Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Comentário no Estadão Notícias: Furto e fascismo

Comentário no Estadão Notícias: Furto e fascismo

É pouco provável que o presidente do STF, Dias Toffoli, tenha negado o pedido do PDT para interditar a extinção do Ministério do Trabalho, decretada pelo presidente Bolsonaro, pelos motivos que enumero abaixo, mas isso é o menos relevante. O que importa é que o órgão, criado por Getúlio para perpetuar o controle dos sindicatos pelo Estado em 1930, tendo como base aCarta del Lavoro do fascista italiano Mussolini, nunca passou de uma carga pesada demais para as costas da classe operária, apesar de sua retórica trabalhista. E, ao longo do tempo, tornou-se um antro de roubalheira que transferia recursos direto do bolso do operário para os políticos ladinos que o dirigiam. Decisão correta. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da sexta-feira 10 de janeiro de 2019.

Para ouvir  clique aqui e, em seguida, no player:

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Envie para um amigo

Criação de sites em recife Q.I Genial