Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Vídeos

Estadão às 5H: Desatrelado de Trump

Estadão às 5H: Desatrelado de Trump

Ao protagonizar a decisão do Grupo de Lima de manter o esforço internacional para influir na redemocratização da Venezuela sem invadir seu território nem interferir em seus assuntos internos, o governo de Jair Bolsonaro desmanchou o atrelamento automático à política externa do governo Trump, o que agora se revela um mito. Embora a iniciativa da oposição a Maduro ter malogrado na tentativa de entregar alimentos e remédios ao humilhado e faminto povo da Venezuela, além de não provocar um número significativo de desertores nas forças militares e milicianos do ditador bolivariano, os fatos do fim de semana provocaram a atitude desumana do tirano ao comemorar seu “triunfo”. Este é um dos comentários que fiz no Estadão às 5, programa ancorado por Gustavo Lopes e retransmitido do estúdio da TV Estadão na redação do jornal por YouTube, Twitter e Facebook, na terça-feira 27 de fevereiro de 2019, às 17 horas.

Para ver o vídeo, clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto no YouTube: O Brasil no Grupo de Lima

Direto ao Assunto no YouTube: O Brasil no Grupo de Lima

O Brasil tem desempenhado um papel fundamental na decisão prudente do Grupo de Lima, reunido em Bogotá, denunciando a reação desumana do ditador bolivariano Nicolás Maduro, que dançou a salsa e festejou a obstrução da entrada da ajuda humanitária para seu povo faminto, sofrido e humilhado. A postura brasileira de se manter firme no compromisso com a redemocratização do país vizinho, mas sem ceder ao aventureirismo da invasão do território venezuelano ou de qualquer tipo de intervenção ferindo a soberania do outro, foi seguida pelos demais membros, apesar da insistência mais agressiva dos americanos. O fiasco da iniciativa da oposição, com o número ínfimo de desertores, foi de certa forma compensado pela euforia com que o déspota demonstrou estar em seu palácio completamente isolado de seu próprio povo. Se gostar deste vídeo, por favor, dê um like, inscreva-se no meu canal, clique no sininho se quiser ser avisado dos próximos e compartilhe-o no Twitter e no Facebook. Direto ao Assunto. Inté. Só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo publicado no YouTube clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto no YouTube: É difícil derrubar Maduro

Direto ao Assunto no YouTube: É difícil derrubar Maduro

Em discurso bem feito e bem lido, o vice-presidente Hamilton Mourão definiu a posição do Brasil no Grupo de Lima a respeito da luta pela redemocratização da Venezuela, faminta, oprimida e humilhada pela ditadura chavista de Nicolás Maduro. Ele lembrou que os chavistas militarizaram o país vizinho de forma inédita na América espanhola. E só nos caberá agir com prudência, calma e sabedoria, de forma a conduzir a situação para a convocação de uma eleição direta, livre e isenta de fraudes, convocada e organizada pelo presidente da Assembleia Nacional, e com observação de especialistas estrangeiros, sob o comando da OEA. Isso não será fácil e demandará tempo, pois, além dos chefes militares (3 mil oficiais generais nas três Forças), o tirano bolivariano é guardado e protegido por cubanos, FARCs, ELN, elementos do Hezbolah, traficantes de drogas e armas e apoiado pela esquerda internacional, Rússia, China e Turquia, com a omissão calculada do Papa Francisco e da ONU. Se gostar deste vídeo, por favor, dê um like, inscreva-se no meu canal, clique no sininho, se quiser ser avisado quando publicar os próximos, e compartilhe-o em Twitter e Facebook. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo publicado no YouTube clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto no YouTube: Os maduristas do Brasil

Direto ao Assunto no YouTube: Os maduristas do Brasil

Enquanto o tirano Maduro mata indios e pobres na fronteira, incendeia caminhões com remédios e alimentos doados ao povo que massacra, seus devotos no Brasil espalham as mentiras que ele usa em seus delírios de autocrata. O ex-chanceler de Lula e Dilma, Celso Amorim, de seu posto em Genebra, onde serve de estafeta das calúnias de Lula contra o Brasil, sustentado por nós, vítimas dos desgovernos petistas aos quais serviu, sabota os esforços do governo, que já o devia ter trazido de volta para Brasília. Se gostar deste vídeo, por favor, dê um like, inscreva-se no meu canal, clique no sininho para ser avisado quando publicar os próximos e compartilhe-o em Facebook e Twitter. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo, clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Direto ao Assunto no YouTube: A agonia da Venezuela

Direto ao Assunto no YouTube: A agonia da Venezuela

Ao obstruir a entrada de carretas com alimentos e remédios para salvar a vida dos famintos, humilhados e desesperados venezuelanos, o tirano chavista Nicolás Maduro mostrou ao mundo o fracasso cruel do socialismo dito bolivariano aos compassos de uma salsa que o ditador fez questão de dançar. Ao contrário do que sugerem os governos esquerdistas de México e Uruguai, a única solução para esse impasse surrealista e desumano será convocar eleição presidencial com observadores internacionais, de preferência sem os EUA. Se gostou deste vídeo, por favor, dê um like, inscreva-se no meu canal, clique no sininho para ser avisado quando publicar os próximos e o compartlhe no Twitter e no Facebook. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo, clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto no YouTube: Lula já pra cadeia

Direto ao Assunto no YouTube: Lula já pra cadeia

Pedido da defesa de Lula para STF passar por cima da decisão de Félix Fisher, do STJ, negado pelo relator da Lava Jato, ministro Edson Fachin, que manteve o ex preso, é boa ocasião para lembrar que, de fato, ele não está no lugar certo. Condenado duas vezes na primeira instância e uma na segunda por corrupção, é, portanto, preso comum e deveria começar cumprimento da pena num presídio, e não numa “sala de estado maior” numa repartição policial, cujo trabalho é atrapalhado por sua presença. Enquanto isso, seu amigo Maduro fechou as fronteiras para impedir entrada de ajuda humanitária para a população faminta e desesperada da Venezuela, cuja tirania bolivariana é bajulada pelo PT, que finge ser democrata. Se gostar deste vídeo, por favor, dê um like, inscreva-se no canal, clique no sininho para ser avisado quando publicar os próximos e compartilhe-o em Twitter e Facebook. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Página 5 de 61«...34567...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial