Para evitar mais danos, Augusto Aras tentou explicar-se para senadores em outra transmissão, mas no fim o tiro saiu pela culatra, porque ele reconheceu que não tinha provas de acusações de improbidade e chantagem que fez aos colegas de Curitiba, numa demonstração impressionante de extrema leviandade. Senadores reclamaram, mas não se peopuseram a fazer o que seria sua obrigação: demiti-lo da função, que está desonrando.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:
 
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui. 
 
 

Assuntos para comentário da quinta-feira 30 de julho de 2020:

1 – Haisem – Associação de Procuradores da República rebate Aras e nega “trabalho “clandestino” das forças-tarefas – Este é o título de uma notícia dada na capa do Portal do Estadão neste momento – Por que a entidade da classe reagiu às afirmações do procurador-geral da República numa live do Partido dos Trabalhadores conclamando ao “fim do lavajatismo”

2 – Carolina – Toffoli defende 8 anos de espera a juízes-candidatos – Este é o título de uma chamada de primeira página da edição impressa do Estadão hoje. Que sólidos motivos institucionais levaram o residente do Supremo Tribunal Federal a temtar negar a magistrados de carreira direito de igualdade de qualquer cidadão perante a lei para disputar eleições

SONORA TOFFOLI 3007A

3 – Haisem – Após apelo de Toffoli, Maia afirma que quarentena para juízes deve valer para 2022 – O que, a seu ver, esta notícia, dada na capa da edição de política do Portal do Estadão revela em matéria de conspiração dos políticos com representação no Legislativo, negando o princípio segundo o qual nenhuma lei pode retroagir contra nenhum direito

4 – Carolina – Toffoli suspende investigação contra Serra uma hora antes de tucano virar réu – O que esta notícia, dada em manchete na edição de Política do Portal do Estadão, lhe sugere

5 – Haisem – Viúva de miliciano ligado à “rachadinha” de Flávio Bolsonaro via como incerto “apoio de políticos” – é a notícia da na capa do Portal do Estadão hoje cedo. O que teria, a seu ver, motivado a viúva do capitão Adriano da Nóbrega a contar com a ajuda de políticos para o chefão da milícia de Rio das Pedras e do Escritório do Crime

6 – Carolina – Ministério tem 9 milhões e 800 mil testes por falta de insumos – Que avaliação qualquer cidadão pode ter, a seu ver, da competência de gestão na Saúde do governo Bolosonaro após ler a manchete da edição impressa do Estadão desta quinta-feira

 

Direto ao Assunto no YouTube: Aras quer dar fim à Lava Jato

Direto ao Assunto no YouTube: Aras quer dar fim à Lava Jato

A serviço de seus senhores, Lula e Bolsonaro, e em combinação com comparsas no mister, Dias Toffoli, André Mendonça e José Levy Amaral Júnior, marido de uma assessora do ministro do STF Gilmar Mendes, o procurador-geral da República, Augusto Aras, quer extinguir o combate à corrupção no País, e antes precisa invadir os arquivos secretos das investigações da Lava Jato em Curitiba, segundo ele, com 38 mil vítimas em 350 terabytes, quase 9 vezes os 40 do MPF, para entregar tudo sobre essas pessoas a seus amigões condenados no mensalão e no petrolão e àquele que agora bajula, o capitão cloroquina, para obter a terceira vaga nas duas a que este terá direito no STF. Para atingir esse objetivo, mente, inventa crimes que não foram cometidos pelos colegas que acusa e não cumpre seu dever constitucional de investigar e denunciar poderosos com foro “previligiado” (ele o diz). Diretoplay ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Comentário no Jornal Eldorado: Bolsonaro foi avisado sobre Fabrício

Comentário no Jornal Eldorado: Bolsonaro foi avisado sobre Fabrício

O empresário Paulo Marinho contou ao MPF o que Gustavo Bebianno teria dito a ele sobre como foi a conversa com Jair Bolsonaro a respeito da atuação de Queiroz no esquema de peculato no gabinete de seu filho nota zero um na Alerj. Segundo Marinho, o relato de Bebianno a ele por telefone foi o seguinte: “Entrei na sala do presidente, no escritório da transição, tinha muita gente na reunião. Chamei o presidente e disse qie era urgente”. Segundo Marinho, Bebianno tinha intimidade total com o presidente. E continuou o relato: “Levei o presidente para o banheiro da sala. E fiquei dez minutos dentro do banheiro, contando  a história que você me contou. O presidente me pediu que voltasse para o Rio para acompanhar esse assunto”.  Flávio não explica demissão de Queiroz e sua filha.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Polítiva, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário na quarta-feira 29 de julho de 2020:

1 – Haisem – Você acredita que, em seu depoimento ao Ministério Público no inquérito sobre o vazamento da Operação Furna da Onça por um policial federal bolsonarista, revelado pela Globo, o empresário Paulo Marinho disse a verdade ou mentiu sobre o aviso que Gustavo Bebianno teria dado ao presidente Jair Bolsonaro pessoalmente e no gabinete dele

2 – Carolina – O procurador-geral da República, Gustavo Aras, disse que a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba tem uma “caixa de segredos”. Para ele, a meta de sua gestão é “abrir essa instituição para que jamais se possa dizer que essa instituição tenha caixas-pretas. Lista tríplice fraudável nunca mais”. A seu ver, é esse o papel institucional de sua função pública

3 – Haisem – Câmara entra com ação no STF para  impedir buscas na Câmara e no Senado – diz título de notícia publicada agora no Portal do Estadão. Mas a ministra Rosa Weber acaba de dar decisão em contrário. A seu ver, quem terá razão nesse cabo de guerra anunciado

4 – Carolina – Em seu último plantão como presidente do Supremo Tribunal Federal, durante o recesso do Judiciário, o ministro Dias Toffoli adotou várias decisões monocráticas polêmicas. O que você tem a dizer sobre isso

5 – Carolina – “Grande aliança que resolveria problemas de Bolsonaro voou pelos ares”, escreveu Rosângela Bittar em sua coluna no Estadão. Você acha que é o caso mesmo de prever essa brusca mudança no cenário político atual

6 – Haisem – Que lições o presidente da República, Jair Bolsonaro, teria a aprender se lesse com atenção o editorial O papel da AGU, publicado na página da edição impressa do Estadão hojr

Direto ao Assunto no YouTube: Por que Bolsonaro rifou Bebianno

Direto ao Assunto no YouTube: Por que Bolsonaro rifou Bebianno

No fim de fevereiro, começo de março de 2019, fui ao Rio para uma reunião e lá um amigo querido, que conhecera Gustavo Bebianno através de Paulo Marinho, me contou que a verdadeira causa da queda do advogado carioca da assessoria próxima de Jair Bolsonaro foi ele haver avisado ao presidente que o relatório do Coaf enviado à Operação Furna da Onça do MP sobre movimentações financeiras atípicas do assessor e amigão da famiglia Fabrício Queiroz poderia ter consequências mais graves do que de início parecia. Por isso, a revelação feita pelo suplente do senador Flávio do encontro do ex-ministro com o então presidente eleito na toalete de seu escritório no governo de transição me soou verdadeira, confirmando minha certeza de que esse avisp tinha sido dado seria a única explicação plausível para as demissões do subtenente da PM do gabinete do nota zero um na Alerj e da filha deste, Nathalia, funcionária-fantasma do gabinete de Jair na Câmara dos Deputados. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Página 5 de 1.194«...34567...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial