Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Jornal Eldorado: Governo anuncia vacinas que não comprou

Comentário no Jornal Eldorado: Governo anuncia vacinas que não comprou

Pelo quinto dia seguido, o País registrou na quarta-feira 3 de março o recorde de mortes por covid-19 em 24 horas, com 1.840 óbitos. Com o agravamento da crise sanitária, o Ministério da Saúde diz ter acertado a compra de 99 milhões de doses da vacina da Pfizer e negocia a aquisição do imunizante da Janssen, após rejeitar durante meses propostas das duas empresas. Após meses de negociação, o governo federal decidiu, afinal,  comprar a vacina contra covid-19 produzida pela Pfizer/Biontech, que não confirmou o fechamento do negócio com a velocidade compatível com a situação. Até prova em contrário, dá para confirmar a tragédia anunciada, mas ainda não é possível apostar na esperança da vacina mais usada no mundo inteiro para imunizar o Brasil. São Tomé é, por enquanto, o padroeiro deste comentarista.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui. 

 

Assuntos para comentário da quinta-feira 4 de março de 2021

1 – Haisem – Com recorde de 1,8 mil mortes, Brasil compra doses da Pfizer – Este é o título da chamada do lugar mais alto da primeira página da edição impressa do Estadão de hoje.  A que estatística tétrica o País terá de chegar para nossos dirigentes políticos e líderes econômicos acordarem e reagirem

2 – Carolina – PIB cai 4,1% em 2020, País deixa grupo de dez maiores economias – Esta é a manchete da primeira página do jornal desta quinta-feira.  O que levou a essa catástrofe econômica e o que pode nos tirar desse poço que parece não ter fundo

3 – Haisem – Senado aprova texto da ajuda emergencial – Este é outro título de chamada na primeira página do Estadão hoje. Que alento nos traz essa notícia para as vítimas mais pobres da pandemia e da recessão, a seu ver

4 – Carolina –  Ministério de Educação promete punir fala política em Universidade – Este é o título de mais uma chamada de primeira página do jornal de hoje. Em que esse tipo de autoritarismo intolerante pode ajudar a instrução superior neste país sem esperança

5 – Haisem – Um terço de comissão que analisa a Lei da Improbidade pode se beneficiar do projeto – Este é o título de chamada na capa do Portal do Estadão. A que conclusões é possível chegar dessa notícia do levantamento feito pela Ong Transparência Brasil, a pedido do Estadão, na comissão da Câmara de Deputados que debate a lei em teoria imaginado para punir deputados federais desonestos

6 – Carolina – Qual a importância da notícia de que a namorada do empresário que vendeu a mansão ao senador Flávio Bolsonaro assessorou o ministro João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça, que liderou os votos da Quinta Turma favoráveis ao primogênito do presidente da República

 

Envie para um amigo

Criação de sites em recife Q.I Genial