Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Jornal Eldorado: Lula, do ridículo ao patético

Comentário no Jornal Eldorado: Lula, do ridículo ao patético
Em nota oficial lida defronte à PF de Curitiba por seu advogado, Cristiano Zanin, Lula reagiu à decisão da força-tarefa da Lava Jato de pedir à juíza de Execuções Penais, Carolina Lebbos, para decretar a progressão de sua pena, da qual foi cumprido um sexto, de regime teoricamente fechado para teoricamente semiaberto. Na prática, irá de fato  para o aberto, trabalhando em teoria durante o dia e passando em teoria a noite em casa. Nela o petista foi do patético, exigindo de juiz, desembargadores e ministros que o condenaram um pedido de desculpas pela participação deles na crise econômica com milhões de desempregados, ao ridículo, ao dizer que não admite trocar sua dignidade pela liberdade. Que dignidade, cara pálida?
Para ouvir clique no play abaixo:
Ou clique aqui e, em seguida, no play.
 
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
YOUTUBEestação

 

Assuntos para comentário de terça-feira 1 de outubro de 2019

 

1 – Haisem – A cada dia uma surpresa. Primeiro, a Lava Jato vai à juíza Carolina Lebbos para mandar Lula para o regime semiaberto que vai virar aberto. Agora Lula diz que não vai. Em que vai terminar a novela

CARTA_LULA 0110

 

2 – Carolina – Aí o presidente Jair Bolsonaro entrou na novela de Lula versus Lava Jato. “É direito dele (Lula) ficar preso. Quer ficar ficar, fica”, diz o título de uma chamada no alto da primeira página do Estadão citando-o. Por que, hein

 

3 – Haisem – Por que você acha que o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, não citou a recuperação judicial de quase 100 bilhões de reais ao falar do prejuízo dado pela empreiteira ao banco público

 

4 – Carolina – O que você acha da ideia de Marcelo Odebrecht de voltar para a empresa agora que ele está em casa e o presidente do BNDES revelou o prejuízo bilionário do rombo da empreiteira e talvez  Tesouro Nacional, ou seja, o contribuinte, pode levar um tombo de 8 bilhões e 700 milhões de reais

 

5 – Haisem – Falou-se tanto e com tanto entusiasmo da delação do fim do mundo dos 77 empresários da Odebrecht. Por que será que terminou explodindo com tiro de festim

 

6 – Carolina – O que você me diz da revelação feita pelo Blog do Fausto Macedo no Portal do Estadão de que Manuela dÁvila teve muito mais do que um contato com o hacker apontado como chefe do bando que invadiu os celulares de quase mil autoridades

 

7 – Haisem – Você tem algum palpite para explicar a contratação da advogada Dora Cavalcanti, que se destacou no noticiário como crítica da Operação Lava Jato e das delações premiadas em geral, pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot para se defender da investida do STF contra ele

 

8 – Carolina – Vamos ao spoiler da semana. Qual é o tema de seu artigo semanal no Blog do Nêumanne

 

Envie para um amigo

Criação de sites em recife Q.I Genial