Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Mídias

Comentário no YouTube: Os inimigos de Bolsonaro

Comentário no YouTube: Os inimigos de Bolsonaro

Post de Bolsonaro ironizando os críticos de suas escolhas pessoais para cargos públicos que deveriam ser preenchidos por critérios técnicos, da óbvia lavra do filho Carlos, choca pela deselegância e pela truculência num momento de muita confusão interna de seu governo, que ainda não sinaliza para um rumo claro, perdendo-se em episódios desimportantes e deixando de lado missões prioritárias, tais como a retomada econômica pela equipe de Paulo Guedes, que tem indicado diretrizes racionais, e o combate aos crimes de corrupção e de violência, a cargo da autorizada competência do ex-juiz Sérgio Moro. Está na hora de o presidente retomar as trilhas que abriu na campanha e de o artífice das citadas iniciativas de causa incerta e efeitos duvidosos, seu filho Carlos, cumpra seu mandato de vereador no Rio. Direto ao assunto. Inté. E Deus é mais!

Comentário no Estadão às 5: Deselegância desnecessária

Comentário no Estadão às 5: Deselegância desnecessária

Nomeação de velho amigo para chefiar segurança da Petrobrás, atropelando plano de carreira da estatal, levou Bolsonaro a apagar antigo post em que condenava a prática das nomeações políticas para cargos públicos e publicou outro no qual desafia “grande parte” da imprensa, forma inadequada de se referir a qualquer destinatário, numa atitude deselegante e mal educada que não condiz com a alta responsabilidade de presidir a República. Com argumentação similar ao uso do vernáculo, abaixo da crítica, o texto, presumivelmente redigido por seu filho Carlos, faz uma ironia que não se aplica à relevância do assunto e não esconde, ao contrário só expõe, mais um descumprimento cabal de suas resoluções apregoadas em campanha e repetidas em seus discursos na própria posse e em outras solenidades e a previsão constitucional da gestão impessoal. Este é um dos comentários feitos por mim no Estadão às 5, programa transmitido do estúdio da TV Estadão na redação do jornal, com ancoragem de Emanuel Bomfim, pelas redes sociais Youtube e Twitter na sexta-feira 11 de janeiro de 2019, às 17 horas.

Para ver o vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no YouTube: O espantoso furto do PT

Comentário no YouTube: O espantoso furto do PT

A Petrobrás publicou estudo interno determinando a quantia de US$ 16 bilhões (R$ 59 bilhões, ao câmbio do dia), como total do rombo provocado pelo falso programa de nacionalização da fabricação de navios-sonda, empreendido nos governos petistas de Lula e Dilma. A revelação encaixa-se totalmente nas três delações premiadas de Palocci, que foi ministro da Fazenda do primeiro e chefe da Casa Civil da segunda, sabendo, portanto, do que fala. São novos elementos para confirmar a absurda roubalheira e jogar no lixo a narrativa fictícia da perseguição dele pelo establishment policial e judiciário e da falácia dela da gestora ilibada que nunca roubou e nem conta no exterior tem. O assunto não é novo, mas ainda vai provocar muitas consequências funestas para o PT e seus asseclas, que foram aliados ou até falsos oposicionistas. Se gostar deste vídeo, dê um like, inscreva-se no meu canal, clique no sininho para ser informado quando publicar os próximos; e me acompanhe diariamente no meu site Estação Nêumanne (www.neumanne.com) ou no Blog do Nêumanne no Estadão (https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/); de segunda a sexta, às 6 horas, no Estadão Notícias e, às 7h30m, no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado FM 107,3 (eldorado@estadao.com.net); e esporadicamente no Estadão às 5, aqui mesmo no YouTube. Direto ao assunto. Inté. E Deus é mais.

Para ver o vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no Estadão às 5: Proibir imigração é negar Brasil

Comentário no Estadão às 5: Proibir imigração é negar Brasil

Antes de tentar, como acaba de fazer, imitar Trump e negar acesso ao território nacional para imigrantes em nome da soberania nacional, governo Bolsonaro deveria dar prioridade absoluta para a reconstrução da economia reduzindo o desemprego crônico e, com isso, reduzindo a fuga de 3 milhões de brasileiros talentosos para o exterior, que é o nosso verdadeiro problema atual. Neste mundo impactado pelos fluxos migratórios transcontinentais, que atingem muito mais a Europa pela proximidade geográfica e os Estados Unidos pela prosperidade econômica e liberdade política, fechar a porta para a imigração é muito mais do que uma desumanidade flagrante, pois também nega a alma de nossa História. Este foi um dos comentários que fiz no Estadão às 5, transmitido do estúdio da TV Estadão na redação do jornal, ancorado por Emanuel Bomfim, para YouTube, Twitter e Facebook na quarta-feira 9 de janeiro de 2019, às 17 horas.

Para ver o vídeo clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Comentário no YouTube: O filhinho do general

Comentário no YouTube: O filhinho do general

Um dia depois de Bolsonaro e Guedes terem avisado na posse coletiva dos presidentes de BB, CEF e BNDES que “amigos do rei” não gozarão mais do privilégio do sigilo para esconder suas maracutaias em assaltos, saques e fraudes nos bancos públicos, o presidente de um destes, Rubem Novaes, promoveu Antônio Mourão, funcionário de carreira da instituição, para uma assessoria que lhe rende um salário três vezes maior do que o que recebe atualmente. Filho e xará do vice-presidente da República, o general Mourão, o felizardo passou a ganhar quase o que recebem o presidente da República e os ministros do STF. Assim, pelo visto, a Corte real dos compadres do PT na “nova política” estão sendo substituídos pelos “filhinhos do papai”. E este disse que o rebento é competente e o resto é fofoca. Fofoca, não, general. É um privilégio vergonhoso. Se gostar deste vídeo, dê um like, inscreva-se no canal, clique no sininho para ser avisado quando publicar os próximos; e agora, findas as férias, me encontrará, como de hábito, diariamente no Blog do Nêumanne na Política do Estadão (https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/) e no meu site Estação Nêumanne (www.neumanne.com); de segunda a sexta, às 6 horas, no Estadão Notícias no Portal do Estadão, e, às 7h30m, no Jornal Eldorado na Rádio Eldorado FM 107.3 (eldorado@estadao.com.net); e esporadicamente no Estadão às 5 aqui mesmo no Youtube. Direto ao assunto. Inté. E Deus é mais!

Para ouvir o vídeo clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/o-filhinho-do-general/

Comentário no YouTube: Nada de sigilo nos bancos públicos

Comentário no YouTube: Nada de sigilo nos bancos públicos

O presidente Jair Bolsonaro anunciou que não manterá sigilo das operações financeiras no BB, CEF e BNDES, o que é indispensável para revelar como foram beneficiados nas gestões anteriores os “amigos do rei”. O ministro da Economia, Paulo Guedes, foi além ao defini-las pelos nomes qur devem ser usados: “assaltos, saques e fraudes”. Somente quando as caixas pretas dessas instituições forem arrombadas é que a Nação saberá quem se aproveitou dessa bandalheira. Se gostar deste vídeo, por favor, dê um like, inscreva-se no meu canal e clique no sininho para ser informado quando publicar os proximos. Se tiver saudade, pode me encontrar no site Estação Nêumanne (www.neumanne.com). Direto ao assunto. Inté. E Deus é mais.

Página 32 de 80«...510152025...3031323334...4045505560...»
Criação de sites em recife Q.I Genial