Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Estadão Notícias: Um desastre para o governo

Comentário no Estadão Notícias: Um desastre para o governo

Numa articulação relâmpago ontem, a esquerda e o Centrão acertaram a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para dar explicações na Câmara sobre os cortes nas verbas para as Universidades. Em mais uma evidente demonstração de absoluta fragilidade do governo, desta vez não deu nem para adotar aquela desculpa absurda de que a parada teria sido ganha com o PSL votando junto. O partido de Bolsonaro levou uma surra assustadora, pois o requerimento foi aprovado por 307 deputados, um a menos do número necessário para aprovar uma reforma constitucional, caso da Previdência. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quarta-feira 15 de maio de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Comentário no Jornal Eldorado: Aviso aos inimigos

Comentário no Jornal Eldorado: Aviso aos inimigos

Depois de refletir 24 horas sobre o que teria levado o presidente Jair Bolsonaro a anunciar domingo, em entrevista à Rádio Bandeirantes, que indicará o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para a primeira vaga que abrir no STF (a mais provável será a de Celso de Mello, em novembro de 2020), concluí que o anúncio precoce tem, na verdade, dois motivos. O primeiro deles é afagar seu auxiliar, que tem sofrido repetidas derrotas, antes inesperadas, na Câmara e evitar que, aborrecido, este possa vir a deixar o posto. A outra, não menos verossímil, é dar um recado, um alerta, aos inimigos de ambos e do povo brasileiro de que o derrotado de hoje pode se tornar julgador decisivo com conhecimento de causa e sem favores a pagar a políticos em alguma votação de processos protegidos por foro privilegiado no Supremo.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da terça-feira 14 de maio de 2019

1 – Haisem – Em que as lições do dr. Ruy Mesquita nas reuniões de editorialistas do Estadão o ajudaram a entender melhor o mistério do anúncio antecipado em um ano e meio de Moro para o STF por Bolsonaro

SONORA MORO 1405 A

2 – Carolina – Que razões os membros da Unajuf têm para considerar inconstitucional a intervenção, que você disse ontem que era no mínimo abusiva, da Câmara dos Deputados na reforma administrativa feita por Bolsonaro em seu primeiro dia de governo

SONORA_PRESIDENTE COAF

3 – Haisem – Quais são as chances que os contribuintes brasileiros terão, a seu ver, de terem corrigidas suas declarações de Imposto de Renda, cogitada pelo presidente Bolsonaro e negada por “falta de dinheiro” pelos técnicos da equipe de Paulo Guedes

4 – Carolina – Você acha que foi uma coincidência infeliz, mas tem alguma razão para acreditar que um passarinho contou ao senador Flávio Bolsonaro que a Justiça aceitaria o pedido de quebra de seu sigilo bancário e fiscal dele próprio e de seu ex-assessor Fabrício de Queiroz ao dar a entrevista exclusiva a Renata Agostini do Estadão

5 – Haisem – O que você destacaria da nota oficial distribuída ontem pelo Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro para “repudiar com veemência” as declarações feitas pelo filho mais velho de Bolsonaro à repórter Renata Agostini do Estadõ

6 – Carolina – Que novidades traz a delação premiada de Henrique Costantino, da família controladora da companhia de aviação Gol contando em detalhe como pagou propinas ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

7 – Haisem – O que você acha que motiva a concessão de privilégios especiais na privação de liberdade dos ex-presidentes da República Luiz Inácio Lula da Silva e Michel Temer

8 – Carolina – A que hipóteses você atribui o fato de, mesmo sendo acusado do estupro de centenas de mulheres, o garimpeiro e curandeiro goiano João Teixeira continua num hospital e não na prisão

Comentário no Jornal Eldorado: Furto na tabela do Imposto de Renda

Comentário no Jornal Eldorado: Furto na tabela do Imposto de Renda

O presidente Jair Bolsonaro terá de impor sua consciência de cidadão à equipe de economistas que o cerca para cumprir o que disse estar cogitando de corrigir a tabela do Imposto de Renda de 2020, como anunciou domingo em entrevista à rádio Bandeirantes. Este é um das maiores ignomínias cometidas pelo Estado brasileiro ano após ano. Muito dificilmente o governo faz justiça devolvendo ao cidadão o dinheiro perdido na desvalorização e todo novo ano significa mais um assalto a mão armada – de vez que o Estado dispõe de Forças Armadas para impor a tabela sem correção sob a mesma alegação de problemas de caixa e sem a consciência, que agora Bolsonaro mostrou ter de que não se trata de uma renúncia fiscal, mas sim da devolução de um dinheiro já retirado da conta do contribuinte.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da segunda-feira 13 de maio de 2019

1 – Haisem – Será que o presidente Jair Bolsonaro conseguirá mesmo cumprir sua promessa de corrigir a tabela do Imposto de Renda de 2020, como anunciou ontem

2 – Carolina – “Presidente diz que vai indicar Moro para vaga no Supremo”, registra a notícia publicada no alto da primeira página do Estadão ontem. Por que ele terá antecipado tanto um anúncio que só poderá fazer em novembro de 2020 quando o decano do STF, Celso de Mello, se aposentar com 75 anos

SONORA_BOLSONARO 1305

3 – Haisem – A  manchete do Estadão hoje revela que “Flávio Bolsonaro diz que MP o ataca para a atingir o governo”. Existe mesmo essa possibilidade, revelada em entrevista exclusiva a Renata Agostini, do Estadão, de tal ignomínia acontecer

SONORA_FLÁVIO A

4 – Carolina – Que atitude você e a Nação esperam do presidente Bolsonaro de sancionar ou vetar o projeto de lei que anistia partidos que não cumpriram a determinação de distribuir 30% das verbas eleitorais partidárias para as mulheres

5 – Haisem – Quais são, a seu ver, as chances de a defesa de Lula ter chance de conseguir do Superior Tribunal de Justiça autorização para o ex-presidente sair do regime de prisão fechada diretamente para a aberta, sem passar para a semiaberta

6 – Carolina – Que razões você vê para que os projetos que aumentam os salários dos fiscais estaduais acima do teto tramitarem com rapidez tão inusitada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

7 – Haisem – Agora que a Justiça Militar resolveu processar o tenente e os soldados do Exército que executaram o músico Evaldo Santos Rosa e o catador de papel Luciano Macedo, você mudou de ideia sobre necessidade de mudar o processo para a Justiça comum

8 – Carolina – Que conseqüências práticas, a teu ver, terá a notícia de que foram encontradas mais provas contra o deputado Aécio Neves, do PSDB de Minas, de que realmente recebeu propina do açougueiro Joesley Batista, do grupo JBS

Direto ao Assunto no YouTube: Moro no Supremo

Direto ao Assunto no YouTube: Moro no Supremo

Bolsonaro achou um jeito de compensar Moro das derrotas que ambos têm sofrido na Câmara do grupo do Centrão – comandado pela trinca Rodrigo, Alcolumbre e Valdemar – dizendo que cumprirá seu compromisso de nomeá-lo na próxima vaga abertano STF. O magistrado logo esclareceu que não impôs condições para aceitar o convite para o ministério e nem teria mesmo por quê. Mas esta será uma longa batalha, porque o trabalho competente e honesto do ex-juiz no comando da Operação Lava Jato fez muitos inimigos no Senado, no qual os nomeados para o Supremo são sabatinados. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver Vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Estadão Notícias: Farra sindical de volta

Comentário no Estadão Notícias: Farra sindical de volta

Após ter sido extinta na reforma trabalhista de Rogério Marinho e Temer com reforço na MP sindical de Bolsonaro, a obrigatoriedade de todo cidadão brasileiro contribuir para a farra dos dirigentes sindicais vagabundos pode ressuscitar. Pelo menos é o que conspiram os líderes do Centrão – entre os quais Paulinho da Força – aproveitando a maré de cinismo vigente no Legislativo com as vitórias das últimas semanas sobre o governo Bolsonaro em geral e Sérgio Moro em particular. Convém ficar de pé atrás com essa safadeza. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da segunda-freira 13 de maio de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Comentário no Jornal da Gazeta: Bolsonaro deixou Moro perder

Comentário no Jornal da Gazeta: Bolsonaro deixou Moro perder

Ao não cuidar do necessário apoio parlamentar à MP da reforma administrativa, que incluía reformulação da Esplanada dos Ministérios e transferência do Coaf do Ministério da Economia para o da Justiça, Bolsonaro deixou o tempo passar e, na prática, entregou providências tomadas logo depois da posse por conta do Centrão e do líder do Senado no governo, senador Fernando Bezerra Coelho. Às vésperas de a MP caducar, o presidente cuidou de permitir que colecionadores e caçadores usassem armas, enquanto a inexistente base governista na Câmara, orientada por Ônyx Lorenzoni, acusado de usar caixa 2, que Moro quer criminalizar, orientou rebanho do PSL a empurrar o ex-juiz da Lava Jato na fossa. Joyce Hasselmann e Eduardo Bolsonaro foram lá. E aí foi feito o jogo sujo de parlamentares suspeitos e apavorados.

Para ouvir clique no play abaixo.

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário da sexta-feira 10 de maio de 1019

 1 – Haisem – “Governo não se empenha e Moro fica sem o Coaf”, registrou Estadão no alto da primeira página. Você acha que faltou mesmo empenho de Bolsonaro para pretensão de Moro de manter o Coaf ser atendida e por que isso teria acontecido

SONORA_BEZERRA 2005

 2 – Há de fato algum risco de a transferência ter sido uma retaliação aos agentes da Receita pelos suspeitos, acusados e processados da Lava Jato e de a Operação ser prejudicada por ela?

SONORA_PORTA VOZ

 3 – Haisem – Você vê algum sentido na transferência da transferência de todas as políticas de desenvolvimento da indústria, comércio e serviços do Ministério da Economia para o Ministério da Ciência e Tecnologia, que tem à frente o ministro Marcos Pontes, e que, aliás, foi. antecipada pelo blog da coluna Direto da Fonte de Sônia Racy

 4 – Carolina – A falta de pressa do Supremo Tribunal Federal em decidir sobre as prisões de Sarney e do Coronel Lima Filho, deixando-a para terça-feira, frustrou de alguma forma a defesa do ex-presidente

 5 – Haisem – Com a necessidade de se encontrar prisões adequadas para ex-presidentes condenados a cumprir pena por crimes comuns, caso de Lula e Dilma, sem falar nas perspectivas em relação a Collor e Dilma, você não acha que já era hora de o Congresso definir legalmente que solução deve ser dada para esses casos excepcionais

 6 – Carolina – Que alegações o Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul teve para processar o governo por censura, racismo e homofobia pela suspensão da campanha publicitária do Banco do Brasil

 7 – Haisem – O que significa a corrida de oposicionistas a embaixadas em Caracas depois da onda de decisões repressivas do ditador Nicolás Maduro

 8 – O que você tem a dizer para satisfazer minha vocação de spoiler sobre a entrevista desta semana no Blog do Nêumanne, que está na primeira página do portal agora cedo

MP3

Página 2 de 15412345...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial