Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Estadão Notícias: Lula longe da liberdade

Comentário no Estadão Notícias: Lula longe da liberdade

A redução da pena de Lula no caso da cobertura no Guarujá ensejou a perspectiva de em setembro ele mudar do regime  fechado para o semiaberto. Um dos três autores do impeachment de Dilma, Miguel Reale Jr., avisou que não há prisão semiaberta no Brasil e as defesas de todos os condenados a ela destinados pedem e que sejam destinados para aberta. E também lembrou que o petista é réu em oito ações: quatro em Brasília, uma em São Paulo e duas em Curitiba, sendo uma na primeira instância e outra em fase de transferência para a segunda, em Porto Alegre, além da já julgada em três instâncias, (citada no início), em fase de julgamento de recursos pendentes no STJ. Para ele, ele está longe da liberdade. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão, desde 6 horas da sexta-feira 26 de abril de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Comentário Estadão às 5: Liberdade de informação é para cidadão

Comentário Estadão às 5: Liberdade de informação é para cidadão

No Estado de Direito liberdade de informação é direito do cidadão, e não de fonte nem veículo. Exclusividade em notícia nada tem a ver com ela, embora seja diferencial do produto jornalístico vendido ao público. Justiça não deveria prestar-se a servir poderosos nem meios de comunicação, distorcendo esse conceito elementar. Ao permitir que preso comum Lula impedisse entrada de outros profissionais de imprensa à entrevista pedida por Folha de S.Paulo e El País, de sua escolha, STF, em decisões monocráticas de Dias Toffoli e Lewandowski, expôs um flanco de suas abordagens arrevesadas em que flerta com a censura, como no caso da Crusoé, ou de privilégio para quem indicou seus membros. Este foi um de meus comentários no Estadão às 5, retransmitido por YouTube, Twitter e Facebook no estúdio da TV Estadão na redação do jornal, e ancorado por Gustavo Lopes, na quinta-feira 25 de abril de 2019, às 17 horas.

Para ver o vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto no Youtube: Liberdade só para favoritos de Lula?

Direto ao Assunto no Youtube: Liberdade só para favoritos de Lula?

PF tentou abrir entrevista de Lula para Folha e El País para outros veículos que se dispusessem a assistir o encontro em sua sede em Curitiba, mas Lula se recusou com sua defesa deixando claro que liberdade de imprensa, que é um direito de todo cidadão a qualquer informação, é para ser usada por fonte e veículo. Cúpula da Justiça subserviente com políticos que a compõem sente-se no direito de distorcer esse conceito fundamental do Estado de Direito, mas verdadeiros democratas sabem que informação não é bem privado e Justiça não pode ser servil a poderosos da República nem a empresas, sejam de que ramo for. O resto é trololó. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará!

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui. 

Comentário no Jornal Eldorado: Inquérito sem fim

Comentário no Jornal Eldorado: Inquérito sem fim

Simplesmente não dá para entender como a PF está pedindo ao MP de Juiz de Fora (MG) pela terceira vez mais 90 dias de prazo para encerrar inquérito sobre facada de Adélio Bispo de Oliveira no então candidato favorito e hoje presidente da República, Jair Bolsonaro. É absurdo que o delegado encarregado do caso, Rodrigo Morais Fernandes, esteja alegando a realização de exames periciais e a análise das redes sociais do autor do atentado, como se estivéssemos no dia posterior ao fato. Trata-se de um gravíssimo crime político, pois o esfaqueador agiu contra o direito do cidadão brasileiro de escolher quem quiser para a Presidência.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da quinta-feira 25 de abril de 2019

1 – Haisem – Qual é sua opinião sobre mais um pedido de adiamento de prazo do inquérito da Polícia Federal para descobrir se havia mais gente mancomunada com Adélio Bispo de Oliveira, que tentou matar Bolsonaro em Juiz de Fora em 7 de setembro na reta final da campanha eleitoral

2 – Carolina – Será o caso de pedir a ajuda do VAR para descobrir quem, afinal, foi o senador que tentou fraudar a eleição para a presidência do Senado dois meses e meio depois do fato

3 – Haisem – Você se surpreendeu com a humildade do presidente Jair Bolsonaro ao agradecer publicamente ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pela vitória do governo na aprovação do relatório da Reforma da Previdência anteontem pelo folgado placar de 48 a 18 na Comissão de Constituição e Justiça da Casa

SONORA_BOLSONARO 2504

4 – Carolina – O que lhe parece que Rodrigo Maia pretende com essa pregação pela aceleração da votação da reforma da Previdência, de interesse do governo de Bolsonaro, com quem há pouco tempo ele andou se estranhando

SONORA_MAIA 2504

5 – Haisem – O que você acha da vaquinha anunciada pelos devotos de Lula para colaboradores o ajudarem a pagar a multa que lhe foi imposta no julgamento de anteontem no Superior Tribunal de Justiça

6 – Carolina – Você acha que o prazo de oito dias dado pelo juiz Antônio Bonat, substituto definitivo de Sérgio Moro na 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, pode ser uma forma de acelerar o julgamento da segunda instância do processo sobre supostas despesas no sítio que o Ministério Público lhe atribui em Atibaia e, com isso, impedir que a defesa peça passagem do réu para prisão semiaberta

7 – Haisem – O que você acha que o ministro Marco Aurélio de Mello quis dizer quando afirmou que tem dúvidas sobre se Lula cometeu, ou não, os dois crimes pelos quais foi condenado definitivamente pelo STJ

8 – Carolina – Quem é seu entrevistado da semana no Blog do Nêumanne e o que ele traz de novo para a guerra política travada no Brasil atualmente

Comentário no Estadão Notícias: Oito dias para Lula se defender

Comentário no Estadão Notícias: Oito dias para Lula se defender

O juiz Luiz Antônio Bonat, substituto definitivo de Sérgio Moro na 13.ª Vara Federal Criminal de Curitiba, deu oito dias de prazo para a defesa de Lula se pronunciar sobre processo sobre sítio em Atibaia para que possa encaminhá-lo logo para TRF-4. Consolo desses advogados com a decisão definitiva do STJ anteontem é que redução da pena poderá permitir que Lula passe do regime fechado para semiaberto, na prática penal brasileira aberto. Isso, porém, seria impossível caso o petista pegasse bis na segunda instância. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 25 de abril de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player,

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Página 15 de 991«...510...1314151617...2025303540...»
Criação de sites em recife Q.I Genial