Bodas de trigo. Para Isabel há três anos

BODAS DE TRIGO Neste primeiro triênio, você decide e nós vamos; você prescreve e eu escrevo. Você é única e eu só sou seu. Você acata, eu aceito; você pesa, eu pego; você brilha, eu trilho; você clama, eu tremo; você chora, eu gemo; você gripa, eu espirro. Você nasce, eu cresço; você brota, eu … Continue lendo Bodas de trigo. Para Isabel há três anos