Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

“Na casa avoenga”, poema de José Nêumanne interpretado por Luiz & Gael

“Na casa avoenga”, poema de José Nêumanne interpretado por Luiz & Gael

NA CASA AVOENGA

A nuca cansada apoiada
na palma aberta da mão,
os olhos míopes
do velho Chico Ferreira
escutavam o choro do sertão
no céu sem estrelas
da mais escura vastidão.

um sapo
um grilo
um rês
uma rã

Assim era o serão
na Fazenda Rio do Peixe,
de onde fui vindo.

Todo som que me vier
do bojo da rabeca de Bié,
como chuva na telha
e sabor de leite coalhado
com rapadura rapada
– eta emoção!

na casa2

Envie para um amigo

Criação de sites em recife Q.I Genial