Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Estadão Notícias: Nada de sacrifício!

Comentário no Estadão Notícias: Nada de sacrifício!

Um dos dados mais relevantes revelados pela mais recente pesquisa Ibope sobre preferência do eleitorado por candidatos a presidente é o de que a acachapante maioria da população brasileira não aceita fazer qualquer sacrifício pessoal para não dificultar o esforço que precisa ser feito pela Nação para tirar o Brasil da crise. As respostas dadas pela quase unanimidade da população é de que resistirá a aumento de impostos, cortes nos gastos de setores públicos essenciais, como educação, saúde e segurança pública e nem mesmo o aumento dos anos de contribuição para evitar que o déficit da Previdência se torne impagável. A constatação dá ideia do impasse do próximo governo para conseguir o equiíbro das contas públicas. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 20 de setembro de 2018.

Para ouvir clique no link abaixo e, em seguida, no player:

https://brasil.estadao.com.br/blogs/estadao-podcasts/estadao-noticias-quadro-eleitoral-ainda-pode-mudar-dizem-especialistas/

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/nada-de-sacrificio/

Comentário no Estadão Notícias: Insulto à soberania popular

Comentário no Estadão Notícias: Insulto à soberania popular

Estamos em plena temporada de caça ao voto útil e, diante da perspectiva de se ver isolado e, com isso, perder a chance de entrar no segundo turno da eleição, o candidato do PDT, Ciro Gomes, definiu o expediente como “um insulto à experiência popular”. Enquanto isso, abaixo dele e do petista Fernando Haddad nas pesquisas até agora conhecidas, Geraldo Alckmin, do PSDB, faz um último esforço para conquistar a adesão de eleitores antipetistas que não optaram por Bolsonaro para chegar ao estágio final da eleição, que os levantamentos apontam como favorável a ele. Útil ou inútil, o voto é o último reduto do cidadão que os políticos ainda conseguiram tomar. A tentativa de desqualificar ou tutelar esse voto é um insulto. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da terça-feira 18 de setembro de 2018.

Para ouvir clique no link abaixo e, em seguida, no player:

https://brasil.estadao.com.br/blogs/estadao-podcasts/ibope-haddad-se-isola-no-2o-lugar-entre-presidenciaveis-ouca-analise-no-estadao-noticias/

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/insulto-a-soberania-popular/

Comentário no Jornal da Gazeta 2: Haddad indultará, ou não, Lula?

Comentário no Jornal da Gazeta 2: Haddad indultará, ou não, Lula?

Pode apostar: Haddad indultará Lula e, seguida, STF o perdoará

(Comentário no Jornal da Gazeta 2 terça-feira 18 de setembro de 2018)

Para ver clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/indulto-a-lula-verdade/

Comentário no Jornal da Gazeta 1: Partidos e voto fraudado

Comentário no Jornal da Gazeta 1: Partidos e voto fraudado

Para combater fraudes nas urnas partidos têm de fiscalizar apuração

(Comentário no Jornal da Gazeta 1 terça-feira 19 de setembro de 2018)

Para ver clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/partidos-e-voto-fraudado/

Comentários no Estadão às 5: Houve eleição fraudada, sim!

Comentários no Estadão às 5: Houve eleição fraudada, sim!

Rosa Weber, seguindo a linha do colega que se sentava a seu lado no plenário no STF e subiu para presidência, Dias Toffoli, entrou na retranca para tentar desautorizar dúvidas manifestadas por Bolsonaro a respeito de fraudes na votação eletrônica vigente no Brasil. Com sua devida vênia, não é absolutamente verdadeiro que não tenham sido comprovadas fraudes nos últimos 22 anos. Não se frauda uma eleição apenas na contagem dos votos. A eleição de 2014 foi fraudada pelo uso de propinas por vencedores e vencidos e isso foi desprezado pelo TSE, que desconsiderou as provas apresentadas. Este foi um dos meus comentários no Estadão às 5, ancorado por Emanuel Bomfim no estúdio da TV Estadão na redação do jornal e retransmitido por Youtube, Twitter e Facebook na terça-feira 18 de setembro de 2018, às 17 horas.

Para ver o vídeo clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/houve-fraude-em-eleicao-sim/

Comentário no Estadão Notícias: Um rabisco para Dilma

Comentário no Estadão Notícias: Um rabisco para Dilma

Com voto de Minerva do presidente, desembargador Pedro Bernardes, o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais recusou dez recursos contra o registro da candidatura de Dilma Rousseff ao Senado pelo PT, confirmando uma das maiores molecagens já perpetradas no Judiciário Brasileiro, a rasura no artigo 52 da Constituição, que proíbe terminantemente que mandatários do Executivo depostos em processos de impeachment exerçam cargos públicos ao longo de oito anos após a sentença. E, sob inspiração da senadora Kátia Abreu, hoje vice de Ciro Gomes, do PDT, e de seu colega Renan Calheiros, candidato à reeleição pelo MDB, o então presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, perpetrou essa ignomínia. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no ar no Portal do Estadão desde 6 horas da segunda-feira 17 de setembro de 2018.

Para ouvir clique no link abaixo:

https://brasil.estadao.com.br/blogs/estadao-podcasts/estadao-noticias-discurso-do-medo-pode-mexer-com-a-corrida-presidencial/

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/um-rabisco-para-dilma/

Página 56 de 158«...510152025...5455565758...6570758085...»
Criação de sites em recife Q.I Genial