Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Jornal Eldorado: CPMF disfarçado, vôte!

Comentário no Jornal Eldorado: CPMF disfarçado, vôte!

Inventaram um novo nome, Contribuição Social para Transações e Financiamentos, uma mentira, pois de social não tem nada, uma sigla diferente (CTSL) e abaixaram a alíquota para 0,22%, mas esse disfarce não engana o mais ingênuo dos pagadores de impostos do Brasil, pois cada um sabe quanto isso dói no bolso. Trata-se apenas de uma forma de garantir uma arrecadação sem necessidade de cobrança e que atinge a todos, especialmente os mais pobres, que têm menos voz no Congresso e menos vez na economia. A esperança é que pelo menos neste caso Paulo Guedes e Marcos Cintra não passem a perna em nossos ditos representantes.

Para ouvir comentário clique no play abaixo:
Ou clique aqui e, em seguida, no play.
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Estadão, Política, clique aqui. 

Assuntos para comentário de quinta-feira 22 de agosto de 2019

1 – Haisem – Manchete do Estadão hoje revela Equipe econômica defende ‘nova CPMF’ com alíquota de 0,22%. Será que Paulo Guedes tem força para convencer Congresso para aprovar esse erro capital, que outros governos já cometeram

2 – Carolina – Medida Provisória dita da “liberdade econômica” passou de forma surpreendente e rapídamente ontem, mas sem trabalho aos domingos. Isso significa um avanço para destravar a economia, como pregou o governo

3 – Haisem – Correios e mais 8 estatais entram na lista de privatizações. Que papel esta medida terá para evitar a prorrogação desta recessão, que é maligna para o bolso de todos os brasileiros, mas, como a CPMF, nova ou velha, atinge mais os pobres

SONORA_MATTAR 2208

4 – Carolina – Doria radicalizou o discurso contra Jair Bolsonaro, reforçando sua postura para a candidatura a presidente da República em 2022. Mas sofreu derrota séria com a negativa da cúpula do PSDB de não expulsar seu ex-presidente Aécio Neves

SONORA_AECIO 2208

5 – Haisem – O juiz Luiz Monat negou o pedido da força-tarefa da Operação Lava Jato para prender o ex-ministro da Fazenda de Lula e Dilma, mas decretou que fique em casa usando tornozeleiras. O que me diz desta mudança de rigor, contrariando antiga postura de seu antecessor, Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça

6 – Carolina – Segundo noticiário político do Estadão, crise na Receita Federal teve o efeito paralelo inesperado de ressuscitar a chamada CPI da Lava Toga no Senado. O que você acha disso

 7 – Haisem – O que você acha da vitória do governo Bolsonaro e de seu candidato a embaixador do Brasil em Washington, Eduardo Bolsonaro, presidente da Comissão de Relações Externas da Câmara dos Deputados, que aprovou o acordo com os Estados Unidos para a base de Alcântara

8 – O Estadão publicou no noticiário político que “a cada semana um funcionário deixa o governo. Por que o rodízio dos cargos importantes gira de forma tão veloz neste governo de Jair Bolsonaro

um milhão2

Comentário no Jornal Eldorado: Haddad estreia condenação

Comentário no Jornal Eldorado: Haddad estreia condenação

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, poste posto à disposição do chefão Lula na eleição presidencial do ano passado e que até agora tinha passado incólume nas falcatruas de seu partido, o PT, que já levaram vários figurões da legenda para a cadeia, foi condenado pela Justiça Eleitoral por caixa 2. Na mesma ação, o ex-tesoureiro petista João Vaccari Neto, veterano de penas da Lava Jato, todas cumpridas em cadeia em Curitiba, teve mais dez anos acrescidos à última exatamente nas duas modalidades nas quais o ex-inocente de plantão foi absolvido. Enquanto o primeiro estreou sua condição de apenado, o segundo tornou-se o exemplo mais completo das dimensões do assalto petista aos cofres públicos disponíveis.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos do comentário quarta 21 de agosto de 2019

 1 – Haisem – Justiça eleitoral condena Haddad por caixa dois diz título de notícia na primeira página do Estadão hoje. Em que esta condenação do ex-prefeito de São Paulo muda em alguma coisa a reputação do PT neste momento

 2 – Carolina – O que mais impressiona você na sequência de condenações pela Justiça do ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, João Vaccari Neto

 3 – Haisem – Qual é o benefício prático desse vaivém e da mudança de nome do Coaf e o que o inspirou

SONORA_MORO 2108

 4 – Carolina – Afinal, a nomeação do caçula Eduardo para embaixada do Brasil em Washington subiu no telhado como deu a entender o presidente Jair ou, ao contrário, está cada vez mais firme como declarou o principal interessado

 5 – Haisem –  As revelações feitas sobre compras de jatos por eventuais adversários da reeleição de Jair Bolsonaro em 2022 resultou de uma definitiva abertura da tal caixa preta do BNDES, que tem sido tão reivindicada pelos bolsonaristas ou  não passa de uma queima de candidaturas incômodas

 6 – Carolina – Qual é a grande novidade política do anúncio de uma aliança inquebrantável entre o PSDB e o DEM nas próximas eleições pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, na celebração da filiação de Alexandre Frota no partido tucano

 7 – Haisem – Você acha que o deputado Aécio Neves tem alguma chance de escapar da degola no ninho tucano

 8 – Carolina – Qual é o tema de seu artigo Não há deuses nesta tragédia, publicado na página de Opinião do Estadão hoje

um milhão2

Comentário no Jornal Eldorado: Viva Dodge!

Comentário no Jornal Eldorado: Viva Dodge!

Enfim, uma voz altiva se alevantou na Esplanada dos Ministérios contra a votação simbólica de líderes de legendas insignificantes garantindo impunidade para quem menos merece, os parlamentares. Não foi a do capitão que só é valentão quando lida com subordinados. Nem mesmo a do ex-juiz que virou ministro e não parece incomodado com a eventualidade de virar também ex-herói.

Mesmo tendo sido indicada por Gilmar e nomeada por Temer, só Dodge teve coragem de dar verdadeira dimensão da lei infame do Congresso. Foto: Eduardo Matysiak/Futura Press

Mesmo tendo sido indicada por Gilmar e nomeada por Temer, só Dodge teve coragem de dar verdadeira dimensão da lei infame do Congresso. Foto: Eduardo Matysiak/Futura Press

Foi a voz de uma mulher em fim de mandato. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, nomeada por Temer por indicação de Gilmar, definiu a lei infame ao dizer que, em vez de ser contra o abuso da autoridade, o consagra como prática republicana comezinha ao arrepio da Constituição.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos do comentário da terça-feira 20 de agosto de 2019

1 – Haisem – O porta-voz da Presidência da República, general Rêgo Barros, disse ontem que o presidente da República vetará alguns itens da chamada Lei Contra o Abuso de Autoridade. A seu ver, isso é suficiente

2 – Carolina – Que razões você acha que o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, teve para escolher nove itens a serem vetados da Lei Contra o Abuso da Autoridade em sugestão ao presidente

SONORA_MORO 2008

3 – Haisem – A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, fez um pronunciamento muito forte contra a lei, indo além dos nove vetos propostos pelo ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro. Ela tem razão ou exagerou

SONORA_DODGE 2008

4 – Carolina – Qual é o sentido desse vaivém do Conselho de Controle de Atividades Financeiras por várias pastas e empresas públicas em sete meses e meio do governo Bolsonaro. Há motivo para tanto rebuliço

5 – Haisem – O que você tem a dizer sobre o fato de a Receita Federal, responsável pela arrecadação de impostos, não ter verbas suficientes sequer para emitir passaportes, CPF e formulários de Imposto de Renda

6 – Carolina – O que pode ter ocasionado a fake news assinada por Jair Bolsonaro ao criticar a Noruega e mostrar cenas da Dinamarca

7 – Haisem – Qual é o tema de seu artigo desta semana no Blog do Nêumanne

8 – Carolina – Qual foi a seu ver a principal causa de o convite do PSDB para o deputado federal Alexandre Frota, expulso do PSL por ter criticado o presidente Jair Bolsonaro, ter provocado tanta ira entre dignitários tucanos

 

um milhão2

Comentário no Jornal Eldorado: Afilhados de Lula quebraram a Oi

Comentário no Jornal Eldorado: Afilhados de Lula quebraram a Oi

Em 1943, Getúlio Vargas atendeu a um pleito exclusivo de seu às vezes desafeto e às vezes aliado Assis Chateaubriand e criou uma lei para garantir o pátrio poder do “Velho Capitão” sobre a filha fora do casamento. A lei passou, Chatô teve o que queria e o texto passou para a História como a “Lei Teresoca”. Em 2008, Lula fez  Congresso aprovar uma lei só para garantir aos compadres Carlos Jereissati e Sérgio Andrade o comando do que o marketing do PT apelidou de “supertele” brasileira. Virou a Lei Telezoca. Em fevereiro de 2020, 12 anos depois, a Oi faliu e a solução seria cassar-lhe a concessão e pô-la em leilão. Mas o governo Bolsonaro o fará? Eis a questão.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para o comentário da segunda-feira 19 de agosto de 2019

1 – Haisem – Qual foi o spoiler dado pelo escritor britânico mais importante de todos os tempos e que viveu e escreveu na Inglaterra na virada do século 16 para o 17 na atual realidade brasileira

2 – Carolina – A que conclusões você chegou quando leu a manchete do Estadão de sábado sobre o aviso que o presidente da Telefônica Oi deu à Agência Nacional de Telecomunicações sobre o esgotamento dos recursos disponíveis para continuar executando seus compromissos com o público

3 – Haisem – Que erros graves, a seu ver, estão sendo cometidos pelos gestores públicos da poupança do cidadão nacional ao deixar de punirem como deveriam a telefônica Oi e a empreiteira Odebrecht

4 – Carolina – Este é um problema recente, que, por isso, poderia dar a esses gestores públicos o pretexto da surpresa

5 – Haisem – Você acha que eventualmente o presidente do Senado e do Congresso, Davi Alcolumbre, teria razões para ir à justiça reivindicar a liberação de apresentar notas fiscais para justificar despesas nos gastos com suas cotas pessoais

6 – Carolina – Você acha que as tentativas de interferir na substituição de superintendentes regionais da Polícia Federal e da Receita no Rio poderão, como é prometido pelos sindicatos dos auditores, provocar uma debandada generalizada das corporações em reação a arbitrariedades

7 – Haisem – Qual é a importância da entrevista desta semana no Blog do Nêumanne

8 – Carolina – O que você tem a dizer sobre a perda causada pela morte do homem público Roberto Gusmão neste sábado

Comentário no Jornal Eldorado: PT, organização criminosa

Comentário no Jornal Eldorado: PT, organização criminosa

O Blog do Fausto Macedo publicou texto completo sobre depoimento em delação premiada do ex-ministro da Fazenda de Lula e da Casa Civil de Dilma, Antônio Palocci. Ao acessá-lo, o leitor terá informação completa sobre a atividade do Partido dos Trabalhadores como organização criminosa desmanchando totalmente a falácia da doação eleitoral de grandes empresas. Em 23 anexos, o veterano chefão petista mostra que elas tentavam mascarar propinas pagas por 26 grandes empresas em troca de medidas provisórias escritas pelo’ “doadores”, contratos e projetos de R$ 333,59 milhões nas gestões petistas de 2002 (Lula) a 2014 (Dilma). É a Operação Lava Jato atuando antes de entrar em vigor a lei para socorrer bandidos aprovada por líderes na Câmara.

Para ouvir clique no play abaixo
Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da sexta 16 de agosto de 2019

1, Haisem – Que revelações importantes o Estadão está publicando sobre a bombástica delação premiada do ex-ministro da Fazenda de Lula e ex-chefe da Casa Civil de Dilma, Antônio Palocci

2, Carolina – O que você ainda tem a dizer sobre a votação simbólica da lei dita do Controle do Abuso de Autoridade

SONORA_BOLSO 1608 A

3, Haisem – Como você acaba de dizer, o principal alvo da lei aprovada pela Câmara é o chefe da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. Ele já se pronunciou sobre isso

4, Carolina – O que você recomenda do artigo do professor Joaquim Falcão a respeito deste embate entre o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e o procurador Deltan Dallagnol

5, Haisem – Que colaboração outro jurista respeitado, o professor da USP Modesto Carvalhosa, tem dado à discussão sobre a lei votada às pressas e sob protesto no plenário da Câmara dos Deputados na calada da noite

6, Carolina – É, mas, pelo que vi no noticiário, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes não concorda com os críticos a lei para controlar abuso de autoridade de juízes, promotores e policiais, não é

7, Haisem – Que decisão o mesmo ministro Gilmar Mendes tomou ontem para despertar a fúria de seus críticos

8, Carolina – O que você nos diz sobre as reações do presidente Jair Bolsonaro às decisões de cortar verbas de ajuda à preservação da floresta amazônica pelos governos da Alemanha e da Noruega

SONORA_SALLES 1608

Comentário no Jornal Eldorado: Lei para livrar corruptos

Comentário no Jornal Eldorado: Lei para livrar corruptos

Em mais um aproveitamento do crime dos arararraquers que invadiram os celulares de mais de mil autoridades e propiciaram material para campanha do militante ianque Glenn Greenwald para soltar seu preso e padroeiro Lula da Silva, a Câmara dos Deputados aprovou uma lei dita “contra o abuso de autoridade”. Trata-se, na verdade, de mais uma iniciativa de assustados, suspeitos, acusados, processados, condenados e apenados do grande furto da poupança nacional para tentar desautorizar e desmoralizar o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o chefe da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, punir agentes da lei e manter bandidos livres, leves e soltos.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play,

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

1 – Haisem – “Projeto que pune abuso de autoridade passa na Câmara”, relata chamada de primeira página no Estadão de hoje. O que os políticos mostram pretender ao ameaçar com a lei, que vai à sanção policial, autoridades que combatem a corrupção que muitos deles cometem

SONORA_MAIA 1508 A

2 – Carolina – Nesta atual conjuntura, qual o peso que passa a ter a revelação feita pela Veja agora da delação premiada feita por Antônio Palocci à Operação Lava Jato em abril

3 – Haisem  – Por que, a seu ver, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recomendou arquivamento do processo contra Moro no caso dos hackers de Araraquara, que invadiram seu celular

4- Carolina – Será que o presidente Jair Bolsonaro não terá exagerado além da conta a chamar de “bandidos” os peronistas Alberto Fernández e Cristina Kirchener, que derrotaram o presidente da Argentina nas eleições prévias do último fim de semana

5 – Haisem – Você acha que Maurício Macri conseguirá superar a larga margem de votos que o separa dos adversários peronistas na eleição após adotar providências populistas de última hora para evitar o próprio naufrágio

6 – Carolina – O que o Sindifisco recomendou aos auditores financeiros para se adaptarem ao inquérito instaurado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e relatado por seu colega Alexandre de Moraes para blindar os 11 membros da Corte de quaisquer investigações

7 – Haisem – Que justificativas o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, deu para seu decreto monocrático de investigar fake news e tudo o mais que perturbar os ilustres membros de sua grei

8 – Carolina – Qual foi a mais recente gafe extraordinária do ministro da Educação, Abraham Weintraub

Página 41 de 209«...510152025...3940414243...5055606570...»
Criação de sites em recife Q.I Genial