Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto no YouTube: Mentiras sobre a Amazônia

Direto ao Assunto no YouTube: Mentiras sobre a Amazônia

O presidente da França, Macron, postou um Twitter anunciando que vai à reunião do G7 em Biarritz exigir que a Comunidade Europeia puna o Brasil por estar deixando a Amazônia arder. Para ilustrar, usou imagens do fotógrafo Loren McIntyre, que morreu em 2003, portanto há 16 anos. Como responde por essa farsa idiota? Bolsonaro reagiu dizendo que viu um vídeo de militantes de Ongs pondo fogo na mata. O vídeo ninguém sabe, ninguém viu. Em vez disso, ele deveria ter mandado a Polícia Federal investigar, flagrar o crime e prender os autores. Não o fez porque o Estado brasileiro ainda não dispõe de pessoal nem de recursos para punir eventuais crimes do gênero. Por isso, a Amazônia queima desde sempre sob a levianidade de presidentes que não têm coragem para proibir o desmate. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará. 

Para ver o vídeo no YouTube clique no play abaixo:
 

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
um milhão2

No Blog do Nêumanne: Não há deuses nesta tragédia

No Blog do Nêumanne: Não há deuses nesta tragédia

Nesta peça sem heróis, as almas enfermas

só querem piorar as doenças de todos

O presidente Jair Bolsonaro acaba de levar um pito do decano do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, por ter devolvido ao Congresso cópia de medida provisória (MP) ali antes derrubada. Ele próprio reconheceu que havia errado, embora tenha atribuído a iniciativa a um assessor do qual não declinou o nome. Antes disso havia encaminhado ao mesmo destinatário outra MP, transferindo o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Economia para o da Justiça. E os parlamentares o derrotaram, mantendo a inteligência financeira subordinada ao primeiro. Agora resolveu desviar aquele órgão para o Banco Central (BC). Um vaivém descabido, dirá qualquer brasileiro sensato. Mas o chefão não terá violado a Constituição. O Congresso é que poderá alegar que não há urgência, já que a subordinação do Coaf foi decidida faz muito pouco tempo.

Leia mais…

Comentário no Jornal da Gazeta: Amazônia em chamas

Comentário no Jornal da Gazeta: Amazônia em chamas

Assim como acontece na Amazônia, pega fogo e produz muita fumaça o debate internacional a respeito das queimadas na floresta. Em épocas secas do ano, como é o caso desta no Hemisfério Sul, é comum vermos notícias de queimadas na Europa, na Ásia e na América do Norte. O presidente da França, Macron, aproveitou para jogar gasolina no debate às vésperas da reunião do G7, ao chamar nossa Hileia de “nossa casa” e ainda cometeu a tolice de lhe atribuir o papel de pulmão do mundo, uma afirmação negada pelos ecologistas há muito tempo. Bolsonaro colaborou para o incêndio retórico incluindo no bate-boca denúncias sem provas de autoria do crime a ONGs financiadas pelos países ricos.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da sexta-feira 23 de agosto de 2019

1 – Haisem – Queimadas na Amazônia provocam reação mundial, diz a manchete do Estadão hoje. O que há de verdade, ideologia, preconceito e colonialismo nessa polêmica internacional

2 – Carollina – O que tanto o impressionou na análise do jurista pernambucano José Paulo Cavalcanti Filho sobre a iniciativa que uniu Renan Calheiros e Rodrigo Maia na tentativa de frear as operações de combate à corrupção, em particular a Lava Jato

3 – Haisem – E o que o artigo do ex-ministro da Fazenda José Paulo Cavalcanti Filho no Jornal do Comércio de Recife trouxe de novo e você vai revelar a nossos ouvintes a respeito dessa mesma lei do abuso de autoridade

4 – Carolina – Que motivos você acha que o senador Flávio Bolsonaro teve ao se recusar a assinar o manifesto de todos os outros colegas da bancada do PSL a favor do veto total a essa referida lei e que conseqüências poderão advir dessa sua decisão

5 – Haisem – Bolsonaro ameaça tirar indicado por Moro pra PF, relata notícia em primeira página. Existe algum precedente histórico para essa atitude tomada pelo presidente Jair Bolsonaro ao criar uma crise na Polícia Federal por querer se intrometer no trabalho da instituição, cujo sucesso depende fundamentalmente da independência de interferências política

6 – Carolina – Que tipo de reação você acha que Sergio Moro pode ter para reagir, ou não reagir, a declarações fora do esquadro como esta de que o diretor geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, é subordinado dele, e não de Moro

7 – Haisem – Você acha que com o novo nome que lhe foi dado e uma alíquota mais baixa, de 0,22%, a CPMF de Guedes e Cintra poderá ficar mais palatável para o chefe dele, Bolsonaro, para os parlamentares em geral e para os pagadores de impostos

8 – Carolina – Que conseqüências você acha que terá a derrota do governador de São Paulo, João Doria, ao tentar impor, e não conseguir, o afastamento do deputado Aécio Neves do PSDB

Direto ao Assunto no YouTube: O jogo imundo dos corruptos

Direto ao Assunto no YouTube: O jogo imundo dos corruptos

O jurista José Paulo Cavalcanti Filho, ex-ministro da Justiça, descreveu de forma elegante, mas implacável, como os bandidos do Congresso atiraram na própria mão que escreveu esse escárnio que é a lei contra o abuso de autoridade, criando obstáculos intransponíveis para os compadritos de Lula e do IntercePT  soltarem um e tranquilizarem os outros, pois a nova e infame lei criminaliza as “provas” pornográficas produzidas pelo fiel vassalo ianque Glenn Greenwald. Li a íntegra da coluna de jornal em que meu xará expôs dois artigos que tornam impraticável soltar Lula dia 27, mais do que já o era antes, recorrendo às supostas mensagens para desmoralizar Moro e Deltan e, com isso, jogar no lixo o legado da Lava Jato. Não perca a leitura integral desse texto magnífico. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
um milhão2

Comentário no Jornal Eldorado: CPMF disfarçado, vôte!

Comentário no Jornal Eldorado: CPMF disfarçado, vôte!

Inventaram um novo nome, Contribuição Social para Transações e Financiamentos, uma mentira, pois de social não tem nada, uma sigla diferente (CTSL) e abaixaram a alíquota para 0,22%, mas esse disfarce não engana o mais ingênuo dos pagadores de impostos do Brasil, pois cada um sabe quanto isso dói no bolso. Trata-se apenas de uma forma de garantir uma arrecadação sem necessidade de cobrança e que atinge a todos, especialmente os mais pobres, que têm menos voz no Congresso e menos vez na economia. A esperança é que pelo menos neste caso Paulo Guedes e Marcos Cintra não passem a perna em nossos ditos representantes.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:
Ou clique aqui e, em seguida, no play.
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Estadão, Política, clique aqui. 

Assuntos para comentário de quinta-feira 22 de agosto de 2019

1 – Haisem – Manchete do Estadão hoje revela Equipe econômica defende ‘nova CPMF’ com alíquota de 0,22%. Será que Paulo Guedes tem força para convencer Congresso para aprovar esse erro capital, que outros governos já cometeram

2 – Carolina – Medida Provisória dita da “liberdade econômica” passou de forma surpreendente e rapídamente ontem, mas sem trabalho aos domingos. Isso significa um avanço para destravar a economia, como pregou o governo

3 – Haisem – Correios e mais 8 estatais entram na lista de privatizações. Que papel esta medida terá para evitar a prorrogação desta recessão, que é maligna para o bolso de todos os brasileiros, mas, como a CPMF, nova ou velha, atinge mais os pobres

SONORA_MATTAR 2208

4 – Carolina – Doria radicalizou o discurso contra Jair Bolsonaro, reforçando sua postura para a candidatura a presidente da República em 2022. Mas sofreu derrota séria com a negativa da cúpula do PSDB de não expulsar seu ex-presidente Aécio Neves

SONORA_AECIO 2208

5 – Haisem – O juiz Luiz Monat negou o pedido da força-tarefa da Operação Lava Jato para prender o ex-ministro da Fazenda de Lula e Dilma, mas decretou que fique em casa usando tornozeleiras. O que me diz desta mudança de rigor, contrariando antiga postura de seu antecessor, Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça

6 – Carolina – Segundo noticiário político do Estadão, crise na Receita Federal teve o efeito paralelo inesperado de ressuscitar a chamada CPI da Lava Toga no Senado. O que você acha disso

 7 – Haisem – O que você acha da vitória do governo Bolsonaro e de seu candidato a embaixador do Brasil em Washington, Eduardo Bolsonaro, presidente da Comissão de Relações Externas da Câmara dos Deputados, que aprovou o acordo com os Estados Unidos para a base de Alcântara

8 – O Estadão publicou no noticiário político que “a cada semana um funcionário deixa o governo. Por que o rodízio dos cargos importantes gira de forma tão veloz neste governo de Jair Bolsonaro

um milhão2

Página 15 de 1.057«...510...1314151617...2025303540...»
Criação de sites em recife Q.I Genial