Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Jornal da Gazeta: Se Fabrício falar, a cobra vai fumar

Comentário no Jornal da Gazeta: Se Fabrício falar, a cobra vai fumar

Fala-se em “rachadinha” como se fosse uma coisa corriqueira. Não é. Flávio Bolsonaro e o presidente da Alerj, André Ceciliano, do PT, são investigados por três crimes graves: peculato, corrupção e lavagem de dinheiro. Isso é comum em Legislativos no País e devia ser apurado e combatido. O que torna o caso Fabrício Queiroz explosivo é que relaciona milícias cariocas com a famiglia Bolsonaro.

Para ver comentário no Jornal da Gazeta da sexta-feira 19 de junho de 2020, às 19 horas, clique no link abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
 

Envie para um amigo

Criação de sites em recife Q.I Genial