Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Vídeos

Direto ao Assunto no YouTube: Para Bolsonaro, o público é dele

Direto ao Assunto no YouTube: Para Bolsonaro, o público é dele

“Moro, você tem 27 superintendências, eu quero apenas uma, a do Rio”, disse o presidente da República, Jair Bolsonaro, a seu ex- ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro, conforme revela mensagem por WhatsApp que este entregou à delegada da PF e a três procuradores em depoimento tornado público ontem, a pedido do depoente com a anuência do procurador-geral Augusto Aras e autorização do ministro Celso de Mello, decano do STF. A frase, reproduzida em destaque por todos os meios de comunicação hoje, é completada com o sugestivo e chocante uso do pronome adequadamente possessivo na primeira pessoa do singular: “Meu Estado”. Trata-se da forma mais explícita com que um governante misturou o público, não só do privado, mas com a posse. Uma matéria-prima para o grande cientista social Raimundo Faoro no seu clássico “Os Donos do Poder”. Apesar de as narrativas fascibolsonaropetistas insistirem que o ex-juiz da Lava Jato fracassou como homem-bomba, só essa frase bastaria para definir o depoimento como bombástico. Só não basta porque os eventuais defensores do Estado de Direito contra arreganhos golpistas dele se acovardam. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube, clique no play abaixo:

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Direto ao Assunto no YouTube: Depoimento de Moro sem sigilo

Direto ao Assunto no YouTube: Depoimento de Moro sem sigilo

Aras e Mello fazem muito bem em atenderem a autorização dada pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro para levantarem o sigilo de Justiça de seu depoimento contendo acusações sobre tentativas do presidente Jair Bolsonaro de intervir politicamente na Policia Federal. Próximo passo do ex-juiz da Lava Jato para continuar sendo coerente com sua atuação bem-sucedida e aplaudida na luta contra a corrupção é revelar também publicamente o maior cabedal possível de provas. O procurador-geral da República também terá de tomar atitudes que afastem as suspeitas de que ele tem feito o possível para ser grato a quem o nomeou para o topo da carreira e meteu-se em camisa de sete varas dando mostras claras de que tem feito o diabo para livrar-se e aos filhos de acusações criminais muito graves. E Celso de Mello tem a oportunidade presidindo o relevante inquérito de fechar com chave de ouro sua atuação como o mais antigo membro do STF. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará. 

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:
 

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Comentário no Jornal Eldorado: Posse clandestina na PF

Comentário no Jornal Eldorado: Posse clandestina na PF

Depois de ter sido impedido por decisão monocrática de dar posse a seu preferido na direção-geral da PF, Alexandre Ramagem, o presidente Jair Bolsonaro protagonizou fato inédito na gestão pública no Brasil. Nomeou Rolando Alexandre de Souza, homem de confiança do presidente da Abin, e, uma hora depois da publicação no Diário Oficial, o empossou em solenidade clandestina. Que vexame!

Para ver comentário no Jornal da Gazeta da segunda-feira 4 de maio de 2020, às 19 horas, clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro dribla Alexandre

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaro dribla Alexandre

O presidente Jair Bolsonaro deu um drible da vaca no ministro do STF Alexandre de Moraes, que, em decisão monocrática, o impediu de nomear seu ex-segurança Alexandre Ramagem na direção-geral da Polícia Federal indicando de surpresa o braço direito deste na Abim, Rolando Alexandre de Souza, e o empossando em solenidade clandestina no Palácio do Planalto uma hora depois da publicação da nomeação no Diário Oficial. E ainda levou dois prêmios de lambujem: o ministro Marco Aurélio Melo sugeriu ao presidente Dias Toffoli que não permita novas decisões monocráticas como as recentes em casos envolvendo outros poderes, leia-se o Executivo. Toffoli espalhou aos quatro ventos sua indignação contra Alexandre, Celso de Mello, Fux e Barroso, que também tomaram providências contra o substituto de Lula em seu generoso coração. Em troca tem a felicidade de ver no Ministério da Justiça no lugar do inimigo do PT Moro seu servo de confiança, Mendonça. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Direto ao Assunto no YouTube: Lava Jato morreu

Direto ao Assunto no YouTube: Lava Jato morreu

Com a demissão do ex-diretor-geral da Policia Federal, Maurício Valeixo, e o consequente pedido de demissão do ex-juiz Sérgio Moro do Ministério da Justiça, o presidente da República, Jair Bolsonaro, decretou a morte da Lava Jato, a mais bem-sucedida Operação de PF, MPF e Justiça Federal da História do Brasil, com cuja sobrevivência ele assumiu compromisso com eleitorado para manter. Em um ano e quatro meses de gestão, ele conseguiu o que PT, MDB, Centrão e todas as organizações partidárias criminosas do Brasil, não lograram em seis anos de existência. Além disso, pôs em postos-chaves os petistas André Mendonça no Ministério da Justiça e Augusto Aras na Procuradoria-Geral da República. Agora os bolsonaristas usam o gabinete do ódio para assassinar a reputação de Moro chamando-o de Judas. Traição ou deslealdade são palavras maneiras demais para definir o que, na verdade, o capitão fez para servir seus novos aliados do Centrão, que estão sendo comprados com verbas públicas para o livrarem e a seus filhos de investigações de crimes ominosos. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Direto ao Assunto no YouTube: Judas é Moro ou Bolosonaro?

Direto ao Assunto no YouTube: Judas é Moro ou Bolosonaro?

Com sua obsessão em construir inimigos, obedecendo ditames do gabinete do ódio do trio Nota Zero, 01, 02, 03 e agora a participação especial do 04, o presidente Jair Bolsonaro chamou seu ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, , que depôs neste sábado, à tarde, na PF de Curitiba, a respeito de acusações que lhe fez, de “Judas”. Insinuou que o ex-juiz está nos bastidores da decisão do juiz de Juiz de Fora que considerou Adélio Bispo, que o esfaqueara na campanha, inimputável por este não ter mandado o ex-diretor geral da PF investigar os telefones de advogados do cara. Ora, a decisão do juiz foi tomada porque o advogado da vítima, ele, perdeu o prazo de apresentar óbices à sentença. E a PF foi proibida de periciar os telefones do advogado porque foi proibida pela Justiça, que até hoje mantém a proibição. Relacionei as traições do chefe do governo, entre as quais sancionar o juiz de garantias, sugestão de Alexandre de Moraes, do STF, que o gabinete do ódio agora crucifica. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Página 5 de 152«...34567...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial