Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Mídias

Comentário no Jornal da Gazeta: Moro insultado e amado

Comentário no Jornal da Gazeta: Moro insultado e amado

A Câmara dos Deputados deu mais um vexame público no encerramento de uma audiência pública sobre cumprimento de pena após segunda instância. O deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) insultou Moro e quebrou o decoro. Na vez anterior chamou o ministro da Justiça de “juiz ladrão”. Ontem, de empregado de milícia e capanga de Bolsonaro. E o insultado é cada vez mais amado pelo povo.

Para ver o comentário no Jornal da Gazeta da quarta-feira 11 de fevereiro, às 19 horas, clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

Direto ao Assunto no YouTube: Moro não é capanga de Bolsonaro

Direto ao Assunto no YouTube: Moro não é capanga de Bolsonaro

 

Como sempre faz quando o ministro da Justiça, Sérgio Moro, vai à Câmara dos Deputados, Glauber Braga (PSOL-RJ), que já o chamou de “juiz ladrão”, agora o acusou de ser capanga de Bolsonaro e das milícias. O ex-juiz da Lava Jato que comparecia a uma audiência pública sobre cancelamento de jurisprudência do STF que autorizava juiz mandar condenados em segunda instância a começar a cumprir pena replicou chamando-o de “desqualificado”. O parlamentar brigão pode ter imaginado que só o fato de seu alvo ter reagido já pode ser considerado uma triunfo. O que ele não sabe, contudo, é que quanto mais sofre esse tipo de ataque injusto, que fere o decoro parlamentar, mas nunca é punido, mais a vítima de seus insultos tem aumentado o amor do povo por ele e por suas teses. O Atlas Político acaba de divulgar que 42,2% dos brasileiros são contra retirar a segurança publica de sua pasta. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:


 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

 

 

Direto ao Assunto no YouTube: Aécio, decepção e vexame

Direto ao Assunto no YouTube: Aécio, decepção e vexame

Aécio Neves foi na História política brasileira exatamente o contrário do que representou seu avô, Tancredo, cujo sobrenome adotou oportunisticamente. Teve 50 milhões de votos e por pouco não derrotou o poste de Lula, Dilma Rousseff. Seu avô levou para o túmulo a esperança de milhões de brasileiros que acreditavam na sua liderança para fundar a Nova República. Derrotado nas eleições, o neto virou um playboy parasita, que depois revelou sua verdadeira face, ao ser divulgada uma conversa telefônica com Joesley Batista em que ficou evidenciada sua inclusão na prática da propina do desgoverno petista, mostrando que seu partido, o PSDB, recebia dinheiro para fingir fazer oposição. Agora, Eike Batista delatará propina paga a ele de R$ 20 milhões em troca de favorecimento no Congresso. Um valor absurdo que confirma a aliança secreta e suja com os lulistas, movida por dinheiro sujo. Que papelão! Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Direto ao Assunto no YouTube: Depois da tempestade, o caos

Direto ao Assunto no YouTube: Depois da tempestade, o caos

A sabedoria popular registrou: depois da tempestade vem a bonança. Os gaiatos do futebol mudaram a máxima para uma frase atribuída a Matheus, presidente do Corinthians: depois da tempestade vem a ambulância. Infelizmente, no caso das metrópoles brasileiras, o brocado não é verdadeiro. O que chegou depois da chuva forte em São Paulo, Rio, Belo Horizonte ou em todas as metrópoles brasileiras, a ambulância não chega para socorrer ninguém, porque as ruas são interditadas pelas enchentes e, de fato, depois do temporal é aberta a porta do inferno. Foi o que aconteceu em São Paulo depois da chuva que desabou na madrugada e no começo da manhã desta segunda-feira 10 de fevereiro de 2020: a cidade parou, os trabalhadores não conseguiram chegar ao emprego e poucos cidadãos conseguiram sair de casa. A precipitação pluviométrica foi recorde, mas é preciso acrescer ao fenômeno climático a cara de pau dos políticos que administram a maior cidade da América do Sul, usando-a como plataforma de lançamento de ambições políticas mais altas, como se não fosse um grande objetivo em si governar a maior cidade brasileira, o maior orçamento municipal do País. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.
Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo.

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Comentário no Jornal da Gazeta: Após tempestade, nada de bonança

Comentário no Jornal da Gazeta: Após tempestade, nada de bonança

Sempre que acontece um temporal como o que caiu em São Paulo desde a madrugada e está ocorrendo no Rio, as autoridades vêm a público dizer que a culpa não é deles, mas do excesso de chuva. Trata-se de uma desculpa cínica e inócua. Um toró como o de hoje deveria mesmo era modificar o padrão de planejamento dos gestores municipais  para uma ainda maior ser enfrentada, ora!

Para ver comentário no Jornal da Gazeta da TV Gazeta na segunda-feira 10 de fevereiro de 2020, às 19 horas, clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Direto ao Assunto no YouTube: Glenn não é jornalista, não!

Direto ao Assunto no YouTube: Glenn não é jornalista, não!

A ministra do STF e presidente do TSE, Rosa Weber, decretou a extinção da interpelação do americano Glenn Greenwald contra o presidente Jair Bolsonaro por causa de sua declaração em julho de 2019 de que o gringo, que, atenção, não é nem nunca foi jornalista, nunca seria alvo da portaria do ministro da Justiça, Sergio Moro, de deportação de criminosos estrangeiros no País. Verdevaldo, como é conhecido o autor da interpelação, é acusado de ter cometido crime de pornografia e de haver sonegado impostos em seu condado de Nova York, mas é assim definido nos meios de comunicação e também tratado pela cúpula da Justiça brasileira como vítima de atentado contra a liberdade de expressão em bizarra liminar do ministro Gilmar Mendes, que impediu o juiz Ricardo Leite de denunciá-lo no processo aberto contra seus cúmplices estelionatários que furtaram mensagens de cerca de mil autoridades do combate à corrupção na Operação Spoofing, divulgadas pelo Intercept Brasil. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.
Para ver vídeo no YouTube, clique no link abaixo:

 

DIRETO AO ASSUNTO NA REDE

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

Clique nestes links:

Twitter, Youtube, FaceBook, Instagram

 

Página 2 de 13212345...1015202530...»
Criação de sites em recife Q.I Genial