Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Jornal Eldorado: Aras faz jogo do PT

Comentário no Jornal Eldorado: Aras faz jogo do PT

Novo procurador-geral da República, Augusto Aras, conspira com colegas para encontrarem o que chamam, cinicamente, de “saída honrosa” para afastar Deltan Dallagnol da coordenação da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, “rebaixando-o para cima” ao levá-lo a atuar na segunda instância no Paraná. Esta é mais uma prova de que o chefe do MPF decorou a lição de casa para seduzir Bolsonaro, mas não está nem aí para o fato de que este tem compromissos com combate à corrupção e antipetistas. Filho de um ex-deputado pelo PT da Bahia, Roque Aras, ele sempre manteve relações pra lá de cordiais com maiorais do PT de seu Estado e parece que o presidente não faz nenhuma questão de se mostrar leal às correntes de eleitores do chefe.
Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário da sexta 11 de outubro de 2019

1 – Haisem – Você acha que a cúpula da Procuradoria-Geral da República procurar saída honrosa para Deltan Dallagnol da coordenação da força-tarefa dos procuradores de Curitiba é um ato de fé e caridade cristãs

2 – Carolina – Você acredita que combina com o perfil conhecido do novo procurador-geral da República, Augusto Aras, contrariar o chefe que acaba de nomeá-lo, o presidente Jair Bolsonaro, ao confrontar, embora com subterfúgios, os heróis populares do combate à corrupção

3 – Haisem – Ou será que, depois da divulgação das mensagens de Telegram atribuídas a Moro, Dallagnol e mais quase mil autoridades de combate ao crime o cidadão comum já não os apóia mais tanto assim

4 – Carolina – Que motivos você acha que seu guru jurídico Modesto Carvalhosa, professor da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco da USP, tem para dizer que estamos numa República de Corruptos, e não num Estado Democrático de Direito no Brasil atualmente

5 – Haisem – Você encaixaria no Estado de Direito ou na República de Corruptos a tentativa de permitir a nomeação de indicados de políticos na Unidade de Inteligência Financeira, que substitui o Conselho de Controle de Atividade Financeira, o velho Coaf de guerra

6 – Carolina – A romaria de deputados e senadores para a canonização de irmã Dulce justifica o adiamento das votações, inclusive o segundo turno da reforma da Previdência, ou não

7 – Haisem – Quem tem razão, o ministro do Meio-Ambiente do governo Bolsonaro, Ricardo Salles, que informou sobre a possibilidade de o petróleo que contamina praias do Nordeste tenha origem na Venezuela ou a petroleira venezuelana, que nega peremptoriamente a hipótese

SONORA_BOLSO 1110 MANCHA CRIME

8 – Afinal, Nêumanne, Neymar Jr. tem ou não tem direito aos privilégios que, como craque do time, goza entre os jogadores da seleção brasileira de Tite

 

Envie para um amigo

Criação de sites em recife Q.I Genial