Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Mídias

Direto ao Assunto no YouTube: Toffoli, “o homem que sabia javanês”

Direto ao Assunto no YouTube: Toffoli, “o homem que sabia javanês”

O presidente do STF, Dias Toffoli, é gozado em todo País, inclusive por colegas da Corte, como “o homem que sabia javanês”, protagonista de conto de Lima Barreto, por causa do texto totalmente ilegível de seu voto na julgamento de sonegadores da Receita, que misturou e não justificou, com o Coaf/UIP. Mas até tortura a que submeteu vernáculo está sendo usada de forma malandra por ele com objetivo de empurrar o julgamento dos dez colegas para ano que vem, expondo os nove votos que faltam a um conta-gotas de um por sessão para esgotar as poucas que faltam para o recesso. Quem não concorda com ele, que, pelo que foi exposto na última votação, quinta-feira, se tornarão seus cúmplices se permitirem que com isso continue mantendo congeladas investigações sobre Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, sua mulher, Roberta Rangel, e a de Gilmar Mendes, Guiomar. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Direto ao Assunto no YouTube: As 2 caras de Toffoli não têm vergonha

Direto ao Assunto no YouTube: As 2 caras de Toffoli não têm vergonha

O presidente do STF, Dias Toffoli, começou a votar na sessão desta semana dando a entender que proibiria compartilhamento de dados sigilosos da UIF, ex-Coaf. Mas, após suspender a reunião, passou a encaminhar na direção oposta, aceitando o compartilhamento para crime fiscal, descaminho e contrabando, crime contra a previdência e lavagem de dinheiro. E omitiu corrupção, conforme observou o jurista José Paulo Cavalcanti Filho. Foi um voto Jano, deus romano de 2 caras, uma olhando para um lado, e outra para o outro. No voto do ministro  nenhuma tem vergonha. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo no YouTube clique no link abaixo:

 

YOUTUBEestação

Direto ao Assunto no YouTube: STF vira circo sob Toffoli

Direto ao Assunto no YouTube: STF vira circo sob Toffoli

No plenário de STF, o presidente Dias Toffolii disse que sua liminar impedindo Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz de serem investigados pelo MP do Rio nada tem a ver com o julgamento do compartilhamento de informações do Coaf vulgo UIF. É mentira. Mente quando diz que essa interdição não interrompeu nenhuma investigação. Foram interrompidas 935. E, ao não ouvir o brilhante memorial com que o procurador-geral da República, Augusto Aras, abriu a sessão, perdeu a chance de ficar sabendo que sua decisão estúpida está tirando o Brasil do primeiro mundo no combate à corrupção. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

 


YOUTUBEestação

 

Comentário no Jornal da Gazeta da TV Gazeta: Toffoli: do grampo ao botequim

Comentário no Jornal da Gazeta da TV Gazeta: Toffoli: do grampo ao botequim

Ao começar a ler seu relatório, em que tentou excluir Flávio e Fabrício da tentativa de tornar-se uma versão caipira do “grande irmão” de 1984, de George Orwell, avançando sobre sigilos telefônicos de personagens de movimentações atípicas de dinheiro, era apenas um candidato a Candinha da cibernética. Ao encerrar, após apropriar-se da expressão “assassinato de reputações”, usada pelo delegado Tuma para definir o trabalho de juristas de Lula, sob Márcio Thomas Bastos, sendo um deles, virou apenas um fofoqueiro de bar sujo.

Para ver comentário no Jornal da Gazeta da TV Gazeta de quarta-feira 20 de novembro de 2019, às 19 horas, clique no play abaixo:

 
Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
11 nov 600
 

Direto ao Assunto no YouTube: Lula na cadeia já

Direto ao Assunto no YouTube: Lula na cadeia já

O dia amanheceu e vem o Uol com a manchete: “Justiça eleitoral quer responsabilizar candidato por espalhar Fakenews”. Tá tudo muito bom, tá tudo muito bem. Mas me atrevo a oferecer ao inútil TSE responsabilidade maior: que tal enquadrar o ficha-suja, ladrão e lavador de dinheiro Lula por cuspir na legislação ao fazer campanha fora de hora, sem direito de votar nem ser votado, e também caluniar no palanque o presidente Bolsonaro, o ministro Moro, a Justiça, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, instituições que compõem o Estado de Direito, que ele despreza e ataca? Não seria o caso de mandar prendê-lo imediatamente? Não importa que Gilmar, Lewandowski, Marco Aurélio ou Bg Toffoli o soltem no mesmo dia. Não é isso que eles fazem com Garotinho? Que direitos Lula tem que Garotinho não possa usufruir? O império da loucura do STF extinguiu a igualdade de todos perante a lei? Direto ao Assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

 

YOUTUBEestação

Comentário no Jornal da Gazeta: Lula mente impunemente

Comentário no Jornal da Gazeta: Lula mente impunemente

Ordem de Bolsonaro é calar e deixar Lula falando sozinho. Mas outras instituições ofendidas, como Polícia, Ministério Público e Justiça Federais não podem deixar um condenado por três instâncias livre de punição disparando ofensas à lei e à ordem. Justiça Eleitoral, em especial, não pode deixar o ex-presidiário violar a legislação eleitoral, que proíbe essa campanha fora de hora, e principalmente a lei da ficha-limpa, fruto de iniciativa popular.

 

Para ver comentário no Jornal da Gazeta  na segunda-feira 18 de novembro de 2019, clique no play abaixo:


Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
YOUTUBEestação

Página 4 de 120«...23456...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial