Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Jornal Eldorado: Analfabetos que não sabem contar

Comentário no Jornal Eldorado: Analfabetos que não sabem contar

A mãe das muitas tragédias de nosso País é a falência de nosso ensino, incapaz de preparar os jovens brasileiros para o mundo contemporâneo globalizado e competitivo. O mais grave é que estamos em plena disputa eleitoral para escolher o presidente da República, que até bem pouco tempo atrás era tido como a esperança para retirar a Nação do caos e da crise, e não há em nenhum dos candidatos com alguma chance de vitória nada que possa alimentar nossa esperança de que, pelo menos, algo possa melhorar, ainda que seja um pouco. A realidade é que o povo vegeta e a elite política só cuida em manter e ampliar privilégios, entre os quais o direito a uma Justiça lerda, leniente e sem moral nem honra.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na sexta-feira 31 de agosto de 2018, às 7h30m)

Para ouvir, clique no play abaixo:

Ou clique no link abaixo e, em seguida, no play:

https://soundcloud.com/jose-neumanne-pinto/neumanne-310818-direto-ao-assunto

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

Abaixo, os assuntos para o comentário de sexta-feira 31 de agosto de 2018

1 Haisem – “Dólar dispara, ensino piora, campanha esquenta”. Que primeira página, hein? Você se surpreendeu, se assustou ou se indignou com as conclusões divulgadas nos meios de comunicação pelo Ministério da Educação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), o mais importante exame brasileiro que mede desempenho dos alunos?

2 Carolina – Que motivos teve o presidente Michel Temer para surpreender e decepcionar todo mundo ao recuar na decisão anterior de adiar por um ano o reajuste dos servidores em plena crise e negociar com os ministros do Supremo Tribunal Federal um aumento salarial de 16,38% incluindo nele auxílios-moradia e que tais?

3 Haisem – “Caso Lula gera divisão interna no Tribunal Superior Eleitoral – relator do registro, ministro Luis Barroso quer agilizar processo enquanto a presidente da corte, Rosa Weber, defende respeito aos prazos” – estes são o título e a linha fina da notícia mais importante da política neste último dia da semana. O que justifica essa divisão entre dois ministros do Supremo Tribunal Federal, que têm votado juntos ultimamente sobre casos afins?

4 Carolina – Que razões teve o ministro do Tribunal Superior Eleitoral Tarcísio Vieira para negar o pedido do Instituto Democracia e Liberdade (IDL) para proibir a divulgação de pesquisas que incluam o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado, preso e inelegível, entre os candidatos a presidente na eleição de outubro?

5 Haisem – Que conseqüências poderão ter as informações dadas pelo doleiro delator premiado Lúcio Funaro a respeito da entrega pessoal de 20 milhões de reais ao ex-ministro de Temer Geddel Vieira Lima, citando ainda como beneficiários de propina Lúcio, irmão de Geddel, e seus antigos companheiros do PMDB, hoje MDB, Temer e Eduardo Cunha?

6 Carolina – Por que a juíza Simone Barbisan Fortes, da 1.ª Vara Federal de Florianópolis, rejeitou a denúncia do Ministério Público Federal contra o reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, Ubaldo Cesar Balthazar, e o chefe de gabinete da Reitoria, Áureo Mafra de Moraes, por suposta injúria contra a delegada da Polícia Federal Erika Marena, da Operação Ouvidos Moucos, que investiga suspeitas de desvios na Universidade?

 

7 Haisem – Que conseqüências terá para a economia brasileira em crise econômica, financeira e social, a decisão do Supremo Tribunal Federal declarando que a terceirização irrestrita é lícita e constitucional?

8 Carolina – Por que a entrevista que você publicou esta semana com o economista Cláudio Porto, fundador e presidente da Marcoplan, no Blog do Nêumanne está fazendo tanto sucesso no Portal do Estadão e no Twitter?

Envie para um amigo

Criação de sites em recife Q.I Genial