Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Jornal Eldorado: Lula ataca porque não tem defesa

Comentário no Jornal Eldorado: Lula ataca porque não tem defesa

Ao disparar contra o único adversário que poderá expor na campanha sua participação no maior assalto feito aos cofres públicos na História, acusando-o de governar para os milicianos do Rio, e não para população do País, o corrupto e lavador de dinheiro Lula desafiou todas as instituições da República, que ele sempre desprezou. Apenas repetiu as lorotas de sempre, de sua inexistente inocência à perseguição que não houve por parte da Justiça e da Polícia Federais. Cabem às instituições ofendidas se defenderem à altura. Mas o primeiro que atingiu, Jair Bolsonaro, escondeu-se atrás de sua obrigação de ocultar o nome do ofensor, o que nada resolve.

Para ouvir clique no play baixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário da segunda-feira 11 de novembro de 2019-11-11

1 – Haisem – O que você percebeu de novo na linguagem adotada por Lula

depois de solto da cela de estado-maior na Polícia Federal em Curitiba

SONORA LULA BOLSONARO 111

2 – Carolina – O que denota a reação do presidente Jair Bolsonaro aos

discursos de Lula a respeito de sem eventual envolvimento com milicianos

no Rio de Janeiro

SONORA BOLSONARO LULA 111

3 – Haisem – O que você achou da resposta do ministro da Justiça, Sergio

Moro, a respeito das acusações feitas pelo ex-presidente, que ele condenou

na primeira instância

4 – Carolina – De que adiantará a reação popular manifestada na Avenida

Paulista e em outras ruas no Brasil pelo cidadão comum contra a decisão do

plenário do Supremo Tribunal Federal sobre jurisprudência de começo de

cumprimento de pena após condenação na segunda instância

5 – Haisem – O que você tem a dizer sobre ameaça do presidente do

Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, de que o Judiciário saberá reagir a

tempo e hora

6 – Carolina – Que reações você acha que foram mais adequadas à decisão

do Supremo Tribunal Federal de soltar os condenados por crimes de

colarinho-branco pelo Supremo Tribunal Federal
7 – Haisem –  O que trazem de positivo as novas investigações da Polícia Federal

que podem substituir o Congresso na execução da chamada Lava Toga

8 – Carolina – Evo e mais três na linha de poder renunciam na Bolívia – é

a manchete do Estadão de hoje. Você esperava esse desfecho da crise

naquele país vizinho

Comentário no Jornal Eldorado: Um coice no queixo do cidadão

Comentário no Jornal Eldorado: Um coice no queixo do cidadão

Na desastrosa sessão do STF em que a prisão em segunda instância foi proibida, a esquerda fragorosamente derrotada nas urnas venceu o quarto turno, que não é previsto na Constituição, mercê da sórdida aliança com os suspeitos de sempre, reunidos no Centrão no Poder Legislativo, e com representantes de alto relevo no Executivo. Foi um coice no queixo, um chute no traseiro do cidadão. Basta ver que o STF atendeu a petição de um partideco, o PCdoB, que não resistirá à cláusula de barreira, quando entrar em vigor, o que já devia ter ocorrido. É o canto do cisne da velha aristocracia bandida da política, mas a decisão de ontem a manterá firme na luta.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

YOUTUBEestação

Assuntos para comentário da sexta-feira 8 de outubro de 2019

1 – Haisem – STF proíbe prisão após segunda instância e abre caminho para Lula ser solto – é a manchete do Estadão de hoje. O que, afinal, levou aos 6 a 5 de volta a 2009

SONORA_TOFFOLI 0811 A – 0’51”

2 – Carolina – Apoiadores de Lula fazem festa e oferecem cachaça em frente ao Supremo é título em destaque na primeira página do portal do Estadão neste momento no ar. Além disso, o ex prepara-se para percorrer o País e  recebe apoio do exterior, principalmente do presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández. Em que a libertação de Lula mudará panorama político nacional

SONORA_GLEISI 0811

3 – Haisem – Na primeira página, portal do Estadão registra também: Congresso pode alterar marco para cumprimento da prisão. Mas na Editoria da Política outro destaque: Alcolumbre não quer discutir nova lei. O que significa essa aparente contradição

4 – Carolina – O que mais chamou sua atenção na sessão histórica de ontem do Supremo Tribunal Federal

5 – Haisem – Você acha que a Operação Appius, deflagrada ontem cedo pela Polícia Federal com a apreensão e busca em escritórios do ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro César Asfor Rocha, foi mera coincidência de calendários ou tem alguma motivação oculta

6 – Carolina – O que há por trás da promoção da procuradora federal paulistana Thaméa Danelon, que foi da Lava Jato em São Paulo e agora vai atuar na área cível da procuradoria do Tribunal Federal Regional da 4.ª Região, em Porto Alegre, onde a operação tem tido grande apoio

7 – Haisem – Após leilões fracos, regra do pré-sal pode mudar – é outro título da chamada de primeira página do Estadão de hoje, ao lado da manchete do STF. Você acha que isso deveria ou não ser feito

8 – Carolina – José Roberto Guzzo estréia no domingo coluna no Estadão – anuncia chamada de primeira página da editoria política do portal do jornal hoje. O que motivou esse destaque todo para o jornalista

Comentário no Jornal Eldorado: STF entre ruim e pior

Comentário no Jornal Eldorado: STF entre ruim e pior

Ao amanhecer do dia da sessão adiada para decidir entre cumprimento de pena após condenação em segunda instância ou necessidade do trâmite eterno em liberdade, vulgo “trânsito em julgado”, na quarta instância, o Estadão publica reportagem sobre tentativa de maquiar o enorme erro com panos quentes. A saída com desonra, proposta sem pudor pelo presidente Dias Toffoli, deu ao relator da Lava Jato, Edson Fachin, oportunidade para usar a autoridade de julgador frequentemente ético para fantasiar a iniciativa de libertar bandidos do colarinho-branco, chefe do PT, que o levou ao pináculo, com defesa de direito pleno a cidadão que não será beneficiado.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

 

Assuntos do comentário da quinta-feira 7 de novembro de 2019

1 – Haisem – A que conclusões leva a leitura da reportagem do Estadão que teve chamada no alto da primeira página sob o título Tese alternativa sobre execução de penas ganha corpo no STF

2 – Carolina – Polícia Federal abre inquérito para investigar depoimento de porteiro – este é o título de reportagem publicada na página A 8 da Editoria Política do Estadão. O que você acha desta notícia

3 – Haisem – Que novidades traz ao caso Marielle o depoimento do ex-PM Élcio de Queiroz à polícia de que foi assessor do petista Lindbergh Farias na Prefeitura de Nova Iguaçu

4 – Carolina – A manchete de primeira página do Estadão hoje é Megaleilão do pré-sal frustra expectativa e aperta contas de 2020. Que conseqüências esta novidade pode trazer para a economia do brasileiro comum

SONORA_BENTO ALBUQUERQUE 0711

5 – Haisem – O que você me diz de mais este episódio super negativo do post publicado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, a respeito de assunto interno da parceira Argentina, desmentido pelos fatos, e que, por isso ele teve mais uma vez de apagar nas redes sociais

6 – Carolina – Previdência de municípios e Estado tem primeiro aval – revela notícia em primeira página no Estadão de hoje, segundo a qual, com 56 votos a favor e 11 contra, o Plenário do Senado Federal aprovou ontem o texto principal da chamada PEC Paralela da Previdência

SONORA_TASSO 071

7 – Haisem – Título de chamada no alto da primeira página do Estadão chama a atenção para o fato de que Miseráveis no País superam a população da Bélgica. Esta tragédia decorre de quê

8 – Carolina – Que efeitos positivos poderão trazer o plano de emprego com o qual o governo federal espera criar 3 milhões de empregos em 4 anos

 

Comentário no Jornal Eldorado: A hora e a vez do Congresso

Comentário no Jornal Eldorado: A hora e a vez do Congresso

Ao entregarem ao presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, três projetos de emenda constitucional que mudarão radicalmente o perfil de gastos da máquina pública federal, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes sugeriram a mais radical reforma administrativa da História da República. Para que ela se transforme no atestado de maioridade do cidadão que deixaria de ser, como é agora, mero servo da aristocracia cleptocrata no poder, que se diz representante do povo, será necessário que o Congresso, mesmo que a desfigure, não a estraçalhe, os brasileiros adquirirão o controle do próprio bolso. Já é um grande avanço e confesso que não esperava comemorá-lo, como o faço agora, mesmo desconfiando que os parlamentares continuarão escravos dos próprios interesses.

 

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 


Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

YOUTUBEestação

Assuntos para comentário da quarta 6 de novembro de 2019

1 – Haisem – Proposta de Guedes muda lógica dos gastos públicos – esta é a manchete do Estadão de hoje. Este pacote de mudanças constitucionais, já tido como a maior revolução na administração pública no Brasil, tem alguma chance de passar no Congresso

EXPRESSO_GUEDES 0511

2 – Carolina – Guedes prevê a extinção de municípios no pacote de ajustes. Esta é a manchete da página 4 da Editoria do Estadão de hoje. O que você acha da proposta do governo e ela seria, a seu ver, viável

3 – Haisem – Por que, a seu ver, sindicatos ameaçam ir à Justiça contra o leilão do pré-sal previsto para hoje

4 – Carolina – Qual é a lógica do Supremo Tribunal Federal de não atender ao apelo dos 41 senadores que foram ontem ao presidente Dias Toffoli pedir a manutenção da jurisprudência da prisão após segunda instância, e, sim, ao pedido do PCdoB para derrubá-lo

5 – Haisem – Você entende e pode explicar por que a Polícia Federal pediu ao relator da Operação Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, a prisão de Dilma e Mantega, mas ele negou

6 – Carolina – Quais são as possibilidades, segundo seus cálculos, de desta vez o senador Renan Calheiros vir mesmo a ser, de alguma forma, punido no mais recente dos muitos processos a que responde no STF

7 – Carolina – O que você acha desta grande movimentação para criminalizar reação do general Augusto Heleno e declaração do deputado Eduardo Bolsonaro que, de alguma forma, remetem à ditadura militar

8 – Carolina – Você aprova a mudança da disputa do jogo final da Libertadores Conmebol entre Flamengo e River Plate de Santiago para Lima

Direto ao Assunto no Jornal Eldororado: Vagas em canteiros de obras

Direto ao Assunto no Jornal Eldororado: Vagas em canteiros de obras

Tenho alvíssaras e pêsames a lhe dar. Desde julho, seis construtoras e incorporadoras captaram R$ 3,8 bilhões no mercado acionário e estão previstos lançamentos de ações de outras empresas”, registra editorial A economia reage do Estadão. E mais: Nos 12 meses até setembro foram vendidas na cidade de São Paulo 42.351 residências, número 46,6% maior que o do período imediatamente anterior, segundo o Secovi, o sindicato da habitação”. E O Antagonista revelou que Jonas Suassuna, dado pelo MPF como verdadeiro dono do sítio do Lula, se meteu com a armadora do navio que emporcalhou as praias do Nordeste. Santa Virgem Maria, orai por nós!  

 

Para ouvir clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

YOUTUBEestação

 

Assuntos para comentário na terça-feira 5 de novembro de 2019

1 – Haisem – A manchete do Estadão hoje é a seguinte: Investimento privado eleva projeção oficial do PIB. Qual é a boa novidade desta notícia que parece óbvia, a ponto de merecer este destaque

2 – Carolina – A economia reage é o título do primeiro editorial do Estadão na edição de hoje. Até que ponto essa constatação reflete o aumento, se não da confiança, pelo menos da confiança na possibilidade de o Brasil sair da crise

3 – Haisem – Governo ainda não sabe  quanto óleo ainda atingirá o litoral do País – é outro título de chamada na primeira página do Estadão. O que justifica esse esclarecimento.

SONORA_MINISTRO DA DEFESA 0511

4 – Carolina – O que você tem a dizer sobre a frase da ministra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia, que disse a artistas ontem que “censura não se debate, se combate”

SONORA_CARMEN 0511

5 – Haisem – O Portal do Estadão que está no ar também destaca que Gilmar irá relatar notícia-crime contra Eduardo. Até quando vai render esse palpite infeliz do filho 03 do presidente Jair Bolsonaro

6 – Carolina – A página A8 da Editoria Política do Estadão revela que MP pode convocar porteiro novamente. Até quando vai render, na sua opinião, essa eventual citação do presidente da República na investigação sobre execução de Marielle Franco e Anderson Gomes no Rio

7 – Haisem – Governo Bolsonaro abandona ideia do Lava Jato da Educação –  este é mais um título da capa do Portal do Estadão que está no ar agora e você pode abordar. O que achou disso

8 – Carolina – Como você conecta o AI 5 da ditadura militar com o “trânsito em julgado” para começo de cumprimento de pena de condenados no Supremo Tribunal Federal quinta-feira dia 7

Comentário no Jornal Eldorado: Caso Escola Base repetido agora

Comentário no Jornal Eldorado: Caso Escola Base repetido agora

O caso Escola Base, ocorrido há 25 anos e lembrado até hoje com vergonha pelos meios de comunicação, repete-se na perseguição contra procuradora do MP do Rio Cármen Eliza de Carvalho, da equipe encarregada pela investigação do assassinato de Marielle e Anderson. Pressionada por críticos impiedosos, ela afastou-se da tarefa  pelo fato de ter divulgado em redes sociais foto sua com o rosto de Jair Bolsonaro no dia da eleição. A seu favor pronunciaram-se os pais da vereadora morta, mas isso não impediu que, para livrar a cara da Globo por uma notícia falsa dada no caso, oportunistas a usassem como bode expiatório.

 

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Políltica, Estadão, clique aqui. 

 

Assuntos para comentários da segunda-feira 4 de outubro de 2019

1 – Haisem – Ainda há alguma coisa que você possa dizer sobre o pedido de afastamento da procuradora Carmen de Carvalho, do Ministério Público do Rio, da investigação do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes

2 – Carolina – O que há de verdadeiro e, portanto, grave no noticiário da semana passada em que se tentou envolver o presidente Jair Bolsonaro na execução da vereadora do PSOL e de seu motorista

SONORA_BOLSO 0411

3 – Haisem – Por que não se encerra de uma vez a discussão sobre a investigação em torno de Adélio Bispo de Oliveira, que esfaqueou o presidente Jair Bolsonaro em campanha em 6 de setembro em Minas

4 – Carolina – Quais são as possibilidades de o líder do PSL na Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro, vir a ser julgado pela Comissão de Ética da Casa por causa de suas declarações sobre o Ato Institucional número 5

5 – Haisem – O que dá para concluir da informação de que o PSL, partido pelo qual o presidente da República se elegeu, pagou a advogados particulares com verbas públicas

6 – Carolina – Em sua opinião, há, de fato, alguma relevância na informação de que Manuela d’Ávila, do PCdoB, não tenha procurado a polícia para relatar as conversas que teve com o hacker de Araraquara Valter Delgati, o Vermelho, até levá-lo a Glenn Greenwald, do Intercept, quando elas aconteceram

7 – Haisem – O que dizer da informação de que o armador do navio grego acusado pelas autoridades brasileiras de haver derramado o petróleo venezuelano que chegou à costa brasileira foi citado na Operação Lava Jato

8 – Carolina – Por que você recomenda o artigo do prêmio Nobel de Literatura peruano Mario Vargas Llosa publicado no Estadão de ontem para quem quer entender as violentas manifestações de rua no Chile

 

Página 4 de 181«...23456...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial