Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Podcast

Comentário no Jornal Eldorado: AI 5, lembrança infeliz de um ignorante

Comentário no Jornal Eldorado: AI 5, lembrança infeliz de um ignorante

Eduardo, o filho 03 do presidente Bolsonaro, disse, em entrevista a Leda Nagle, que AI 5 seria uma opção para enfrentar possíveis convulsões sociais criadas pela esquerda. O pai mandou o repórter que o entrevistou a respeito cobrar dele. Em seguida, o deputado disse que a imunidade parlamentar lhe permite falar o que bem entender. Tudo errado. Não há expectativa nem perspectiva de convulsões sociais similares à do Chile no Brasil. Qualquer citação do ato que instituiu a ditadura de 1968 é recebida com repugnância e temor entre todos, inclusive militares. Se o pai se recusa  a recriminar o filho, também deveria eximir-se de indicá-lo para qualquer cargo público sob sua responsabilidade.

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Assuntos para comentário da sexta-feira 1 de novembro de 2019

1 – Haisem – A manchete do Estadão de hoje é: Repúdio a fala sobre ‘novo AI 5’ obriga Eduardo a se desculpar. O que você acha que teria levado o filho de Jair Bolsonaro a falar esse disparate, que mereceu reação contrária de todos, inclusive dos militares, incluindo aí o próprio Jair Bolsonaro

SONORA_EDUARDO AI5 0111

2 – Carolina – Por que esse palpite infeliz causou tanto reboliço nos meios políticos e que conseqüências ela pode vir a ter para a democracia

3 – Haisem – Você achou ter sido adequada e suficiente a reação do presidente da República ao cumprir o juramento feito na posse de defender a Constituição

SONORA_PRESIDENTE AI5 0111

4 – Carolina – O pedido de desculpas do deputado, que teve 1,8 milhão de votos, foi satisfatório e justifica sua eventual indicação para cargos de alta relevância, como a embaixada do Brasil em Washington

SONORA_EDUARDO DESCULPAS 0111

5 – Haisem – Perícia sobe menção a Bolsonaro foi feita em 2h25 – é outro título referente à família presidencial na dobra de cima da primeira página do Estadão. Você ainda tem algo a dizer sobre o assunto da menção ao nome de Bolsonaro na cobertura do Jornal Nacional sobre a investigação policial da execução de Marielle Franco e Anderson Gomes

6 – Carolina – Que sinais dá a ordem do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, de mandar soltar os ex-governadores do Rio de Janeiro Anthony e Rosinha Garotinho

7 – Haisem – Que reação você teve ao ler o artigo Uma certa dimensão do desastre, de Fernando Gabeira na página de Opinião do Estadão hoje

8 – Carolina – Que lacunas preenchem as informações trazidas ao leitor do Estadão ao ler o artigo intitulado Não chores por mim, Argentina, do jornalista Flávio Tavares, na mesma página 2 do jornal

Comentário no Jornal Eldorado: Que vexame da Globo!

Comentário no Jornal Eldorado: Que vexame da Globo!

O porteiro do condomínio em que Bolsonaro foi vizinho de Ronnie Lessa, acusado pelo assassin ato de Marielle, e autor da versão que envolveria o chefe do governo na execução, continua sem nome, mas já se sabe que ele mentiu. A procuradora Simone Sibílio, do MP/RJ, contou isso menos de a mentira completar um dia visitando meios de comunicação do país e do mundo a partir de sua veiculação pelo Jornal Nacional. Isso foi confirmado pelo advogado de Elcio de Queiroz, que, conforme a barriga da Globo, teria entrado no condomínio dizendo ir para a casa do presidente. O mentiroso não apareceu e a emissora não se retratou. Vergonha alheia.

Para ouvir clique no play abaixo:

 

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Estadão, Política, clique aqui.

 YOUTUBEestação

 

Assuntos do comentário da quinta-feira 31 de outubro de 2019

1 – Haisem – Ministério Publico do Rio diz que porteiro mentiu ao citar Bolsonaro – diz título de chamada no alto da primeira página do Estadão hoje. Quer dizer, então, que, em vez de furo, foi barriga o envolvimento do presidente da República no inquérito sobre execução de Marielle Franco

SONORA_MP 3110 A

2 – Carolina – Qual foi a conclusão do procurador-geral da República, Augusto Aras, a respeito do depoimento do porteiro do condomínio onde foram vizinhos Jair Bolsonaro e Ronnie Lessa, apontado pela policia do Rio como assassino de Marielle Franco e Anderson Gomes

3 – Haisem – O que há a dizer sobre o estardalhaço dado à mentira do porteiro no Jornal Nacional de anteontem

4 – Carolina – Que explicações o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, ainda está devendo sobre o encontro que ele teve com procuradores do Ministério Público do Rio para tratar da eventual citação ao presidente da República no caso Marielle

5 – Haisem – O que você achou da defesa que Dias Toffoli fez do Poder Judiciário no Summit Brasil, promovido pelo Estadão no Ibirapuera ontem

6 – Carolina – O que você destaca para nossos ouvintes da palestra feita ontem no Summit Brasil do Estadão pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a respeito da economia brasileira no momento

SONORA GUEDES SUMMIT

7 – Haisem – Que conseqüências poderá ter a decisão tomada pela juíza da Vara de Execuções Penais de Curitiba, Carolina Lebbos, a respeito do trânsito do presidiário Lula da Silva para do regime fechado de prisão para o semiaberto

8 – Carolina – Fim de uma era no ABC – registra o Estadão em sua primeira página hoje. Que lembranças despertam em você a reportagem da colega Cleide Silva, da Economia do Estadão, a respeito da montagem do último veículo da Ford depois de 52 anos de inauguração de sua fábrica no ABC

Comentário no Jornal Eldorado: Bolsonaro e o caso Marielle

Comentário no Jornal Eldorado: Bolsonaro e o caso Marielle

O Jornal Nacional deu a notícia de que no dia em que Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes foram executados Élcio de Queiroz, apontado pela polícia como o motorista do carro que levou o suposto assassino Ronnie Lessa ao local do crime, entrou no  condomínio Vivendas da Barra como visita de Bolsonaro, então deputado federal. Mas o porteiro contou à policia que, com autorização de alguém na casa do presidente, não o teria abordado quando foi, na verdade, à casa do pistoleiro. A Globo errou ao não ouvir antes de publicar a versão de Bolsonaro e este ao fazer uma live furiosa, que deveria ter sido serena.

 

Para ouvir clique no play abaixo:
Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

 
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

YOUTUBEestação

Assuntos para comentário da quarta-feira 30 de outubro de 2019

1 – Haisem – Menção de testemunha a Bolsonaro pode levar caso Marielle ao Supremo – esta é a manchete no portal do Estadão que está no ar. Esta notícia caiu como uma bomba esta manhã no País atônito. Que conseqüências para a vida do cidadão comum ela pode ter

2 – Carolina – Em resposta à notícia o presidente fez uma live reclamando furiosamente contra a Globo e o governador do Estado do Rio, Wilson Witzel. Esta teria sido a reação adequada para a ocasião

SONORA_BOLSO GLOBO 3010

3 – Haisem – A manchete do Estadão hoje é a seguinte: Bolsonaro pede desculpas ao Supremo por vídeo de hienas. O que levou o presidente da República a tomar esta atitude no Extremo Oriente, onde está no momento, SONORA_BOLSO RETRATACAO 3010

4 – Carolina – De que tipo de informação sigilosa o ministro do STF Marco Aurélio Melo dispõe para defender a hipótese de o vídeo infeliz divulgado no perfil do presidente ter a ver com os áudios em que o ex-assessor de seu filho Flávio na Alerj, Fabrício Queiroz, diz ter conversado com o chefe da família presidencial a respeito de demissões de servidores em gabinetes

5 – Haisem O que explica, a seu ver, o entusiasmo e a pressa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para começar a por em prática a pauta do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, de fazer uma lei para congelar prescrições após condenação em segunda instância

6 – Carolina – O que mais lhe chama a atenção na notícia de que o desembargador substituto do relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça, Leopoldo Andrade, suspendeu o julgamento do processo de Lula sobre o sítio de Atibaia, que estava marcado para hoje naquela corte

7 – Haisem – Na primeira página, o Estadão de hoje publica uma chamada com o seguinte título: Tumor que afeta Covas afeta entre os jovens. O que você achou da atitude do prefeito de São Paulo em tornar pública sua doença grave e se manter no cargo, fazendo o oposto do que sempre os governantes fizeram no Brasil

8 – Carolina – O que você quis dizer com o título de seu artigo na página 2 do Estadão hoje – O caso do STF é de teratologia

Comentário no Jornal Eldorado: Fabrício sai da toca

Comentário no Jornal Eldorado: Fabrício sai da toca

Fabrício Queiroz ainda não foi ao Ministério Público do Rio dar, enfim, sua versão sobre a movimentação financeira atípica de dinheiro no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro na Alerj, detectada pelo Coaf. Mas já deu as caras protagonizando o vazamento de áudios em que dá conta de conversas mantidas com o amigão e pai do atual senador, Jair Bolsonaro, presidente da República. Mais do que o teor das fitas, que é, no mínimo, constrangedor importa à Nação receber a notícia de que o STF, em vez de ficar se defendendo das tolices de outro filho do chefe do governo, permita ao MP continuar inquérito paralisado por Toffoli e Gilmar.

 

Para ouvir o comentário clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

YOUTUBEestação

Assuntos para o comentário da terça-feira 29 de outubro de 2019

1 – Haisem – Você acha que a publicação de áudios vazados do ex-PM e ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Fabrício de Queiroz, envolvendo o presidente Bolsonaro vai parar por aqui ou trará novos empecilhos para o chefe do clã presidencial

2 – Carolina – Qual é sua opinião a respeito do projeto que o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, encaminhou ao Congresso Nacional para rever a prescrição dos crimes poria ponto final na impunidade promovida pela extinção da jurisprudência da autorização para prisão após segunda instância

3 – Haisem – Você acha que o novo papel desempenhado pelo filho 02 do presidente Bolsonaro, Carlos, vereador no Rio de Janeiro, usando o Twitter do pai presidente, o comparando a um leão cercado de hienas, ajuda a governabilidade do atual governo

SONORA_VIDEO LEÃO 2910

4 – Carolina – Que tal a nova função de primeiro defensor da instituição a que pertence, o STF, pelo decano Celso de Mello no episódio do vídeo do leão contra as hienas

5 – Haisem – A manchete do Portal do Estadão está estampando desde cedo é a seguinte: Após Previdência, Guedes faz pacote em cinco eixos para conter gastos do governo . Você acha que há alguma chance de as medidas anunciadas terem alguma chance de sucesso no Congresso Nacional no atual cenário de crise no PSL

6 – Carolina – Você esperava que o empresário conhecido como Rei Arthur confessasse tão rapidamente após sua prisão sua participação na compra da escolha do Brasil para sediar a Olimpíada do Rio em 2014

7 – Haisem – Qual é o tema de seu artigo desta semana no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão

8 – Carolina – Que o podcast Estadão Notícias que entrou no ar às 6 horas de hoje está trazendo de interessante para nossos assinantes do Portal

Comentário no Jornal Eldorado: Peronista ataca Brasil

Comentário no Jornal Eldorado: Peronista ataca Brasil

Ao fazer com os dedos o L de Lula livre para cumprimentar o petista no dia de seu aniversário, o peronista Alberto Fernández, eleito presidente da Argentina ontem, quis ofender Bolsonaro e as forças políticas que o apoiam. Mas atacou o Brasil, cujo Estado de Direito está acima das convicções de um peronista que não quis defender o parceiro além fronteira, mas disfarçar a companhia de sua candidata a vice, Cristina Kirchener, acusada em vários processos criminais por corrupção. Não se trata apenas de falta de educação, mas grave erro político e diplomático, que teve de nosso presidente resposta dura, ao afirmar que não o cumprimentaria pela vitória.

 

Para ouvir comentário clique no play abaixo:

 

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário da segunda-feira 28 de outubro de 2019

1 – Haisem – Quem tem razão: o presidente eleito ontem da Argentina, Alberto Fernández, de exigir Lula livre ou o presidente brasileiro Jair Bolsonaro ao negar-se cumprimentá-lo por causa dessa declaração

ARGENTINA ALBERTO LULA 2810

2 – Carolina – A seu ver, a equipe econômica brasileira está certa ou se engana ao se preocupar com a eventualidade de os violentíssimos protestos de rua no Chile produzirem algum efeito maléfico no Brasil

3 – Haisem – Quais serão, a seu ver, as conseqüências da eventual modificação da lei da improbidade administrativa, preconizada por alguns deputados e pela Ordem dos Advogados do Brasil

4 – Carolina – Você se surpreendeu com a notícia publicada no fim de semana dando conta de que a canetada que o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, deu para impedir investigações sobre o primogênito de Jair Bolsonaro, sua própria mulher, Roberta Rangel, e a de seu colega Gilmar Mendes, provocou o arquivamento de 700 processos abertos contra criminosos do colarinho-branco na área financeira

5 – Haisem – Na sua opinião, o procurador-geral da República, Augusto Aras, está agindo corretamente ou errou ao ser mais diplomático do que a antecessora, Raquel Dodge, na abordagem do inquérito instaurado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, que proíbe críticas a seus colegas ministros, parentes e aderentes

6 – Carolina, – O que você tem a dizer sobre a notícia de que, apesar de toda a farra feita com os lucros do petróleo extraído da camada do pré-sal, o Brasil não investiu um centavo sequer em prevenção de desastres como o vazamento de petróleo que está emporcalhando as praias do seu Nordeste

7 – Haisem – Você acha que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, fez bem em liberar para o banho as praias nordestinas poluídas pelo petróleo derramado ou despejado no Atlântico Sul

8 – Carolina –  Você acha que a Agência de Estado de Meio Ambiente de Pernambuco tem razão em não recomendar o banho na praia de Muro Alto no litoral pernambucano ou que isso não passa de polêmica política

 

Comentário no Jornal Eldorado: STF a favor da impunidade

Comentário no Jornal Eldorado: STF a favor da impunidade

O voto de Rosa Weber, fiel da balança entre “garantistas” e “legalistas”, decidiu que na próxima sessão plenária do STF, em duas semanas, a cúpula do Judiciário estará dividida pelo meio e caberá ao presidente, Toffoli, com o voto de minerva, decidir por um lado ou por outro. Se votar pela manutenção da jurisprudência que autoriza início de cumprimento de pena após condenação em segunda instância, será tido como “pacificador”. Se optar pela banda oposta, aí consagrará de vez o papel que a  instituição vem desempenhando de garantia “constitucionalista” da impunidade do delito de colarinho-branco com inevitável extensão para bandidões do crime organizado.

 

Para ouvir clique no play abaixo:

Ou clique aqui e, em seguida, no play.

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

Assuntos para comentário da sexta-feira 25 de outubro de 2019

1 – Haisem – Como está a votação da jurisprudência da prisão só após trânsito em julgado versus começo de cumprimento de pena depois de condenação em segunda instância no Supremo Tribunal Federal

2 – Carolina – Por que o voto da ministra Rosa Weber, dado ontem na abertura da sessão plenária do STF, foi considerado o mais importante dos 11 e qual sua opinião sobre ele

3 – Haisem – Você estranhou a introdução por Rosa Weber de uma obra-prima do poeta alexandrino de origem grega Konstantinos Kaváfis na defesa que Rosa Weber fez do trânsito em julgado

4 – Carolina  – Qual dos sete ministros que votaram até agora na questão da prisão após segunda instância você destaca como o mais cínico

SONORA_LEWANDOWSKI 2510

5 – Haisem – O que o faz recomendar a leitura do artigo do colega Carlos Alberto Sardemberg na edição de ontem do jornal O Globo

6 – Carolina – Você acha que o presidente Jair Bolsonaro, em viagem pelo Extremo Oriente, deveria se preocupar ou ser indiferente a essa notícia

SONORA_QUEIROZ 2510

7 – Haisem – Qual foi a posição oficial do senador Flávio Bolsonaro à divulgação do áudio do ex-assessor em  seu mandato na Assembleia Legislativa do Estado do Rio

8 – Carolina – Como os cariocas receberam a soltura de quatro deputados estaduais fluminenses por decisão dos próprios colegas

Página 28 de 204«...5101520...2627282930...3540455055...»
Criação de sites em recife Q.I Genial