Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Jornal Eldorado: Previdência é tabu

Comentário no Jornal Eldorado: Previdência é tabu

A cinco meses da eleição, nenhum dos pretendentes ao cargo mais poderoso do País deu a própria opinião a respeito do que fazer com o rombo provocado pelo financiamento da Previdência, o mais grave dos piores problemas das contas públicas no Brasil. Para ilustrar de forma mais dramática o atual deserto de espírito público e programas de governo dos candidatos à Presidência da República, não há nada que seja mais dramático, porque eles fazem isso por reconhecerem a forma alienada e descabida com que o próprio eleitorado despreza o problema, agindo com total irresponsabilidade, como se pouquíssimos cidadãos fossem capazes de entender que nenhum presidente a ser eleito poderá auferir de uma vitória eleitoral inspiração para resolvê-lo.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado da segunda-feira 14 de maio de 2018, às 7h30m)

Para ouvir, clique no play abaixo:

Ou clique no link abaixo e, em seguida, no play:

https://soundcloud.com/jose-neumanne-pinto/neumanne-1405-direto-ao-assunto

Para ouvir Não fui eu, com Paula Fernandes, clique no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=-DZxdR2FB00

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

http://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/previdencia-e-tabu/

Assuntos do comentário da segunda-feira 14 de maio de 2018

1 – Haisem O jornal O Globo fez um levantamento e concluiu que nenhum dos pré-candidatos à Presidência, a cinco meses do pleito, trouxe ao debate político e de gestão uma ideia que fosse sobre como enfrentar o rombo da Previdência. Será que este não é importante no desastre que se anuncia sobre nossas contas públicas?

2 – Carolina A advogada Rosa Cardoso, ex-coordenadora da Comissão Nacional da Verdade (CNV) tem razão ao denunciar a falta de cooperação dos americanos nas investigações sobre os crimes cometidos contra os direitos humanos no período da ditadura militar?

3 – Haisem No meio da fumaceira causada pela revelação de que Geisel autorizou continuar a política de execuções de “subversivos perigosos”, pela qual encarregou Figueiredo, a única declaração oficial partiu do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, segundo quem a polêmica não abala o prestígio do Exército. A seu ver, esta afirmação é correta e é suficiente?

4 – Carolina O ministro do STF Gilmar Mendes teve razão em sua decisão de mandar soltar o executivo da Dersa Paulo Vieira de Souza, vulgo Paulo Preto, cujas eventuais delações premiadas poderiam prejudicar membros do alto tucanato em São Paulo?

5 – Haisem Por que a juíza Débora Faltarona, da 1.ª Vara do Júri de São Paulo, mandou prender o ex-vereador Maninho do PT e seu filho pela agressão a um manifestante adversário antipetista defronte o Instituto Lula em São Paulo?

6 – Carolina Como você vê o fato de que, ao completar o segundo ano no governo, o presidente Temer tem os piores índices de popularidade ao menos desde a redemocratização, mas não sofre mais ameaças de vir a ter autorizado mais um inquérito sobre eventuais delitos de que é acusado durante o exercício da presidência?

7 – Haisem O Globo publicou em manchete no sábado que o ex-PM Orlando da Curicica está negociando delação premiada sobre a morte da ex-vereadora Marielle Franco, do PSOL, e do motorista Anderson Gomes. Será que agora a investigação da polícia do Rio vai chegar a alguma prova que a permita apontar mandantes e executantes da execução?

SONORA_GRAVACAO VEREADOR 01

8 – Carolina Treze dias depois do incêndio e do desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida, foram encerradas as buscas de vítimas. E também nenhuma autoridade adotou as providências necessárias para evitar que novas tragédias como aquela se repitam. Não é por que isso sempre se repete, hein?

SONORA Paula Fernandes, Não fui eu

https://www.youtube.com/watch?v=-DZxdR2FB00

Envie para um amigo

Criação de sites em recife Q.I Genial