Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Mídias

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaristas atacam Felipe Neto

Direto ao Assunto no YouTube: Bolsonaristas atacam Felipe Neto

O presidente Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão e seus apoiadores sempre recorrem ao conceito sagrado da plena opinião livre para impedir que o STF puna, como deve punir quem cometa, comprovadamente, crimes contra a honra e a liberdade de cidadãos que não apoiam o “mito”. Caso exemplar é o do youtuber Felipe Neto, que, entrevistado por The New York Times, disse que o nosso é o pior presidente do mundo no que concerne ao combate à pandemia da covid-19. Todo e qualquer bolsonarista tem o direito líquido e certo de discordar, criticar e mostrar com números e fatos que o moço errou. Daí a inventar mentiras nas redes sociais sobre sua eventual prática do horrendo crime de pedofilia vai uma distância enorme. ameaçá-lo em sua própria casa, como fez um tal de Cavalieri, que também tinha participado do ataque com fogos ao STF, é ainda pior. Essa atitude merece repúdio, e mais do que isso, severa punição, e nada tem que ver com liberdade de expressão. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Direto ao Assunto no YouTube: Aras quer dar fim à Lava Jato

Direto ao Assunto no YouTube: Aras quer dar fim à Lava Jato

A serviço de seus senhores, Lula e Bolsonaro, e em combinação com comparsas no mister, Dias Toffoli, André Mendonça e José Levy Amaral Júnior, marido de uma assessora do ministro do STF Gilmar Mendes, o procurador-geral da República, Augusto Aras, quer extinguir o combate à corrupção no País, e antes precisa invadir os arquivos secretos das investigações da Lava Jato em Curitiba, segundo ele, com 38 mil vítimas em 350 terabytes, quase 9 vezes os 40 do MPF, para entregar tudo sobre essas pessoas a seus amigões condenados no mensalão e no petrolão e àquele que agora bajula, o capitão cloroquina, para obter a terceira vaga nas duas a que este terá direito no STF. Para atingir esse objetivo, mente, inventa crimes que não foram cometidos pelos colegas que acusa e não cumpre seu dever constitucional de investigar e denunciar poderosos com foro “previligiado” (ele o diz). Diretoplay ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Direto ao Assunto no YouTube: Por que Bolsonaro rifou Bebianno

Direto ao Assunto no YouTube: Por que Bolsonaro rifou Bebianno

No fim de fevereiro, começo de março de 2019, fui ao Rio para uma reunião e lá um amigo querido, que conhecera Gustavo Bebianno através de Paulo Marinho, me contou que a verdadeira causa da queda do advogado carioca da assessoria próxima de Jair Bolsonaro foi ele haver avisado ao presidente que o relatório do Coaf enviado à Operação Furna da Onça do MP sobre movimentações financeiras atípicas do assessor e amigão da famiglia Fabrício Queiroz poderia ter consequências mais graves do que de início parecia. Por isso, a revelação feita pelo suplente do senador Flávio do encontro do ex-ministro com o então presidente eleito na toalete de seu escritório no governo de transição me soou verdadeira, confirmando minha certeza de que esse avisp tinha sido dado seria a única explicação plausível para as demissões do subtenente da PM do gabinete do nota zero um na Alerj e da filha deste, Nathalia, funcionária-fantasma do gabinete de Jair na Câmara dos Deputados. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Direto ao Assunto no YouTube: Toffoli socorre sua patota

Direto ao Assunto no YouTube: Toffoli socorre sua patota

O presidente do STF, Dias Toffoli, aproveitou para prestar serviços a seus cupinchas políticos corruptos no plantão judiciário assumido pelo ocupante de seu cargo. Autorizou a invasão descabida do PGR, Augusto Aras, nos inquéritos sigilosos de operações como a Lava Jato. A pedido de Alcolumbre e imitando Renan, proibiu cumprimento de mandados de busca e apreensão no gabinete do senador tucano José Serra, aplicando o sórdido foro privilegiado de quem se diz representante do povo só para delinquir. E arquivou delação de Sérgio Cabral que compromete ministros do STJ e do TCU. Lógica corporativista na veia. Mas transferiu para o plenário da Corte julgamento do veto criminoso de Bolsonaro à obrigatoriedade do uso de máscara em templos religiosos, arbitrariedade que põe em risco milhões de vidas. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade e a saúde nos salvarão 

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Direto ao Assunto no YouTube: “A Falcatrua de Moro”

Direto ao Assunto no YouTube: “A Falcatrua de Moro”

MORO ENVOLVIDO ATÉ O PESCOÇO EM FALCATRUA – Um amigo que tem funcionado como meu assessor jurídico, mas cuja identidade não posso revelar, pois ele ocupa cargo importante e a revelação poderia prejudicá-lo, recebeu num grupo de amigos uma mensagem encaminhada com o título acima em letras capitais. E me mandou a fake news para responder a uma pergunta que lhe fiz sobre a Adin que o AGU e o presidente Jair Bolsonaro encaminharam no sábado 25 ao STF contra o bloqueio de 16 contas e 12 páginas de bolsonaristas no Twitter e no Facebook por veicularem sórdidas mentiras sobre adversários tratados como inimigos. “Canalhice”, ele resumiu. E mais: os tais youtubers têm perfis privados e a AGU é uma repartição pública. Ao assiná-la, o presidente assume responsabilidade de chefe dos autores de mensagens que têm tudo para ser criminosas. Na prática, uma confissão. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará. 

Para ver o vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Direto ao Assunto no YouTube: Ex-amigo delata Bolsonaro

Direto ao Assunto no YouTube: Ex-amigo delata Bolsonaro

O Jornal Nacional divulgou a íntegra do depoimento que Paulo Marinho, empresário carioca que emprestou a casa para Jair Bolsonaro gravar seus programas para a campanha eleitoral presidencial de 2018, deu para o MPF, no qual contou que um agente da PF contou a Flávio Bolsonaro que a Operação Furna da Onça tinha sido adiada para evitar prejudicar o pai no segundo turno da eleição com a revelação de movimentação milionária na conta do assessor do hoje senador, na Alerj. O depoimento convence, pois dois argumentos usados para se defender pelo primogênito do presidente Bolsonaro – o interesse do delator, suplente na vaga no Senado, e a tentativa de prejudicar o pai – são tão frágeis quanto o alegado cansaço para demitir Fabrício Queiroz e sua filha Natália dos gabinetes dos então deputados estadual e federal, filho e pai. E Gilmar tirou a sorte grande ao ser sorteado para relatar no STF o 11.º pedido de Flávio para interromper o inquérito sobre o escândalo. Direto ao Assunto. Inté. E só a verdade nos salvará. 

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Página 2 de 16812345...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial