Site oficial do escritor e jornalista José Nêumanne Pinto

Direto ao Assunto

Comentário no Jornal da Gazeta: Gabriela desmascara Toffoli

Comentário no Jornal da Gazeta: Gabriela desmascara Toffoli

No mesmo dia em que o presidente do STF, Dias Toffoli, pregou cinicamente a mentira de que sua decisão monocrática autoritária e favorável ao crime contra compartilhamento de dados do Coaf por MP e PF não cancelou investigações de lavagem de dinheiro, uma juíza de  1.ª instância o desmentiu. Gabriela Hardt, substituta na 13.ª Vara Federal Criminal de Curitiba, retirou as informações de dados da inteligência financeira da autorização da prisão de Valter Faria, da cervejaria Petrópolis, réu em ação da 62.ª fase da Operação Lava Jato argumentando que o fazia para seguir decisão dele. Ao decretar, ainda assim, a prisão do acusado, ela mostrou também que, ao contrário do que o eterno advogadinho do PT pensa, ele não conseguiu ainda matar a operação mais famosa do Brasil.

Para ouvir comentário clique no play abaixo: 
 
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
 

Assuntos para comentário da quinta-feira 1 de agosto de 2019

1 – O que você concluiu da decisão da juíza substituta da 13.ª Vara Federal Criminal de Curitiba, Gabriela Hardt, de retirar provas colhidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) da condenação de Walter Faria, da Cervejaria Petrópolis no âmbito da Operação Lava Jato?

2 – A seu ver, o senador Alessandro Vieira, da Cidadania de Sergipe, tem razão, ou não, de pedir à Procuradoria-Geral da Republica a pedir explicações do presidente do Conselho Nacional de Justiça, Dias Toffoli, sobre o aluguel da nova sede do órgão em Brasília

3 – Por que entidades ligadas ao exercício do jornalismo profissional no Brasil estão se mobilizando com tanto estardalhaço para evitar que se concretizem ameaças contra o advogado americano Glenn Greenwald, responsável pelo site The Intercept Brasil

4 – Em que a investigação da Operação Spoofing, da Polícia Federal, contesta a versão original de Glenn Greenwald sobre as supostas mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil entre o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol

5 –  A manifestação organizada na sede da Associação Brasileira de Imprensa no Rio confirma as tradições de luta dessa entidade no tempo da ditadura militar

6 – Qual o peso real das entidades que encaminharam uma carta ao Senado Federal  em solidariedade a Glenn Greenfield e à fonte das supostas mensagens divulgadas pelo site dele, The Intercept Brasil, que continuam sendo publicadas por seus parceiros, como a Folha de S.Paulo, que deu em primeira página que “Deltan incentivou cerco a Toffoli, indicam mensagens”

7 –  O que você diz do pronunciamento do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, na manifestação da ABI no Rio, em defesa da liberdade de imprensa

8 – Qual foi o capítulo de ontem da novela iniciada em 2016 entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, cujo enredo é a morte do pai deste, Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira, durante a ditadura militar

Comentário no Jornal da Gazeta: Duas mentiras sobre Greenwald

Comentário no Jornal da Gazeta: Duas mentiras sobre Greenwald

A onda de movimentos de protesto contra ameaças ao advogado que se passa por jornalista americano Glenn Greenwald tenta provar duas mentiras. A primeira delas é que não há liberdade de expressão e opinião no Brasil, e, sem dúvidas, há. A segunda, que o governo viola o direito de manter sua fonte de notícia sob sigilo e proteção, e o que há agora é a investigação de um crime de invasão de celulares de 976 cidadãos brasileiros, sem nada a ver com divulgação de supostas mensagens que, aliás, ainda não foram autenticadas por peritos.

Para ver o comentário no Jornal da Gazeta da quarta-feira 31 de julho de 2019, às 19 horas, clique no play abaixo:
 

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
um milhão2

Direto ao Assunto no YouTube: Desagravo a Greenwald mente

Direto ao Assunto no YouTube: Desagravo a Greenwald mente

A Associação Brasileira de Imprensa fez um ato em sua sede no Rio denunciando ameaças contra o advogado americano que se passa por jornalista Glenn Greenwald e as fontes ditas “anônimas” que lhe repassaram supostas mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil para desmoralizar Sergio Moro, Deltan Dalolagnol e a Operação Lava Jato. Mas os pressupostos de censura e ameaça a fontes mantidas em sigilo faltam com a verdade. Não há ameaça à plena liberdade de imprensa e a eventuais fornecedores do material, não existem, a não ser do ponto de vista penal, pois os “arararraquers”, que dizem ter entregado mensagens clonadas de celulares de 976 autoridades dos três poderes, jornalistas e policiais, confessaram seu crime a agentes da Operação Spoofing da PF. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:
 

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
um milhão2
 

Comentário no Jornal Eldorado: Quem não tem Abin caça com “arararraquer”

Comentário no Jornal Eldorado: Quem não tem Abin caça com “arararraquer”

No dia em que um “arararraquer” (neologismo genial de minha colega e amiga Cora Rónai) contou pra PF que Walter Delgatti Neto, o Vermelho, pretendia vender os arquivos resultantes da invasão dos celulares de 976 autoridades dos três Poderes, policiais e jornalistas para o PT, este providenciou nota oficial de defesa preventiva. Para observadores atentos, ficou claro que bateu desespero nos petistas, pois não foi revelado nenhum crime, mas apenas a intenção de um criminoso de obter dinheiro com o produto de seu crime contando com receptação deles. Ficou claro que os comandados de Lula sabem muito mais sobre a escalada criminosa da divulgação dos segredos telefônicos sem autorização judicial (é claro) do que o que revelam seus dirigente em notas e entrevistas. Nos desgovernos sob seu absoluto comando, a Agência Brasileira de Inteligência (na verdade, da burrice) fazia esse trabalho sujo. Agora contam, como de hábito, com o auxílio de Manuela d’Ávila, do PCdoB sempre servil e ex-vice do poste Haddad. A moça ainda não foi acusada de crime algum, mas já contratou ex-ministro como advogado, pois tola ela não é.
Para ouvir clique no play abaixo:
Ou, clique aqui e, em seguida, no play.
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
Assuntos do comentário da quarta-feira 31 de julho de 2019

1 – Por que você publicou ontem no seu canal no YouTube um vídeo, cujo título é O PT por trás dos hackers

SONORA_WALTER 3107

2 – O que tanto o impressionou na argumentação do professor de Direito da USP Modesto Carvalhosa a respeito da interpretação dada pelos adversários da Lava Jato sobre um eventual “conluio” entre o juiz Sérgio Moro e os procuradores chefiados por Deltan Dallagnol

3 – O que você tem a comentar sobre a entrevista do presidente do Conselho de Controle de Atividades Financeiras ao Estadão e a entrada de novo pedido de impeachment feito por Janaína Paschoal, depois de Dilma agora é a vez de Dias Toffoli

4 – Em que fato histórico do conhecimento dele o presidente Jair Bolsonaro apóia sua opinião de que as conclusões da Comissão dos Mortos e Desaparecidos Políticos do governo federal sobre a morte do militante da Ação Popular Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira, pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, são balela

5 – Que importância tem a opinião da presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Simone Tebet, a respeito da declaração de Bolsonaro sobre a morte do pai de Felipe Santa Cruz

6 – Em que termos o ex-presidente Lula se manifestou na carta de solidariedade que escreveu direto da cela em Curitiba ao presidente da OAB sobre a declaração do presidente da República a respeito da morte do pai deste na época da ditadura militar

7 – Você se surpreendeu com a resposta dada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trupm, à repórter da GloboNewselogiando Eduardo Bolsonaro, cujo agrément foi encaminhado pelo Itamaraty ao governo americano, primeiro passo para que o filho mais novo do presidente Jair Bolsonaro possa de fato ocupar a embaixada do Brasil em Washington

8 – Será que a nova condenação a 18 anos de prisão, somando ao todo 215 anos e 11 meses, do ex-governador do Estado Sérgio Cabral pelo juiz da Operação Lava Jato no Ri, Marcelo Bretas, poderá figurar no Livro Guiness dos Recordes

Comentário no YouTube: O PT por trás dos hackers

Comentário no YouTube: O PT por trás dos hackers

Percebeu que o Partido dos Trabalhadores (PT) emitiu nota atacando para se defender de um crime do qual não foi acusado? Afinal, o  hacker Walter Delgatti Neto, Vermelho, não disse à Polícia Federal que tinha sido procurado pelos petistas, mas que tinha intenção de vender o produto de seu crime a eles. Pois então, não é suspeito? A única conclusão lógica possível para o fato é de que, se a investigação da PF for bem feita, poderá terminar apontando o partido de Lula como mandante. Aliás, aquele roteiro que fiz desde o pedido da entrevista exclusiva de Lula na falsa cela da PF em Curitiba e a invasão dos celulares de autoridades dos três Poderes aponta nessa direção. E Merval Pereira, em sua coluna no Globo de hoje, mostra a lógica do calendário gregoriano para comprovar isso. Direto ao assunto. Inté. Só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:
 

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 
 

um milhão2

Comentário no Jornal Eldorado: Disparates de um bolsorroto

Comentário no Jornal Eldorado: Disparates de um bolsorroto

Ao provocar o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, dizendo que sabe como morreu Fernando Augusto, pai do presidente da entidade, Felipe Santa Cruz, o presidente da República, Jair Bolsonaro, perdeu mais uma, talvez a melhor, oportunidade de sua vida de calar a metralhadora giratória que o transforma num boquirroto, um verdadeiro Bolsorroto. A OAB hoje não passa de um sindicato de advogados abonados e seu presidente, de um militante do PT que não ganhou eleição nem para vereador no Rio. Mas o chefe do Executivo federal abriu uma polêmica que o transformou em mais um herói da liberdade e da resistência à ditadura, ao afirmar, de forma equivocada, que o pai dele tinha sido “justiçado” pelos companheiros da Ação Popular (AP), e não morto pela repressão, como reconhece atestado de óbito, fornecido à família por órgão ligado ao governo federal na semana passada. No meio de polêmicas absurdas, tais como a nomeação do filho caçula para a embaixada em Washington e o tour de helicóptero de parentes no casamento deste, ele dificulta aqueles que, como Janaína Paschoal, torcem para seu governo dar certo, no mínimo por uma questão de lógica.
Para ouvir clique no play abaixo:
Ou clique aqui e, em seguida, no play.
Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.

 

um milhão2

 

 

 

 

Assuntos para o comentário de terça-feira 30 de julho de 2019

1 – A Ordem dos Advogados do Brasil perdeu a autoridade por causa de sua interferência para evitar investigações sobre pagamento de advogados de Adélio Bispo, seu agressor, para interpelar no Supremo Tribunal Federal declarações infelizes do presidente da República sobre a morte do pai de seu presidente, Felipe Santa Cruz, durante a ditadura militar

2 – As conclusões da Comissão Especial para Mortos e Desaparecidos na ditadura, instalada pelo governo federal, merecem seu crédito

3 – Em que pontos a crítica feita pela parlamentar mais votada da História do Brasil, a deputada estadual paulista Janaína Paschoal, do PSL, partido pelo qual Jair Bolsonaro se elegeu, tem razão nas críticas que ela fez às declarações deste sobre o pai do presidente da OAB

SONORA_DORIA OAB 3007

4 – Você acha que há alguma razão objetiva para os governadores do Nordeste baixarem o tom nas críticas ao presidente da República depois da saia justa ocorrida na inauguração do aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, com a recusa do governador da Bahia, Rui Costa, do PT, de comparecer ao evento e não ceder a Policia Militar para ajudar na segurança da comitiva presidencial

5 – Será que vai prosperar a ideia da Polícia Federal de incriminar Walter Delgatti Neto, o Vermelho, acusado de ter invadido o aplicativo Telegram dos celulares de quase mil autoridades dos três Poderes, policiais e jornalistas, por cada invasão para incentivar uma delação premiada dele e, assim, facilitar a investigação sobre os mandantes desse crime abjeto

6 – A decisão da Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel – de bloquear telefonema para o próprio número é correta ou você acha que é uma providência óbvia, que devia ser tomada antes da facilidade encontrada pelos hackers para invadir os telefones que clonou

7 – O que teria provocado o massacre de 57 presos em Altamira, no Pará, o segundo maior em prisões da História do Brasil, desde a invasão de Carandiru, que passou a ser um símbolo desse tipo de violência

8 – A seu ver, o presidente do Banco do Brasil pode estar se metendo em assunto que não é de sua alçada ao criticar os gastos do Conselho Nacional da Justiça com sua nova sede

Página 57 de 713«...510152025...5556575859...6570758085...»
Criação de sites em recife Q.I Genial